quinta-feira, 15 de setembro de 2011

O homem pode cruzar pernas no Japão!??


  Ao caro leitor

  Quando eu vim ao Brasil pela primeira vez, eu sentava na cadeira cruzando pernas bem como o homem direto da foto acima.

  Aí um amigo brasileiro me aconselhou a não sentar desse jeito.

  Eu não entendi porquê na hora.

  Contudo, ele me explicou que o homem que senta cruzando pernas poderia ser considerado como gay no Brasil.

  Eu fiquei boquiaberto, pois muitos homens japoneses se sentam cruzando pernas em qualquer lugar inclusive no trem, sem se preocupar com a sua imagem como gay.

  Em seguida, o meu amigo me mostrou como um homem deve sentar  na cadeira no Brasil.


  Aí eu sentei de jeito que ele me orientou. Só que eu senti muito desconforto. Até podia sentar desse jeito durante algum tempo. Mas,não era nada confortável.

  Eu não entendia porque eu precisava sentar dessa maneira “masculina” ,sentindo desconforto, só para não ser enganado como gay?????

  Aliás, será que os brasileiros me interpretariam como gay só pelo fato de que eu sento na cadeira cruzando pernas????

  Eu fiquei na dúvida.

  Só que eu consegui uma resposta dessa pergunta daí a 6.7 anos depois.

  Uma aluna da minha turma que eu dava aula suspeitava que eu era gay!? Ela revelou isso quando eu explicava sobre essa diferença cultural entre o Brasil e o Japão.

  Que coisa!!

  Eu não sou nada contra gay. Cada um pode escolher seu sexo. Contudo, eu não queria que me interpretasse como gay, pois sou um homem que gosta de mulher.

  Aproveitando esta ocasião, gostaria de lhe avisar que você não pode interpretar um japonês como gay só pelo fato de que ele se senta cruzando pernas.

  Combinado??

  Falando no modo de sentar, vou lhe apresentar dois modos de sentar no Japão : um é masculino e outro é feminino.

  Primeiro modo chama-se AGURA.


  É modo totalmente masculino de sentar no chão. Aliás, a mulher não deve sentar desta maneira, pois é modo masculino.

  Segundo modo chama-se Onna Zuwari ( modo feminino de sentar, na tradução literal ).


  Sim. Como eu traduzi acima, é modo feminino de sentar. Portanto, o homem não pode sentar dessa maneira.

  Ou seja, cada sexo tem sua maneira de se sentar no Japão. Aliás, isso não restringe só no modo de sentar. O pior é que essas regras a respeito de comportamentos conforme sexo são muito mais rígidas do que no Brasil.

  Só que mesmo que o homem se sente no modo feminino, japonês em geral não julgaria essa pessoa como gay.

  Pelo que estou observando, os brasileiros são povos que gostam de gozar neste assunto.

  ;)


Comentários
29 Comentários

29 comentários:

gustavo-kun disse...

é amigo, brasileiro é assim mesmo,pelo menos a maioria,e eu odeio isso,nao tem nada a ver o jeito de sentar da pessoa,eles deveriam parar de reparar tanto nos outros e cuidar mais da propria vida.adoro esse blog continue assim!

Anônimo disse...

Brasileiro, no geral, é um povo muito julgador. Tudo bem que, muitas vezes, é uma zoação sadia, por exemplo, eu conheço um amigo que fez a sobrancelha (geralmente são as mulheres que fazem), eu zoei bastante ele quando o vi desse jeito, claro que eu usei ofensas leves, que é o que muitos fazem, e claro que, assim como a maioria, eu nunca deixaria de ser amigo de alguém por algo nesse sentido. O complicado, é que tem uma minoria (bem minoria mesmo), que talvez visse essas atitudes como um impedimento pra falar com a pessoa. Mas de qualquer forma, a ideia é não se incomodar com isso, no geral, o brasileiro usa isso como descontração, pra se relacionar com outras pessoas, ou pra fortalecer a amizade, se eu achasse minha sobrancelha muito feia, e quisesse fazê-la, eu faria, mesmo sabendo que seria zuado por meus conhecidos/amigos, mas é só não se importar com isso eu zuaria eles com outras coisas, e assim a banda toca. Esse meu amigo que faz a sobrancelha por exemplo, tipo, ainda hoje, se uma mulher tiver no mesmo ambiente que agente e falar "fiz a sobrancelha", ai eu falaria algo do tipo "olha lá cara igual a você" (em tom de zuação), ai ele falaria "e ainda assim eu continuo mais bonito que você hein" (me zuando de volta), e depois disso agente ri e vai toma uma cerveja, nada de mais.

Gika disse...

Apesar de eu concordar que no dia a dia, e em encontros casuais, que um homem que cruza as pernas possa parecer gay, uma das regras de etiqueta brasileiras diz que quando se está numa reunião formal (com terno e gravata) é mais educato cruzar as pernas do jeito "gay" do que do outro modo.
Essa história sobre homem cruzar as pernas é um pouco arbitrária, mas compreendo a reação das pessoas a isso porque é muito mais comum vermos mulheres de pernas cruzadas do que homens. Quando a mulher está de saia ou vestido, quando cruza as pernas fica muito feminina e sensual.
Acho que é por isso que consideram sentar desse jeito gay no Brasil. Porque o homem fica muito "feminino".

Abraço!

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentários.
No final,os brasileiros são brincalhões.
Acho que tudo depende de como brincar...
;)

J. Guimaraes disse...

O brasileiro tem essa mania, mas é só no sentido de gozação.

Afinal, a gente não vê gay sentado assim, mas de outras maneiras.

Portanto, sentar não determina a masculinidade de ninguém.

Renato Kunz disse...

Não é estranho mulheres no Brasil sentadas no modo AGURA!

Existem vários homens héteros no brasil que cruzam as pernas, observe em programas de televisão, como no Jô-Soares. Porem, este modo de sentar aumenta as suspeitas de ser um Gay, já que é mais comum esta posição entre mulheres,como disse a Gika, e Gays. Lésbicas machonas evitam cruzar as pernas para não parecerem afeminadas,elas sentam de pernas abertas, já que normalmente usam roupas masculinas não há problemas.

Anônimo disse...

Então, em reuniões formais, ou em ambientes parecidos (na tv agente vê bastante), onde as pessoas vestem trajes formais, ninguém pensaria que alguém é gay por causa disso. Agora, no metrô por exemplo, talvez algumas pessoas pensassem, mas ninguém será hostil, ou comentará alguma coisa ofensiva pra a pessoa que estiver sentada assim, afinal, são pessoas estranhas, ninguém ofenderia um estranho. Em reuniões informais (num churrasco por exemplo), talvez algum conhecido seu te zoasse por sentar desse jeito, mas o faria brincando. Se você se sente incomodado de talvez pensarem que você seja gay, melhor sentar de outro jeito, mas se você se sente seguro com isso, continue sentando assim.

yukipoa disse...

Obrigado pelo conselho.
Acho que é uma orientação perfeita para não ter problemas através do comportamento.
;)

Liziane disse...

É verdade o que o pessoal falou. E eu achei a forma japonesa masculina de sentar mais cofortável que a feminina. E aqui no brasil nós usamos muito ela, tanto homens quanto mulheres. Inclusive estou sentada assim neste momento em que estou escrevendo. A feminina deixa a coluna toda torta.

kaworu disse...

achoq foi esplicado muitoa grosso modo pra vc como isso funciona... é exatamente como as formas orientais de sentar q vc apresentou... nao significa q vc é gay ...mais ninguem senta assim, pq sempre existiu uma forma adequada para cada genero... no brasil ha uma forma de cruzar as pernas para cada um... é possivel q vc seja confundido com um gay porem não significa q vc é pro cruzar as pernas assim...apenas há uma forma feminina e uma masculina...mais ao contrario do japao no brasil não é uma coisa tao seria...conheço varias pessoas q cruzam as pernas de ambos os modos...tanto homens qnto mulheres

Anônimo disse...

Moro no Japao ha algum tempo e realmente acho o povo japones bem mais tranquilo quanto a sexualidade, ninguem tem que ficar provando o tempo todo que e homem, e mesmo os que sao gays nao sofrem tanto preconceito, ja vi alguns homens usando uniforme cor de rosa para trabalhar, coisa que no Brasil seria totalmente impossivel, sinceramente acho bem melhor viver sem tanto preconceito...

Anônimo disse...

Na boa, meu saco doi quando a perna escorrega e fica cruzada...
Ser homem e sentar assim num tem nenhum problema (se não esmagar seu próprio pau).

Anônimo disse...

Acho que brasileiro é um povo que olha muito para os "lados", pensa muito no que os outros pensam sobre ele. Aqui se julga uma pessoa pelo jeito de sentar, de vestir , de falar por tudo!
No JP se respeita o indivíduo, o seu jeito de ser. Ninguém (exceção dos mais velhos) te critica por usar tal roupa, tal sapato, tal cabelo.
Aqui tudo envolve aparência. Horrível.

Anônimo disse...

Bom, eu sento às vezes de pernas cruzadas e não é a maneira que eu sento que vai dizer se sou gay ou não. Aliás, gostaria de perguntar essa forma de sentar feminina é bem parecida com a que eu tinha que sentar no judô, a semelhança é mera coincidência?

Anônimo disse...

Eu também sento com as pernas cruzadas desse jeito e sou macho, vc pode ir nos ministérios, no congresso, senado, câmara, q vc vai cansar de ver homens sentados desse jeito. Isso se trata de se sentar de um jeito confortável.

Anônimo disse...

é que os orientais conseguem cruzar as pernas devido ao membro ser menor e assim não esmaga-lo.

Anônimo disse...

Sei lá se isto tem a ver com ser Gay ou não.
De certa forma, cruzar as pernas como vc fazia (ou ainda faz) é mais comum entre as mulheres e os homens cruzam do outro jeito, mas acho que não é regra, apesar de ser "estranho".
Mas a grande questão é: como pode um homem cruzar as pernas daquele jeito sem "esmagar" os genitais???

Anônimo disse...

Rapá, eu não consigo cruzar as pernas dessa forma, me dá uma dor no saco ficar desse jeito.

Joao garbuio disse...

eu nao cruzo as pernas desse jeito porque machuca o saco tb, acho mais confortável o outro jeito. Aqui no brasil quase todos quando sentam no chão ficam como os homens no japão.

Anônimo disse...

Isso acontece comigo,
brasileiro e muito preconceituoso mesmo, ele c sente incomodado ao ver como uma pessoa c senta, mais n c incomoda quando resolve as coisas sempre com o "bom" e velho jeitinho brasileiro.

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentários.
Pensava que todos os brasileiros têm mais ou menos mesmo opinião.
Contudo, parece que cada um tem sua visão diferente a respeito do modo de sentar,ne?
Foi bom saber disso.
;)

*Pr0feta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
*Pr0feta disse...

Na realidade eu nunca vi nada de errado em um homem sentar de perna cruzada, o unico ponto negatico disso que eu levo em consideração é que acho desconfortavel. O modo ocidental do homem sentar é um pouco mais confortavel mas tambem não é lá essas coisas, prefiro ficar "de boa" como o homem da esquerda na primeira foto. isso de chamar de gay acho que tem haver com 2 pontos:

- Normalmente só se ve mulheres cruzarem as pernas.
- Homem cruzando as pernas geralmente é para horas mais formais e o povo médio (Famoso povão) tem de achar essas regras frescuras demais, logo coisa de gay.

Luiz disse...

yukipoa, eu te perguntei, acredito que tenha deixado passar, mas espero que possa me responder. A maneira de se sentar feminina é bem parecida com a postura no judô, é mera coincidência?

yukipoa disse...

Oi,Luiz!
A maneira de se sentar feminina é bem parecida com a postura no judô?
No judô, senta assim?
Eu nunca tinha visto..
Portanto,não sei te dizer.
;)

Luiz disse...

yukipoa, não é exatamente igual. Sentava-se sobre os calcanhares e preferencialmente com uma mão sobre a outra, mas já fazem anos que eu não pratico mais judô, era só por curiosidade mesmo.

Victor Tufani disse...

Eu sento também dessa maneira que você mostrou na foto do metrô (a maneira que é interpretada com gay). Não sei se pensam se eu sou gay por causa disso, mas eu nem ligo, é bem mais confortável. Meu pai também senta assim.

anton.skyrda disse...

Engraçado que no teu post os exemplos que são iguais aos que você recebeu. Como está no texto com uma fotografia de uma pose masculina, "uma mulher não deve sentar assim" e você estava sentando igual à uma mulher no Brasil, de pernas cruzadas. No fim, a questão cultural é igual nos dois lados, no Japão e no Brasil.

Tassio Bruno F. S. disse...

olhaa o modo japones aq no brasil [ao menos na Bahia] só é adotado em lugares formais, tipo faculdades, bancos, coisas assim. o outro modo de sentar q seu amigo mostrou é oq mais uso, mas nao minto q as vezes sento como vc sentava no japao [agora assim, eu quase nunca cruzo as penas em lugares publicos...aq o pessoal fica olhando vai saber o pq]. de resto, me diverti de mais lendo seu post :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics