sábado, 3 de setembro de 2011

Clientes são tratados como DEUS no Japão!?


  Ao caro leitor

  “O cliente é Deus”.

  Este é um ensinamento que donos das empresas japoneses passam aos seus funcionários.

  Por isso mesmo, os clientes são tratados como Deus no Japão.

  Na hora em que você vai entrar em algum restaurante, você vai notar isso.

  Porque alguns ou todos os funcionários falam “ Irassyaimase ( Seja bem vindo )” bem alto.Ao sair da restaurante, todos os funcionários agradecem aos clientes falando “ Arigatou gozaimashita ( Muito Obrigado )”

  Você já ouviu algo parecido em algum restaurante aqui no Brasil!????


  Eu, pessoalmente, nunca ouvi este tipo de cumprimentos dos funcionários ao entrar em algum restaurante no Brasil.

  Em alguma churrascaria chique, tinha até um garçom na entrada da restaurante e ele  nos acompanhou  até a mesa. Só que nem ele nos cumprimentou....

  Nas lojas de roupas, normalmente, logo que eu entrava, funcionário se aproximava de mim para perguntar o que eu estava procurando....

  Sim. O funcionário me atendeu com muita gentileza.  Contudo, ele fez isso porque ele ganha comissão caso consiga vender alguma roupa....

  Este tipo de atendimento ao clientes como Deus acontece não só na venda, mas também na reclamação.

  Vamos supor que um funcionário atrasou a entrega.

  No Brasil, o funcionário justifica o seu atraso em vez de pedir a desculpa para o cliente em primeiro.

  No Japão, como os funcionários têm que tratar clientes como Deus, pediria mil desculpas em primeiro lugar e caso necessário ele explicaria a causa dizendo que tudo culpa é dele com a intenção de não deixar o problema piorar.

  Não estou lhe dizendo que o povo japonês é bem educado e o povo brasileiro é mal educado.

  Só estou lhe relatando o que eu observo no atendimento aos clientes em dois países.

  O cliente é Deus no Japão enquanto o cliente é ser humano no Brasil.....

  Contudo, tenho uma coisa a acrescentar.

  Como os funcionários são treinados para tratar clientes como Deus pelos donos das empresas, o atendimento acaba parecendo bem artificial. Em consequência disso, não sinto nenhum sentimento ou carinho no atendimento japonês. Não parece um atendimento humano. Parece que eu estou conversando com um robô.

  Eles se comportam conforme o manual estipulado pela empresa.

  Por isso mesmo, quando acontecer coisas imprevistas, eles nem se sabe como lidar com isso, pois não estava escrita no manual.

  Neste aspecto, os brasileiros tratam clientes de maneira mais humana, apesar de não tratar como Deus. Eles podem dar até “jeitinho” dependendo do caso...o que eu acho mais humano.

  Você prefere o atendimento japonês ou o atendimento brasileiro????

  ;)
Comentários
13 Comentários

13 comentários:

中島 disse...

Eu gostaria de uma mistura dos dois ^^ mas entre escolher os 2, prefiro o japonês pois acho funcionário brasileiro muito metido e grosseiro.
Realmente no Japão quando algo sai errado os funcionarios pedem tanto desculpa que fica até chato rsrsrs e aqui no Brasil nem pedem desculpa...dão desculpa de que a culpa não é da empresa e nem deles.
bye

Liziane Zimmer disse...

Olá Takeuchi-san!

Bem eu acho que embora algumas lojas não tratem os clientes como "Deuses" aqui no Brasil, eles até são bem educados...
Mas como você disse esse ponto do funcionário sempre assumir a culpa quando acontece algum problema eu gostaria que fosse adotada poelas nossas empresas aqui. Acho que isso demonstra humildade...Esse é um ponto que eu gosto muito nas empresas Japonesas.
Geralmente quando eu entro em algum restaurante quem acaba sendo cortês com os atendentes e recepcionistas sou eu e não eles. Eu cumpriento quando chego e agradeço a pessoa que me atendeu quando saio, e desejo boas vendas. Aguns deles até se surpreendem com a minha cortesia, pois não é todo mundo que faz isso...
Faço isso mais para manter o bom astral, porque ter bom humor é fundamental para mim, independentemente de como a pessoa vai receber meu cumprimento.

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentários.
Acho que a palavra chave neste assunto seria respeito mútuo.
Desde que tenha respeito entre cliente e vendedor, tudo fica mais fácil de resolver.
;)

Julia-Sama disse...

Ola ^^

Os brasileiros são muito estressados, e sempre se preocupam primeiro com sigo mesmo. Isso é o motivo de varios brasileiros não firmarem raizes em um empreg, não gostam de ouvir reclamações nem do patrão, nem dos clientes.

Por isso gosto aqui do RS, por que os atendentes são mais atenciosos. Quando fui a São Paulo fui muito mal atendida em varios lugares =/

Anônimo disse...

Nossa eu tinha até dó do pessoal q trabalhava no posto de gasolina perto de casa (no Japão), toda vez q um carro ia embora todos os funcionários corriam, ficavam enfileirados um do lado do outro e agradeciam abaixando a cabeça e agradecendo. Depois corriam para voltar o q estava fazendo e se não estivesse atendendo, corriam para a frente do posto chamar freguês. Era um corre corre maluco. Aqui chega naquela vontade e só pergunta gasolina ou alcool? No máximo vão perguntar se quer q olhe a água e o óleo.

Anônimo disse...

e o boa tarde nw conta eh???

Bala disse...

O melhor atendimento que conheço é o de São Paulo. Você é tratado com respeito, cortesia e por gente competente, que sabe ajudar antes de tudo.
Diversas pesquisas elegeram SP uma das cidades mais gentis do mundo e a mais do Brasil. A gaúcha aí que está falando mal de SP é porque não conhece de verdade e, como todo gaúcho, sempre é bairrista.

Daniel Mesquita disse...

é que voce nao viu aqui na Italia.Aqui é pior que no Brasil.Aqui eles acham que estao te fazendo um favor, se voce for a um restaurante e etc.
Eles demoram muito e se voce reclamar eles ficam nervosos e gritam com voce, fora que tambem cobram pra sentar nas mesas.Eles literalmente acham que estao te fazendo um favor.
Belo post...
Abraço

FF disse...

Nesse sentido eu acho que os japoneses estão muito certos. Alias, pelo que ouvir dizer o atendimento e serviço é bem melhor na maoir parte da Asia. Eu moro na França e fiz varios amigos de origem japonesa e coreana, e eles ficavam chocados no começo com o serviço por aqui (que consegue ser pior que no Brasil).

Gélis Machado disse...

A gente fala: ah, mas eles são humildes no trabalho deles, eles correm para te atender, te tratam como deuses. Ok.
Pontos para analisar:
Salario que eles recebem.
Reconhecimento.
Sera que a gente chega assim no nosso trabalho? Corremos para atender bem? Fazemos nosso trabalho, tratamos os nossos clientes como deuses?

Jéssica disse...

Acho que o post generalizou um pouco quando se fala no Brasil... Imagina se nesse enorme país não ia ter uma diversidade de "tratamento ao cliente"? Já tive experiencias super agradáveis como cliente, por exemplo nas redes de restaurante do Outback onde me sinto na casa de amigos, e também no restaurante Oldwest em Curitiba, em que os clientes são tratados super bem e sem "superficialidade". A questão é tratar o cliente com respeito e bem, mas o cliente também tem q fazer o seu papel de, se algo sai do jeito que não era para ser, reclamar e dizer mesmo que não volta e não vai recomendar o serviço. O problema no Brasil é q o cliente não sabe reclamar ou tem vergonha, o que é um absurdo! Cliente não é Deus, mas é quem indiretamente paga o salário do funcionário.

Anônimo disse...

Olá a todos!
Isso é realmente verdade!
Falo todos os dias pra quem quiser ouvir o atendimento no Brasil é péssimoooooooooo....claro q tem um lugar ou outro q eles atendem super bem..., mas a maioria Jesus o q é aquilo.
Qtas e qtas vezes a mocinha me deixou plantanda no caixa enquanto batia papo com a outra do lado no supermercado...e vai reclamar pra vê no q dá um barraco terrivel.
Estou no Japão e com certeza voltarei pro Brasil e levarei comigo pelo menos isso de bom, q respeito ao proximo e ao cliente é tudo...., só me falta o dinheiro pra abri uma empresa pq esperiencia de como treina-lós eu já sei como que é...,qro estilo japones...cliente acima de tudo!
Aqui nw importa se vc tá bem vestida, suja ,descabelada eles atendem igual, é incrivelllll a coisa mais linda de si vê.
Parabéns Japão por me ensinar isso e gambatte Brasil , chegaremso lá um dia.


ABRAÇOS..

Hermeson disse...

Aqui no Brasil muitas vezes as empresas dão desculpas dando a perceber que a culpa é do cliente e não o contrário, nesse aspecto sem via de dúvida em prefiro o tratamento japonês.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics