segunda-feira, 22 de agosto de 2011

SUS no Brasil é melhor do que SUS no Japão!?


  Ao caro leitor

  Você acha que SUS (Sistema Único de Saúde) no Brasil é um sistema ruim????

  Talvez sim, talvez não.

  Há muitas coisas a ser corrigido nesse sistema, com certeza absoluta.

  Contudo, posso dizer que é um sistema mais humano pelo menos.

  Vamos ver por que eu acho assim comparando com o sistema de saúde no Japão!!


  Em primeiro lugar, vou lhe mostrar o sistema de saúde na tabela com a intenção de facilitar o seu entendimento a respeito.

O Sistema de Saúde no Japão.
Gênero
Kokumin Kenkou Hoken
Kenkou Hoken
Administrador
Municípios
Governo, Sindicatos
Usuário
Autônomo, desempregados
( 50 milhões )
Empregados e seus dependentes
( 76 milhões )
Fonte do recurso
Mensalidade + auxílio do
governo
Mensalidade + auxílio das empresas
Conteúdo
Consulta, Internação, Parto, Exame, Cirurgia, Medicamento.
O valor
A mensalidade é determinada conforme a renda do usuário.
O usuário paga 30 % do custo real ao utilizar o serviço médico.
O dependente do usuário com menos de 6 anos paga 20 % do custo real.
O usuário com mais de 70 anos paga 20% do custo real.
A mensalidade é determinada conforme a renda do usuário.
O usuário paga 30 % do custo real ao utilizar o serviço médico.
O dependente do usuário paga 20 % do custo real.

Há limite de pagamento por usuário na hora de utilizar o plano de saúde. A seguradora que vai pagar o valor excedente.

  Vou fazer a mesma tabela para o sistema de saúde no Brasil. Se tiver alguns erros, favor me corrigir.

O Sistema de Saúde no Brasil.
Gênero
SUS
Plano de Saúde
Administrador
Governo Federal
Empresas privadas
Usuário
O povo inteiro, principalmente a classe baixa.
O povo inteiro, principalmente classe alta.
Fonte do recurso
Auxílio do Governo Federal e um pouco de auxílio do governo municipal e estadual
Mensalidade do usuário
Conteúdo
Consulta, Internação, Parto, Exame, Cirurgia, Medicamento.
O valor
Não há custo nenhum.
A mensalidade varia conforme o plano que o usuário escolher.
Dependendo do plano, o usuário paga alguma taxa ao utilizar o serviço médico.

  O princípio do sistema de saúde no Japão é baseado na ideia de que o governo oferece o serviço médico de qualidade para todos os povos por preço baixo, através da cobrança das mensalidades de todos os japoneses.

  Este sistema de saúde funcionava muito bem no Japão, até quando a grande maioria pertencia à classe media e não tinha tantas desigualdades entre os povos japoneses.

  Entretanto, como eu já tratei num post deste blog, a desigualdade social está aumentando cada vez mais no Japão. Em consequência disso, está surgindo japoneses que nem podem pagar a mensalidade do plano de saúde ( Kokumin Kenkou Hoken ).

  O índice de pagamento do plano foi de 88.01 % em 2009, que era o pior índice desde a introdução do sistema em 1961.

  Como a população do Japão está envelhecendo cada vez mais devido ao baixo índice de fecundidade e longevidade crescente, o custo para área de saúde vai aumentando em velocidade acelerada.

  Sendo assim, o governo japonês precisará fazer a reforma radical tanto no sistema de saúde quanto na providência social em futuro bem próximo.  Senão, o Japão vai quebrar como aconteceu nos países europeus, com quais estão provocando recessão mundial nos últimos anos...

  Por outro lado, o princípio do sistema de saúde no Brasil é baseado na ideia de que o governo oferece serviço médico básico para a classe baixa, que é a grande maioria do povo brasileiro, gratuitamente, com a intenção de ajudar eles.  Ou seja, quem tem condição financeira boa não é público alvo.

  Apesar de que o atendimento pelo SUS é gratuito, o povo precisa esperar bastante tempo na fila para ser atendido, dependendo da região ou hospital.  Se um cliente quiser fazer cirurgia com alta complexidade, poderá precisar esperar meses ouaté  anos na fila para ser atendido.

  Há muitos pacientes que reclamam a respeito.

  Contudo, pensa bem. Se um paciente receber um benefício de realizar cirurgia cara gratuitamente, alguém deve estar pagando para cobrir essa despesa. Não existe coisa gratuita nesta sociedade capitalismo.
  Aliás, como usuários do SUS recebem benefício de gratuidade no serviço médico, isso está deixando a mensalidade do Plano de Saúde mais caro....o que agrvaria as diferenças de classes sociais na sociedade brasileira.

  O ideal seria todo mundo pagar uma mensalidade baixa para receber serviço médico de qualidade, o que não está mais funcionando bem no Japão hoje em dia.

  Na verdade, o Japão precisará adotar SUS brasileiro para socorrer classe baixa que está crescendo cada vez mais lá no Japão....

  Porque quem não tem dinheiro lá no Japão não tem como receber atendimento médico gratuitamente como aqui no Brasil. Sendo assim, aquela pessoa que tem possibilidade de viver caso faça cirurgia pode morrer.

  No Japão, quem não tem dinheiro é obrigado morrer. No Brasil, mesmo que não tenha dinheiro, há uma esperança de sobreviver caso consiga fazer cirurgia pelo SUS...

  Qual pais você prefere????

  ;)
Comentários
15 Comentários

15 comentários:

Anônimo disse...

é uma situação complicada, difícil dar uma resposta para sua pergunta!sempre quando eu pensava no japão,vinha na minha mente a ideia de um pais desenvolvido,rico e em constante crescimento.
é triste saber que o Japão não esta mais assim...espero que um dia ele se recupere.

Anônimo disse...

isso me lembra alguns animes que retratam a realidade de pobres sem atendimento e morrendo não entendia porem agora eu entendi o porque daquela pessoa não procurar ajuda e o pior é imaginar que isso ocorre na realidade porem no Brasil tem gente que morre na fila digamos assim

Anônimo disse...

Gostei do Blog, serve principalmente pra mostrar que não existe nenhum país perfeito, exceto nas fantasias, imaginações etc.

Infelizmente no mundo todo é assim, nenhum medico ou profissional estuda a vida toda para viver e servir os pobres.

Isso de igualdade social é totalmente sem noção, porque eu que trabalho 12horas por dia tenho que ser tratado igual um ze mane qualquer.

Tbem vale lembrar que ocorre muita problema de logistica no brasil, pelo tamanho do territorio, das pessoas cuidando, materiais disponiveis, medicos disponiveis etc.

Julia-Sama disse...

Como todos disseram nos comentarios, é isso ai: Aqui nossa visão do japão é puramente "Um exemplo".

São casos diferentes, e todos tem a sua parcela de erro, mas ainda sim ficaria com o japão. Veja:

O sistema brasileiro diz que todos tem direito a saude, porém a conservação dos hospitais, os profissionais e até os medicamentos são lastimaveis, e raramente você consegue alguma coisa.

No japão você tem que pagar uma quantia para a saude, o que garante que aquele sistema de saude terá condições de atender as necessidades do povo.

Aqui no brasil, o povo é "preguiçoso", e acredita que é dever do governo dar a saude, por isso o povo não se preocupa em crescer.

No japão, você se obriga a crescer para vivier melhor. Acredito que esta certo, posso estar equivocada mas é minha visão.

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentários.
Eu não tenho nenhuma dúvida de que a qualidade de atendimento médico no Japão é muito melhor do que o mesmo no Brasil.
Só que está preste a quebrar o sistema de saúde atual.
Até há poucos anos, o usuário do plano de saúde pagava só 10 % do custo total.
Está aumentando cada vez mais para cobrir o custo crescente....
Realmente o governo precisará fazer reforma radical.

Liziane Zimmer disse...

Olá Takeuchi-san!

É bem como você falou. Mesmo aqui no Brasil as coisas que são fornecidas pelo governo não são gratuitas. Elas são pagas com os nossos impostos, então, mesmo os pobres pagam pelo atendimento médico que recebem pelo SUS. O pior é que como foi dito, nós pagamos e não temos um atendimento adequado. Não só na saúde mas em vários outros serviços que necessitamos e que o governo fornece.

kimberly disse...

Ahh eu prefiro o Japão,Minha sogra foi no Hospital e esqueceu o seguro social e ela pagou e eles falam se vc tem o seguro social vc volta para o hospital e mostra teu seguro que nos devolvemos o dinheiro isso nunca que iria acontecer no Brasil ...A gente paga o hospital mais com o seguro sai mais barato e outra se vc esquece o seguro vc volta lá que eles devolvem uma parte do dinheiro =D amo Japão

Everton Fujimoto disse...

Duas exclamações: Pagamos pelo menos 50% do que consumimos em impostos, e na Espanha (tenho colegas de trabalho lá) o governo fornece integralmente o plano de saúde. Resumindo, não acho justo comparar o Brasil com o Japão e dizer que aqui é melhor ou lá é melhor, não podemos ser os melhores em tudo. (apesar que só o futebol importa nesse país.... o que me deixa muito triste)

Anônimo disse...

Ola. Quanto ao sistema de saude, nao sei qual e o melhor.
No Japao os hospitais tem estrutura e equipamento, mas falta gente capacitada tecnicamente e como talento. Tem muito medico ordinario. No SUS do Brasil, nao se receita um reemdio sem fazer um exame. Aqui eles fazem diagnostico a olho, como se tivesse olho de raio X, parece que so estao interessados em receitar remedio, sera que eles ganham comissao da farmacinha?
Meu amigo quebrou o menisco e o medico mandando ele por emplastro, foi em outro, o medico tirou ressonancia e ja o levou direto p cirurgia!
Outro amigo atleta cheio de constusoes, com um dos ligamentos quase rompido e o medico "poe emplastro". O incopetente nem sabe ver um raio X, ne uma ressonancia!
No Brasil logo o medico detectou os problemas e tratou do rapaz.
Qualquer coisa aqui"e normal" p eles. O que estudam na faculdade de medicina? Se aceitasse medicos de outros paises aqui, as Universidades teriam que melhorar seus cursos, porque ja ouvi e vi cada coisa. Cirurgia aqui eu nao faco nem que me paguem!

Anônimo disse...

A pessoa que fica com a bochecha e em volta dos olhos avermelhados ao beber deve evitar o alcool. Recomendo nao tomar cerveja e depois saque pois quem nao esta acostumado ao saque pode subestimar o conteudo alcoolico do saque, que eh mais suave que a pinga ou a vodka. O Jovem precisa saber que nao precisa impressionar os colegas ou o chefe com a quantidade de bebida ingerida. Quem obriga a beber nao eh amigo.

Mateus disse...

Apesar de muitas falhas no nosso sistema de saúde, o governo tenta melhorar. O Brasil possui tratamentos gratuitos que são referência mundial. Posso falar do Hospital do câncer, AACD (que é de iniciativa privada, mas possui apoio financeiro por parte das 3 esferas de governo), entre outros, mesmo não sendo o melhor, eu concordo com o que diz no post, é o mais humano. Porque eu mesmo não tinha condições de fazer uma operação simples que eu não teria condições de pagar, mas eu pude fazer tudo de graça. Agora, se você prefere sistema pago, esqueça de pagar e sofra um infarto, quero ver se sobrevive!

Diego disse...

Artigo 196 da Constituição Federal do Brasil:

A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.

O SUS é muito importante e o SUS brasileiro precisa ser aperfeiçoado.

Felipe Rossini disse...

Olha a algumas coisa ai que ta diferente, ex seguro da prefeitura é baseado pelo seu salário, criança até 12 ou 15 anos não paga porque faz tempo que fiz da minha filha que nem me lembro, vc vai paga o remédio que vamos dizer assim eu nw compro nem uma coca.seguro shakai hoken qnd vc trabalha ja vem descontado todo mes no meu caso em reais daria 1000 . Mas são 4 usuarios e ja nesse montante ja tem aposentadoria, gravidez qnd sua esposa ta gravida eles te dão um valor x que muitos amigos meu nw pagaram nada sobrou , eu passei por cirurgia retirei um tumor , cheguei no hospital o médico analisou e falou vai ter que operar e me disse vc que tira isso quando , falei amanhã pode ser , fiz os exames sangue bla bla bla, e ainda levei um cd pra escultar kkkk na sala de cirurgia, final paguei se for converte em reais uns 900 , minha esposa retirou a vizicúla levei ela no hospital médico pediu os exames mesma coisa operou , teve que ficar 2 dias na uti e 3 no quarto, fui pagar deu uns 2000 mil , agora eu falo pego esses recibos e vou na prefeitura se meu gastou anual passar de se nw estou enganado de 1.200 reais converti é claro o restante eles me devolvem, eu nunk tive o que reclamar, minha esposa operou nem cicatriz ficou , aqui os equipamentos são bem avançado , oq nw é avançado somos nós que nw sabemos explicar oq sentimos oq temos, ai tbm complica , claro no brasil os médicos são bem mais experientes em caso de traumas acidentes essas coisas ,conheço pessoas aqui que tiveram cancer e foram embora pra tratar, conheço pessoas aqui que se tratou aqui ex um amigo tirou tumor do célebro, amugas da minha esposa fez quimeuterapia, eu sou feliz aqui e me sinto seguro por isso q estou aqui até hoje, a outro ponto legal que não tem muito haver, o imposto agr subiu é 8% pra tudo só isso mas . Imposto municipal que vc paga seguro que eu pago , eu vejo ele na minha vamos se dizer qualidade de vida, eu ando na rua rua limpa exemplo ta pessoal. qnd deu a crise mesmo de 2008 aqui no japao , quem procurou a prefeitura e tava com imposto pago essas coisa certinha, se vc nw tivesse apartamento a prefeitura te oferecia um ela pagava e ainda te dava um salário pra vc cuidar de sua família , estamos em 2014 tem gente que esta recebendo até hoje mas nw trabalha, ai como houve fraudes e muitas pessoas que nw precisava e recebeu anos , hove eles análisão caso a caso, mas isso ai que eu quiz passa um pouco da vida que temos aqui no japão blz , mas que nw é fácil trabalhar aqui nw é,

Bruno Rocha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bruno Rocha disse...

O SUS não é ruim, mas está longe de ser bom. Ele só funciona mesmo para coisas banais, como exames simples ou pegar remédios. No geral, ele é ruim sim. Primeiro que quase metade do valor coletado em impostos que normalmente iriam para a saúde geralmente é desviada ou para outras áreas (assistencialismo para comprar voto) ou não corrupção mesmo, portanto o sistema público já trabalha com poucos recursos e isso é de muito tempo, e vem piorando cada vez mais.

Qualquer pessoal de classe média já devia fazer um plano de saúde, mesmo que o básico, pois depender do SUS é esperar para morrer, ainda mais se o que a pessoa tem pode ser grave e precisa de cirurgia rápida. Os médios do SUS, em sua maioria, são pessoas insensatas, e ainda são aconselhados a mandar você para casa para não sobrecarregar o sistema. Há varias histórias de pessoas com sintomas de doenças graves que foram mandadas para casa, onde diziam “não ser nada”, e morreram logo em seguida. Sem falar nos pacientes que morrem após a cirurgia, ou por contaminação ou por hemorragia interna, onde os médicos negligenciam até examinar os pacientes recém operados.

O governo é tão cretino que queria obrigar os hospitais privados a aceitar pacientes do SUS, e ainda por cotas raciais. Nem eles fazem o que devem e querem jogar a culpa nos outros.
Meu tio é médico neurologista e já trabalhou para o SUS. Eles são maltratados, ganham mal e ainda sempre são demitidos sempre que sai uma leva de novos médicos formados. Então criaram um ciclo vicioso em que os bons saem e sempre mantém os jovens, imaturos e irresponsáveis, além de que é muito difícil processá-los quando fazem algo errado, pois há um esquema entre eles e o governo para sempre “limpar a barra” dessa gente, até porque isso só ficaria mais evidente como o SUS é cheio de corrupção.

No Brasil vale mais a pena ter serviço privado e, mesmo que haja uma cirurgia no qual o convênio não cubra, ele mesmo ainda pode pagar os custos por fora e depois você fica devendo ao convênio. É como pegar um financiamento de emergência no banco. Parece inumano, mas inumano mesmo é morrer na fila do SUS enquanto os políticos riem da sua cara.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics