terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Por que não há programa de debate entre estrangeiros no TV brasileiro!?


  Ao caro leitor

  Você gosta de cultura estrangeira!?

  Sim!?

  Conhecer outro tipo de ponto de vista no exterior faz com que a gente pense um pensamento ou um hábito com outra visão, o que enriqueceria nosso modo de pensar.


  Desde criança eu sempre gostei de conhcer as culturas diferentes, o que é uma das razões de eu estar morando no Brasil agora.

  Hoje gostaria de lhe apresentar um programa de TV, no qual apresenta sobre as diferenças culturais em diversos países do mundo.

  Eis um programa intitulado “Sekai no Minna ni Kitemita  ( Perguntamos às pessoas do mundo)” da emissora TBS do Japão.

  23 estrangeiros de 18 países participam deste programa. Os participantes são de seguintes países.

  Alemanha, Bangladesh, Rússia, Índia, Coreia do sul, Senegal, Ucrânia, Costa do Marfim, França, Uzbequistão Estados Unidos, China, Brasil, Suíça, Tailândia, Itália, Quénia, Congo.

  O programa sempre trata de um assunto determinado no início do programa e apresenta vídeos gravadas em alguns países para todos os participantes inclusive os convidados japoneses.

  Após a apresentação dos vídeos, os participantes começaram a apresentar as situações nos seus países sobre o tema apresentado. Na maioria dos casos, eles acabam discutindo entre eles justificando que seus hábitos ou suas comidas são melhores ou autênticos, etc.

  Ao assistir este programa, além de aprender outras culturas, eu posso me divertir com um debate engraçado entre estrangeiros. Qual língua eles usam no debate?

  É obvío que discutem tudo em japonês, já que telespectadores são japoneses.Por incrível que pareça,eles falam japonês super bem e têm vocabulário muito rico, além de ter bons sensos de humor. Há até um indonésio que sabe como lidar com atores cômicos que participam deste programa como convidados.

  Como é que eles conseguiram alcançar alto nível de proficiência da língua japonesa? Como professor de japonês, eu não posso deixar de ser curioso por isso.

  Bom. Eu vou colocar uma parte deste programa embaixo. O assunto do programa neste vídeo é “Qual comida acompanha o arroz (que é comida principal na refeição)?”
  
  Após a apresentação das comidas que acompanham em 3 países, chegou a vez de o Brasil apresentar a comida que acompanha arroz.

  
  Como você sabe, a resposta é Feijão.No entanto,ao contrário das situações apresentadas nos outros países, no Brasil a feijão é o prato principal e arroz é comida que acompanha feijão. Ao relatar isso, todos os participantes ficaram surpresas com esse fato. ( Quem quiser assistir o programa inteira, favor clicar o seguinte link. )

  Como eu já tratei num post neste blog, assistindo este vídeo, dá para imaginar que tipo de imagem os japoneses vão ter em relação ao Brasil, apesar de que este programa é apénas uma matéria entre as outras que tratam do Brasil.

  Por falar em imagem ao brasileiro, há um brasileiro chamado Ogel neste programa. Eu não sei se ele está atuando seu papel com algum propósito. Contudo, pela sua atuação que eu vi ao longo do programa, ele é engraçado, tarado, um bobinho sem noção.

 
  Ele levanta a mão durante programa inteira para conseguir permissão de apresentar sua opinião ao apresentador. Como o apresentador já sabe que Ogel não vai falar uma coisa que vale a pena ouvir, ele não deixa Ogel falar ao longo do programa.

  No entanto, como ele insiste tanto que o apresentador permite Ogel falar no final do programa. Aí ele fala as coisas que não fazem nenhum sentido e deixa todos os participantes perplexos.

  Os japoneses que não conhecem brasileiros na vida cotidiana até podem criar uma imagem "negativa" do brasileiro baseado no comportamento do Ogel, pois ele será uma referência única para os japoneses.

  Os preconceitos se criam assim, pela informação limitada.Na verdade, não é só Ogel que está fazendo papel de personagem engraçado. Os outros participantes dos outros países também têm personalidades bem fortes, o que ajuda deixar o programa mais atrativo.

  Como eu quase não assisto programa de TV no Brasil, eu não tenho certeza. Contudo, que eu saiba, não há um programa de debate no qual os estrangeiros participam no Brasil, apesar de ter programas que tratam divérsos assuntos nos outros países.

  Um participante chinês admirava este programa e o Japão pelo fato de que estrangeiros podem apresentar suas opiniões à vontade sem censuras, citando a situação totalmente diferente no seu país natal.

  Nesse aspecto, o Brasil é um país maravilhoso onde todas as pessoas têm toda liberdade de dizer o que quiser,assim como no Japão. Eu gostaria de que fizesse um programa parecido com essa no Brasil. Porque eu acredito que as opiniões dos estrangeiros ajudarão o Brasil melhorar em vários aspectos.

  O que você acha??

  ;)


Comentários
12 Comentários

12 comentários:

Paulo disse...

muito interessante, é uma boa ideia ^^

lana disse...

eu gostaria de ver esse video legendado

Haruka disse...

Eles realmente colocaram Nutella no arroz! Não acredito nisso

Victor Tufani disse...

Eu achei muito engraçada a dublagem do português para japonês, hahaha. Esse programa parece interessante, pena que eu só entendi quando ele fala que "gosta muito de farofa". :)

Marcio disse...

Embora eu não tenha entendido nada quando assisti o programa achei muito interessante a propósta.
Yuki, eu comprendo bem o tema do Ogel, meu pai sempre diz que quando uma pessoa está em um outro país, ela é como um embaixador de seu país, deve se comportar de maneir ímpar. Moro fora do Brasil, e quando vejo algum brasileiro falando idiotice na tv me dá bronca mesmo, porque no outro dia na empresa todos me perguntam sobre as reações e o que foi dito... principalmente quabndo o tema é futebol...

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentários.
Quando o prorama de TV Globo trata do Japão, eu assisto o programa dando atenção sobre como Japão é relatado, pois eu queria que transmitisse as informções corretas aos brasileiros.
Quanto à atuação dos participantes estrangeiros no programa citado no post, acredito que eles são obrigados a fazer papel engraçãdo.
Senão, eles não vão poder participar do programa...
;)

Anônimo disse...

Voce tem razao.Nao sei porque estes programas escolhem certos "ze manes"pra representar o Brasil.E quando vejo um imbecil falando imbecilidades me da vergonha de ver.
Na verdade tenho impressao que os japoneses acham os brasileiros sem inteligencia.Antigamente na tv do Brasil faziam propagandas com japoneses parecendo bobos,e ficava com raiva disso tambem,creio que devemos respeitar todos.Deveria ter uma punicao pra tv para isso pois acho que se chama esteotipo e preconceito.

押田 ~龙 disse...

So um detalhe por favor compatriotas brasileiros me corrijam se eu estiver errada. Prato principal não e aquele que esta sempre na mesa religiosamente e Complemento não e o que as pessoas fazem para comer JUNTO ao prato principal? Sendo assim não seria o arroz o prato principal dos brasileiros não conheço um que não come arroz junto com algo agora apesar de feijão ser a preferencia nacional tem uns e outros que não o comem e trocam por lentilha carne, ovo batata farofa e por ai vai...
Sensei acho que deveriam ter falado no programa que feijão e o complemento favorito do arroz para brasileiros ou seja o prato perfeito.

Pedro de Morais disse...

Olá Ana Paula, depende um pouco dá ótica. Comumente é dito primeiro o nome do alimento principal(geralmente em maior quantidade) e em seguida o secundário: pão com mortadela, água com açúcar, massa com sardinha, feijão com arroz, etc. Quanto à importância, talvez se deva analisar nutritivamente também, sendo os carboidratos a base da alimentação, talvez por isso se destacariam como principais. Porém, "aquele que esta sempre na mesa" não se justifica como sendo principal, talvez os talheres seriam então importantes quanto sal.Bom apetite.

Ricardo disse...

Olá,

Comecei acompanhar esse blog hoje! Mas vi praticamente todos os "capítulos" desse programa. Entendo que vcs reclamem do comportamento do Brasileiro, mas esse programa é um programa humorístico, e tenho quase certeza que os japoneses caracterizam o programa dessa forma tb, e tanto qnt o Ojiel desempenhou um bom "papel" que ele foi escolhido pelo publico como o melhor participante do programa!
Tem alguns programas no Brasil com relatos de estrangeiros (Cultura e Globo News), mas sempre são de correspondentes estrangeiros de algum jornal.

BORS disse...

Olá Yuki, seu blog é sensacional, você realmente tem talento para expor suas ideias, e tambem para escrever de uma forma que cativa o leitor! Parabéns!

Sobre o programa, acredito que seja algo essencial hoje em dia para o Brasil, inclusive para passar nos horários de audiência no final de semana!

Calu disse...

Ola Yuki e leitores do Blog.
Eu quase nao vejo TV , nao conheco esse programa.
Sou agenciada e ja fiz varios trabalhos p a TV japonesa, mas recusei os que me pediam p ser tonta, ou engracadinha. Outros me pediram para falar em giria, coisa que detesto. As pessoas para participarem nesse tipo de programa, devem seguir o que e pedido, mas e pena que as vezes um pais fica mal visto por causa de certos tipos.
Mas Tv e assim, cada pais tem sua forma de apelar, no Japao e com humor, no Brasil e com mulheres mostrando a bunda. Fazer o que?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics