quarta-feira, 4 de março de 2015

Qual é diferença entre casamento no Brasil e o mesmo no Japão!?


  Ao caro leitor

  Eu fui ao São Paulo no último fim de semana para participar de casamento de um dos primeiros alunos de japonês no Brasil.

  Em 1998, o meu aluno Toshiyuki tinha 15 anos.Ele é descendente de japonês, sansei ( terceira geração).


  Como eu não sabia quase nada de português, ele me ajudava muito para minha adaptação no Brasil. E a gente saia juntos todos os sábados à noite para a única “avenida” da cidade, interior de SP, cuja população é de 13 mil.

  Ele me convidou para participar de casamento como padrinho.Eu aceitei esse convite na hora com muito prazer.

  Por incrível que pareça, é o primeiro casamento de que eu participei na minha vida.Quando era universitário no Japão, eu trabalhei no casamento como garçom durante alguns meses.Então, eu já tinha participado de vários casamentos de pessoas desconhecidas.Porém, quanto ao casamento da pessoa conhecida, este foi primeiro.

  O pior ( ou o melhor ) é que eu participei como padrinho já no primeiro casamento!!

  Como eu não entendia nada sobre o papel do padrinho, quando começaram as entradas dos parentes,padrinhos e madrinha, eu ainda estava sentado no banco da igreja sem saber o que fazer.

  Aí a tia do noivo que eu conheço me perguntou se eu não deveria estar naquele desfile.E fui até a porta de entrada com muita pressa e consegui chegar na última hora.

  Achando minha parceira que é madrinha esquecida e coitada, chegou a vez de a gente caminhar naquele tapete vermelha entre os convidados!!

  Bah! Eu fiquei tão nervoso que eu dava meus passos de maneira muito esquisita.Todo mundo estava olhando para gente!!Acredito que era maior tensão que eu senti pelo menos nos últimos 20 anos da minha vida.

  A gente caminhou tão devagar que deu muito espaço entre o casal anterior e a gente.Credo!! Eu estou estragando o casamento do Toshiyuki!!!

  Qualquer coisa tem primeira vez e normalmente não vai ocorrer de jeito que a gente quer na primeira tentativa.

  Enfim, valeu, Toshiyuki! Felicidade para você e sua esposa.

  E agora,eu gostaria de comparar casamentos em dois países : Japão e Brasil.

  O casamento do Toshiyuki consistia em duas etapas.

  A primeira etapa era uma cerimônia regional realizada na igreja e a segunda etapa era festa realizada na salão.

  Como eu não tenho experiência própria sobre casamento no Japão, eu não posso te dizer com certeza absoluta.Entretanto, eu imagino que a primeira etapa é quase mesma coisa, caso casal japonês opte pela cerimônia na igreja.

  Na minha opinião,o que muda em dois países é na segunda etapa.

1.    Oironaoshi(お色直し)

  Casal japonês costuma trocar vestidos durante festa de casamento( Hirouen,披露宴 ). Por exemplo, eles vestem vestido de noiva na primeira etapa e vestem wafuku ( roupa de estilo japonês ) na segunda etapa.

  O objetivo do Oironaoshi é mostrar as belezas dos casais com dois vestidos distintos.Claro que o custo vai sair mais caro.Porém,é um momento único da vida e não tem como não registrar esse momento,ne?

  No casamento do Toshiyuki, o casal continuou com mesmos vestidos e acredito que deve ser assim mesmo com outros casais aqui no Brasil.

2.    Inexistência do apresentador

  No Japão sempre há um encarregado de organizar a festa de casamento.É ele que coordena todo programa de casamento.Eu não vi nenhum encarregado assim no casamento do Toshiyuki.

3.    Discursos

  No Japão, muitas pessoas tais como casamenteiro, noivo, noiva, amigo e amiga dos noivos, pais dois noivos fazem discursos. E como a grande maioria dos discurso é emocionante, muitas pessoas choram por causa de emoções.

  No casamento do Toshiyuki, ele contou como conheceu noiva e como conquistou coração dela e a noiva fez a mesma coisa através do vídeo filmado anteriormente e deu.

  Não havia nada de discurso.E ninguém chorava durante casamento. Eram só alegrias.

  O casamento de japonês é focalizado mais na independência total do casal dos seus pais, o que resulta em tristeza apesar de ter felicidade no fundo.

  O casamento de brasileiro é focalizando mais na nova etapa do casal, o que gera só alegrias apesar de ter tristeza no fundo.

4.    Apresentação por parte dos amigos

  Muitas vezes os amigos dos noivos preparam alguma apresentação de surpresa.Eu não posso te dizer o que é exatamente.No entanto, é tipo de apresentação que agrada os noivos.

  Por outro lado, no casamento do Toshiyuki, quem estava tentando agradar os convidados era próprio casal. O casal até apresentou uma dança meio sensual que usa cadeira para esquentar galera, o que é impossível acontecer no Japão.

  Eu achei essa diferença muito interessante.

5.    Corte de bolo de casamento ( ケーキ入刀 )

  No Japão, sempre há cerimônia de cortar o bolo de casamento.Na hora, aquele encarregado de organizar a festa costuma dizer o seguinte frase para os convidados : Favor olhar o primeiro trabalho conjunto como casal.

  Ue!Como assim!? Não entendo. Cortar o bolo junto é “primeiro trabalho conjunto”?

  Eu vi o bolo de casamento na festa e esperei o momento de corte.Contudo, o bolo não foi cortado infelizmente.Para que aquele bolo serve?Será que aquele bolo era um enfeite mesmo?

  Bom. As diferenças que eu notei foram só essas.

  Espero que este post lhe ajude.

  ;)


Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Juli disse...

Quantas diferenças!
Brasileiros quase sempre se casam na Igreja. Hoje em dia alguns pulam essa etapa porque não tem religião ou não são apegados com religião.
No Japão há poucos cristãos né? Então eles se casam em templos budistas?
Abraços ;)

yuki takeuchi disse...

A grande maioria dos japoneses se casa na igreja, mesmo não sendo cristão.Muito poucos japoneses se casam em templos budistas.;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics