sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Porque os brasileiros gostam de se aposentar cedo!?

  Ao caro leitor

  Porque os brasileiros gostam de se aposentar tão cedo!?

  Foi uma dúvida que surgiu na minha cabeça depois que eu conheci muitos brasileiros aposentados relativamente novos ( cerca de 50 anos ) aqui no Brasil.

  O que eles vão fazer no dia-a-dia depois que se aposentarem? O tempo em excesso não faz mal para aposentados jovens que ainda têm muitas energias?


  Na ocasião, eu não entendia os atos deles.

  Só que quando eu que descobri que quase todos os aposentados jovens continuam a trabalhar mesmo depois que eles se aposentarem, eu fiquei sabendo a razão verdadeira dos atos tomados pelos brasileiros.

  Na verdade, o objetivo real de se aposentar cedo era melhorar a qualidade de vida. Ou seja, quem se aposenta cedo querer ter vida tranquila sem se preocupar tanto com o dinheiro para sobreviver.

  Como!?

  Eles recebem a aposentadoria como um dinheiro garantido e continuam fazendo só os trabalhos selecionados que dá lhe o prazer na área que atuavam, sem se sacrificar por causa do trabalho, para aumentar a sua renda total.

  O dinheiro que ganhou pelo trabalho é um dinheiro extra, com o qual agrega o valor para sua vida tanto financeiramente quanto mentalmente.

  Que bom que os brasileiros estão vivendo na sociedade na qual ainda podem fazer isso legalmente,ne?

  No Japão, os japoneses não têm como se aposentarem tão cedo, pois a legislação trabalhista no Japão não permite isso. Os japoneses não podem se aposentar antes de completar 60 anos de idade!! Difrente no Brasil, precisa-se de idade mínima além do tempo mínimo de contribuição no Japão.

  Aliás, o início da idade em que um aposentado pode receber a aposentadoria integral tem aumentado de 60 anos para 65 anos gradativamente, já que o número de pessoa ativa tem diminuído devido à queda radical da taxa de fecundidade após a segunda guerra mundial.

  O valor da aposentadoria é, no máximo, mais ou menos 50% do que o aposentado recebia como salariado no último ano. Ou seja, o valor da aposentadoria no Japão não é nada bom.

  Para agravar a situação a vida após a aposentação, as empresas não deixam as pessoas continuarem a trabalhar após 60 anos. Só poucas elites, que são minorias, permanecem na diretoria da empresa recebendo salário muito alto. Ou seja, quem completou 60 anos é obrigado se aposentar e sair da empresa.

  Normalmente as empresas grandes costumam demitir os funcionários velhos que estão na faixa etária de 50, cujos salários são altos, com o objetivo de diminuir a despesa para mão de obra....

  Isso quer dizer que trabalhar até 60 anos de idade nas empresas grandes já é uma grande vitória no Japão.

  E, mesmo quem conseguiu trabalhar até 60 anos de idade precisará passar por uma época em que receberá a aposentadoria parcial, só com a qual fica difícil de sobreviver até 65 anos.

  Felizmente, no Japão, os japoneses que trabalharam nas empresas recebem Taisyokukin, tipo FGTS, ao se aposentar ou sair da empresa após o certo tempo de trabalho numa empresa. Se você trabalhar durante 40 anos numa empresa, você receberá cerca de 3 rendas anuais de uma vez só.

  Mesmo com esse Taisyokukin, não é nada fácil viver só com a aposentadoria parcial ( ou mesmo com  a integral ). Portanto, os japoneses costumam guarda dinheiro na conta do banco ao longo da vida.

  A grande maioria dos japoneses se prepara bem para velhice, porque é quase impossível arranjar um emprego novo depois que se aposentar aos 60 anos de idade.

  O objetivo de guardar dinheiro no banco não é para receber o juro,  já que o melhor rendimento anual no banco lá é de 0.35% hoje em dia, o que deve ser surpreendente  para brasileiros que está acostumado a ver o rendimento anual entre 7 e 9% na poupança.


  O objetivo de guardar dinheiro no banco é para sobreviver na velhice suprindo a aposentadoria com o dinheiro guardado da sua conta no banco.

  Só para completar a informação, quem tem menos de 44 anos agora só começará a receber a aposentadoria aos 65 anos, o que já é estabelecido no congresso nacional.

  O pior é que o início da aposentadoria aos 70 anos está entre uma das medidas para ser discutido entre os políticos nesses dias lá no Japão!!


  Que horror!! Assim, supondo que um homem vai viver até 80 anos,os japoneses precisarão contribuir INSS durante 50 anos para receber aposentadoria bem modesta durante um pouco menos de 10 anos.

  A providência social do Japão já está arruinada há muito tempo. O sistema adotado para providência social não está adequado à realidade atual do Japão, onde tem muitos idosos e poucos jovens. 

  Lendo este post até aqui, já deu para entender que o Brasil é um país de sonho comparando com a situação no Japão, para quem quer se aposentar, ne?

  Sim. No Japão, nem se pode sonhar em aposentar aos 50 anos de idade.....

  Entretanto, eu tenho certeza que o Brasil vai enfrentar o mesmo problema no futuro bem próximo. Aliás, a condição mínima para se aposentar está ficando cada vez mais exigente até aqui no Brasil ,ne?

  Os brasileiros devem estar de olhos no que o governo japonês vai fazer daqui para frente em relação á providência social.

  Será que você conseguirá se aposentar aos 50 anos!?

  ;)



Comentários
18 Comentários

18 comentários:

MiriamK disse...

Olá! acho que aqui no Brasil há uma agravante. Tenho 56 anos e já me aposentei. Trabalhei até os 55, pois mudança estruturais na empresa obrigaram-me a sair. E não há emprego para quem tem mais de 50, que dirá 55, 56...tenho feito alguns trabalhos para pessoas que me conhecem. Entrevistas, ter seu CV considerado (sou sec. executiva trilingue), nem pensar.
Outra agravante: muitos com a minha idade ou pouco mais, começaram a trabalhar com 12, 13, 14 anos, quando isso era permitido, e sabemos que as condições de trabalho por aqui nem sempre são as ideias.
Acho que tudo somado, faz com que o brasileiro aposente-se tão cedo. Com eu disse, eu ainda estou em atividade, mas não pelo mercado, mas pelo que plantei ao longo de uma vida. Isso dificulta imensamente esticar a vida profissional.
Gosto muito de seu blog. Acompanho sempre. Parabéns!

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário,MiriamK.
Acho que o lei antigo que permitia o trabalho com a idade de 12,13 anos foi grande falha, com a qual os brasileiros conseguem se aposentar tão cedo.
Acredito que isso vai ser corrigido com o passar do tempo.
Aliás,qualquer sistema fica sucateada com o psssar do tempo...
;(

Paulo disse...

muito bom.otimo blog ^^
gostaria que vc fizesse um post sobre o porque dos japoneses ser tão viciados em coisas pervertidas, pq todo anime tem q ter uma cena assim.
todo anime tem q ter uma mulher com super peitos e tals. sera q eh pq são muito carentes e descontam nos animes? haha XD

Claudio disse...

Acho que falta também um pequeno cálculo matemático aqui, no caso do governo eles não são muito justos nem honestos quanto a essa matemática. Pois vejamos. Segundo as regras do INSS uma pessoa TEM que contribuir por 35 anos para ter o direito a aposentadoria, porém também precisa ter 65 anos (até hoje).
Bem, se o cara começa a trabalhar com 20 anos aos 55 ele já atendeu a idade de contribuição, mas precisa trabalhar e contribuir mais 10 anos.
Imagine essa mesma regra aplicada ao um consórcio?
Além disso o INSS acha que a expectativa de vida está alta, mas a todo dia tem uma noticia de falecimento de pessoas com menos da idade presumida pelo INSS.
Mas esse é um assunto muito extenso, e não cabe aqui.

Leonel disse...

Post bastante interessante, já que os idosos, até onde eu sei, são super respeitados no japão.
Pensava eu q, sendo assim, eles recebiam vários "mimos", podendo então 'curtir' a velhice...

Anônimo disse...

Vc se esqueceu que o brasileiro não tem a longevidade que tem o japonês, além disso a vida não é só trabalho. Talvez deva ser por isso que o Japão tem a maior taxa de suicídio, enquanto no Brasil temos a menor taxa do mundo.

Haruka disse...

É verdade também que é normal os filhos ajudarem a sustentar os pais depois que estes se aposentam?

Ouvi falar disso a um tempo atrás e, com essas informações sobre o salário baixo da aposentadoria, acho que faz sentido...

De qualquer forma acho muito triste trabalhar a vida inteira apenas guardando dinheiro para poder sobreviver depois de aposentado.

Aqui no Brasil é super comum idosos gastarem parte da aposentadoria em viagens ou lazer. Meu padrasto mesmo, depois que se aposentou, usou parte do dinheiro para conhecer melhor o Brasil.

Acho que o sistema do Brasil é mais justo e satisfatório, pois você pode ter uma vida plena tendo trabalhado bastante e curtido depois

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário,Haruka.
Antigamente cuidar dos pais era a função do filho mais velho.
Ainda existe este costume.Mas,como os filhos moram na casa difernte após o casamento, os filhos estão cuidando dos pais cada vez menos no Japão infelzimente.....
;(

Rafael disse...

Quem foi que disse que o Japão tem a maior taxa de suicídio?(é a Rússia).
"Clichê, a gente vê por aqui!"

Anônimo disse...

Na Italia infelizmente logo vamos acabar dando a aposentadoria diretamente na mao do coveiro, pois aqui a idade è 67 anos e nao duvido que continuarà aumentando.
Nasce, trabalhe e morra.

Davi disse...

Só para esclarecer: No Brasil nós temos o Regime Geral da Previdencia Social, que comporta várias modalidades de aposentadoria, dentre elas a Aposentadoria por Tempo de Contribuição e a Aposentadoria por Idade. Além disso, temos diversos "pisos" de idades para aposentadorias, variando de profissao para profissao - um professor de ensino infantil, médio e fundamental tem reduzidos 5 anos da idade mínima - levando sempre em consideração os riscos profissionais. No caso da Aposentadoria por Tempo de Contribuição, que é a discutida no texto, o beneficiário pode aposentar-se sem ter 65 anos, desde que tenha contribuído num mímino de 180 meses e possoua 35 anos de serviço (no caso de homens), MAS sua aposentadoria vai sofrer reajuste do Fator Previdenciário, reajuste este que não existe na Aposentadoria Por Idade. Gostaria que as pessoas, antes de falarem de um assunto, reconhecessem que temos legislações próprias para praticamente todas as áreas da vida pública, assim, não custa verificar a Lei 8.213 para retirar dúvidas sobre previdencia.

yukipoa disse...

Obrigado pela explicação,Davi.
Entendi completamente que existe vários tipos de aposentadoria aqui no Brasil.
Pelo jeito, é muito mais do que a providência social no Japão, o que dificultaria a compreensão por parte de um povo comum, beneficiado.
Isso não é bem. Precisaria de um sistema mais simples que todo mundo entende.
;)

Everton Fujimoto disse...

Olá,
Pelo contrário, ter essa variedade de condições para se aposentar é o que trás qualidade de vida melhor. Digamos, ele mencionou por exemplo, professores, é um bom exemplo visto que professores ganham pouco no país (esse exemplo que ele mencionou, são somente professores da rede pública). Mas por exemplo, químico, se não me engano, pelos problemas que sua profissão pode causar a sua saúde, trabalha somente 20~25 anos e já pode se aposentar. (visto que a expectativa de vida de um químico é menor que a do resto da população geral)

Anônimo disse...

Aham (B. Hte):
Tanto o Davi quanto o Fujimoto mostraram ter uma boa idéia geral e bom entendimento acêrca do que ocorre com a legislação previdenciária.
Também não sou especialista, mas sei que Países distintos podem e devem ter legislações distintas, em função de cálculos atuariais que levam em conta a expectativa de vida e inúmeros outros fatores, como a insalubridade e/ou a periculosidade do trabalho.
Em todas as legislações existem os casos particulares e não dá para generalizar.
A questão é bastante complexa e demanda opinião de especialistas, para a formulação de políticas adequadas.
É preciso ter cuidado para não se divulgar conceitos errados ou sem embasamento técnico.
Abrs/

Julia-Sama disse...

50 anos para se aposentar? Estamos sendo bonzinhos.

Conheço pessoas que se aposentam por "invalidez" com 30 anos. Só por ter "dor nas costas"

O povo brasileiro tem o costume de sempre procurar o que é mais facil para viver bem, e poder dormir e olhar TV a vontade.

Anônimo disse...

Tenho curiosidade de saber quanto ganha um aposentado no Japao.Sei que ha 2 sistemas neh,pra quem e autonomo e pra quem e clt.
No Brasil tambem alem de ter o sistema de previdencia privado.
Entao por exemplo no Brasil se eu quiser ganhar 1 salario minimo e se sou autonoma,pago o valor sobre 1 salario minimo e se quiser ganahr 10 salarios minimo,pago o valor referente a 10 salarios minimos.E no Japao?
Mas o povo japones vive bastante comparado com o brasileiro,portanto acho que no Brasil e justo aposentar por tempo de contribuicao.

Everton Fujimoto disse...

se não me engano, na previdência pública, o teto de aposentadoria está em cerca de 4k, não teria como contribuir para 10 salários mínimos na previdência pública.

Anônimo disse...

Não creio que no Japão tenha desvios de verbas e estelionatários sugando o dinheiro da previdência como tem no Brasil.Quando os jovens de 14 anos aqui já tem que trabalhar na informalidade para ajudar a família com certeza os do Japão estão estudando.Então não se pode comparar a realidade de cada país é diferente, e um brasileiro aos 60 pelas péssimas condições em que vive, má alimentação, sistema de saúde ruim,já é mesmo um velho cansado(ou velha cansada), e mesmo assim tem que continuar trabalhando pois a aposentadoria não dá para os remédios.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics