terça-feira, 21 de junho de 2011

Criança deve começar a estudar inglês a partir de 10 anos?


  Aos caros leitores.

  Vocês sabem falar inglês?

  Como eu trabalho com jovens brasileiros que assistem minha aula de japonês no dia a dia, eu tenho impressão de que há muitos brasileiros que sabem falar inglês, o que não é uma realidade na sociedade brasileira em geral.

  Entretanto, as empresas grandes e multinacionais estão exigindo a proficiência de inglês dos candidatos cada vez mais. Aliás, saber inglês não é mais um diferencial, com qual consegue uma vaga numa empresa de conceito no Brasil. Em consequência disso, para se destacar entre inúmeros candidatos, o candidato precisará saber uma segunda língua estrangeira tais como japonês e chinês....

  Esta exigência é cobrada pelas empresas de primeira linha lá no Japão também. Estão surgindo até empresas nas quais os funcionários são obrigados a comunicar em inglês entre funcionários japoneses, o que eu acho um exagero.

  O que eu queria dizer com isso é que a proficiência de inglês está ficando cada vez mais importante no Japão.

  No entanto, segundo um levantamento divulgado em 2004 sobre as notas de TOEFL (provas de proficiência de inglês) aplicado para pessoas de paises asitáticos, o Japão foi classificado no 28° lugar ,entre os 29 países asiáticos, como a lista embaixo mostra.


País
Número de candidatos
Nota média
1
Singapura
227
254
2
Índia
42,238
244
3
Paquistão
4,936
235
4
Filipinas
9,932
234
5
Malásia
1,664
230
 .....



14
China
17,963
215
15
Hong Kong
7,466
215
16
Coreia do sul
102,340
215
.....



28
Japão
82,438
191
29
Coreia do norte
4,778
190

  Até há pouco tempo,os japoneses começavam a estudar inglês quando entravam na escola secundária aos 12 anos. E quem seguiu até universidade estudavam inglês durante 10 anos no total. Mesmo assim, os dsesempenhos de inglês por japoneses eram muito ruins como o resultado da pesquisa acima mostrou.

  Claro que não devemos comparar a nota média dos singapurenses com  227 candidatos à nota média dos japoneses com 82,438 canditatos. Porque os singapurenes que prestaram TOEFL poderiam ser das notas só dos aqueles destaques.

  Porém, mesmo comparando com a nota média dos coreanos que têm mais candidatos do que japoneses, a nota média dos japoneses é mais baixa. Ou seja, precisará melhorar o desempenho de inglês dos japoneses de qualquer maneira.

  Portanto, o governo japonês tomou uma medida para melhorar este problema.

Trata-se da obrigação do ensino de inglês para a partir de 5° ano da escola de ensino fundamental desde abril de 2011.

Parecia que tinha muitas disucusssões envolvendo educadores, intelectuais e pais até que esta medida entrou em vigor.

Quando eu voltei para o Japão no início deste ano, tive oportunidade de assistir aula de inglês na escola de ensino fundamental, onde meu amigo da infância trabalha.

Vou lhes explicar como é que funciona aula de inglês na escola de ensino fundamentel.

Como nenhum professor japonês de ensino fundamental não está qualificado para dar aula de inglês por não ter feito nenhuma cadeira na faculdade, um estrangeiro que fala inglês fluentemente é contratado pelo conselho educacional da região e é ele que dá aula de inglês para alunos sob o professor japonês da classe. Aliás,esse professor estrangeiro dá aula em várias escolas da região por falta de professores estrangeiros qualificados.

O professor que eu conheci lá era espanhol, filho do pai israelense e mãe japonesa.Ou seja, inglês não era língua materna dele.

Eu imagino que não tinha falantes nativos de inglês entre os candidatos.Por isso, era obrigado de contar com um espanhol como professor de inglês. No entanto, se eu estivesse no lugar dos alunos, gostaria de aprender inglês com falante nativo de inglês tais como americano e inglês.

Eu sou contra a medida tomada pelo governo japonês. Porque não é necessário começar a aprender inglês tão cedo. O que criança de 10 anos precisar fazer é aprender sua língua materna mais profundamente. Elas precisam ler muitos livros japoneses e escrever redação em japonês no nível mais elevado.

Como é que quem não tem proficiência da sua língua materna conseguirá aprender uma outra língua estrangeira? ? ? ? ? ? ?

O que vocês acham?


Comentários
21 Comentários

21 comentários:

handel disse...

Acredito que os japoneses tem maior dificuldade que os brasileiros para aprender ingles, claro, isso nao é questão do nível intelectual, mas sim, porque a fonetica e alfabeto utilizado no ingles por mais distantes que sejam do portugues sao mais distantes ainda dos ideogramas e fonetica japoneses.
talvez esse fator exija uma deticaçao muito maior nos estudos, eu particulamente acho possível que se estude mais de uma língua simuntaneamente.
ex.
acho engraçado quando assisto animes e escuto a lingua japonesa, as palavras estrangeiras pronunciadas por dubladores japoneses soam muito diferentes, as vezes quase inteligíveis, como: love, fica meio que lovure, ou soul society soa: soru soçaito, animal, animaru, ;)

handel disse...

acredito que os japoneses tenham*
simultaneamete*

Eduardo disse...

Aqui no brasil se fala muito ingles pela proximidade das linguas, no japão não é assim, as linguas são muito diferentes e por isso ele tem que aprender mais tarde, alem do que o japones é uma lingua muito rica e "complicada" com muitos kanjis e tal, por isso deve ser estudada mais, antes de buscarem uma lingua tão diferente quanto o ingles.

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentários.
Eu não acho que inglês é uma língua difícil.
Acredito que falta oportunidade de utilizá-la depois da aprendizagem.
;)

Sayuri disse...

Eu dou aulas de inglês e eu sempre digo que uma segunda língua deve ser ensinada assim que a criança nasce ou a partir dos 12 anos. Colocar uma criança de 8 anos para aprender inglês é uma grande burrice e desperdício de tempo, dinheiro e pior, isso pode até prejudicar o aprendizado da criança no futuro.

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário.
Dizem que para aprender a pronuncia da outra idioma precisará começar a aprender a partir de 8 anos.
Mas,não está considerando desenvolvimento cognitivo de uma criança.
;)

Anônimo disse...

Olá, eu acredito que uma segunda língua não causa problemas independente da idade em que é iniciado seu estudo. Eu comecei a estudar inglês com 8 anos e hoje falo fluentemente (tenho 40 anos). O aprendizado de outra língua enriquece muito mais o ambiente cultural da criança e lhe dá muito mais abrangência e estímulo. O fato dos japoneses estarem indo mal nas provas de inglês talvez não tenha relação com a idade em que se iniciam os estudos. Afinal aqui no Brasil também se estuda inglês nas escolas e não acredito que nossos alunos sejam tão melhores que os japoneses num teste.

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário.
Na verdade,cada caso é cada caso.
Tudo depende da criança.
No entanto,em geral, eu não acho bom começar a estudar segunda lingua muito cedo.
;)

@danielsilva1986 disse...

Desculpe me intrometer mas aqui no Brasil a maioria não sabe falar inglês como li em alguns comentários, inglês deve ser falado desde o nascimento essa língua é universal quem não sabe inglês está mudo,surdo e analfabeto praticamente.
Se eu tiver filhos vou falar com eles sempre em inglês, português e japonês, espero que outras pessoas sigam esse exemplo, mercado de trabalho está cada vez mais competitivo, então aprender inglês é uma exigência.
Você só aprende uma coisa praticando e vivenciando, as emoções do dia dia no japão é que me levaram a falar ler e escrever em japonês, eu passei praticamente 2 anos somente falando em japonês, convivi com japoneses portanto fica aqui uma dica, não adianta contratar professores espetaculares de inglês, não adianta pagar uma fortuna em colégios como cultura inglesa, ccaa, fisk etc, compre livros, filmes(DVD), assine canais por assinatura,assita documentário, acesse páginas de internet em inglês como cnn,bbc,universal chanel, wikipédia etc e procure uma pessoa que saiba falar inglês é o suficiente, garanto que você conseguirá falar um inglês melhor do que qualquer um em algum colégio do Brasil.
Visitem meu site espere 5 segundos e clique em fechar a propaganda, me adicionem no twitter, eu adiciono todos que me adicionarem basta ter paciência ok.

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário.
Sim.Para conseguir falar bem uma língua, precisará viver dentro da comunidade daquele pais para ter mais contato com pessoas do local.
Senão, não tem como ser fluente de uma língua estrangeira.
;)

Juliana disse...

Eu não concordo que para dar aulas de inglês deva ser nativo. Nativos não sabem sua própria língua o suficiente para ensinar (caso não tenha estudado línguas, claro).

Eu mesma dei aula de inglês para crianças e adultos que não falam português em substituição a duas inglesas. Eles aprenderam muito mais comigo, pois eu tive aulas de inglês e sei o que deve ser ensinado e como deve ser ensinado. Para os nativos não preparados para dar aula, tudo é óbvio e tudo é fácil, sem contar que eles não sabem gramática.

Quando eu tive aula de alemão com um alemão, eu entendia mais gramática sozinha do que com ele.

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário.
Com certeza, o professor de uma língua não adianta ser só nativo se ele não saber explicar sobre gramáticas para os alunos.
;)

Otaku Kurama disse...

Eu aprendia inglês desde a primeira série em escola particular, mas era um inglês ''tosco'' podendo se dizer assim.Na segunda também, na terceira série quando mudei para uma escola pública o inglês era razoável, e continuei aprendendo inglês, até que na quinta série, por estudar em escola pública, ganhei um desconto para fazer um curso de inglês profissional, ainda o estou fazendo, mas tenho certeza que encerrarei este curso com sucesso, ainda pretendo aprender Japonês e criar um mangá lá, este é o meu maior almejo, além do meu sonho de conhecer Yu Takahashi, e que quando meu Mangá virar Anime, ele cantar a Openning.Quanto mais eu tenho ambições, mais eu luto para conquistar os meus objetivos!
Eu acho que os Japoneses entendem bastante de Inglês, pois vocês devem ter percebido que toda Openning e Ending de Animes tem palavras e até frases escritas em inglês, eu só me surpreendi pelo fato da Singapura com menos pessoas, ter mais sucesso que o Japão.E agora me veio uma dúvida, por que todas as músicas Japonesas têm palavras em inglês?

Obrigado, Aka Kurama.

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário.
Os japoneses gostam da cultura americana e acabam colocando inglês no meio da música para parecer legal....
;)

titanlunar disse...

infelizmente o idioma mais falado no mundo é o inglês, uma linguagem barbara com pronuncias feias, sons para quem não é acostumado soa mais ou menos assim ( ai go iou wet winad mai rave dewonds shanpions way).
onde o I tem som de AI o ""R"" acompanhado de uma vogal ou Y soa como ''w'' tipo. red é wed, everybody é evewybody,naruto é nawuto.
veja quem era dono dessa linguá.
http://files.giltradutor.webnode.com.br/200000049-3ff9140f32/image003.jpg

titanlunar disse...

infelizmente o idioma mais falado no mundo é o inglês, uma linguagem barbara com pronuncias feias, sons para quem não é acostumado soa mais ou menos assim ( ai go iou wet winad mai rave dewonds shanpions way).
onde o I tem som de AI o ""R"" acompanhado de uma vogal ou Y soa como ''w'' tipo. red é wed, everybody é evewybody,naruto é nawuto.
veja quem era dono dessa linguá.
http://files.giltradutor.webnode.com.br/200000049-3ff9140f32/image003.jpg

titanlunar disse...

mesmo sendo um idioma feio é necessário pra o mundo moderno

SecretX disse...

Hey yuki, i "agree" with you, because if them start to learn english since 10 years, they don't will learn their own language, correct?

Estou só brincando e testando meu vocabulário, pois vou ir ao Japão quando fizer 17 anos ^^.

Saulo disse...

A partir do 6º ano do fundamental é obrigatório aprender língua estrangeira (se não me engano), no ensino médio é necessário para realizar provas de faculdades.

O inglês ensinado nas escolas "normais" é bem básico mesmo(foca regras e aplicação escrita) e as pessoas que aprenderam somente lá não entendem e não falam quase nada em inglês quando se fala, já o ensinado em escolas de línguas ensina tudo até o final do curso que dura em média uns 5 anos.

Aqui no Brasil é necessário ter um diploma em Letras Inglês para lecionar(ou estar cursando).

Acredito que a aprendizagem de uma língua estrangeira deva começar quando já se tem um bom domínio da língua materna.

Saulo disse...

Eu comecei o inglês quando tinha 12 anos(não é certeza), tenho 16 agora e estou quase indo para o avançado.
O inglês aqui no Brasil me parece bastante inútil já que quase ninguém fala e as pessoas estranham quando falado, mas eu achei bastante interessante já que tenho desejo de viajar por ai e o inglês é falado em vários lugares por várias pessoas.

Meu professor é nativo do US and A(piadinha), ele é filho de uma brasileira mas morou lá ate os 15 anos, mas não vejo necessidade em ter um professor nativo, o importante é saber o que está fazendo.

Moonway disse...

Eu acredito que os japoneses tem dificuldade na pronuncia da língua inglesa por falta de estímulos. Nós, ocidentais, somos bombardeados pela influência americana em tudo. Filmes, músicas, séries. Já o Japão tem uma cultura mais fechada, mais própria. Com suas músicas, filmes e etc.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics