segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Um dos melhores filmes japoneses na última década : Eien no Zero!?

  Ao caro leitor

  Em princípio, eu não gosto de filme ou novela que trata de guerra, pois a história é triste normalmente.

  Mesmo assim, eu gostaria de lhe recomendar o seguinte filme.

  Eis 永遠のゼロ ( Eien no Zero, eterno zero ).

  É o filme que teve maior bilheteria no ano 2014, com 7 milhões de espectadores.

  Quando eu fui à Japão no início de 2014, eu cheguei a assistir este filme num cinema.

  Como fui ao cinema durante dia e já fazia bom tempo que lançou filme, havia só 5, 6 espectadores na mesma sala.

  Mas, ainda bem que tinha poucos espectadores na mesma sala, pois eu não conseguia parar de chorar na última 1 hora do filme.

  Eu chorei tanto que saia até ranho e foi difícil conter gemido para que os outros espectadores não percebam.

  Se você está procurando um filme emocionante, eu lhe recomendo este filme.

  Este filme é tão bom quanto A partida ( Okuribito, おくりびと ).

  Trata-se de um piloto de avião Mitsubishi A6M Zero, o principal caça da marinha japonesa na segunda guerra mundial.

  O filme começa pela cena na qual mostra cerimônia funeral da avó Matsuno.

  Algum tempo depois, através do seu avô Kenichirou,os netos da Matsuno, estudante Kentarou e a neta a jornalista Keiko ficaram sabendo que seu verdadeiro avô, com quem Matsuno se casou pela primeira vez não foi Kenichirou mas Kyuzou Kanbe, que faleceu como piloto de avião Mitsubishi A6M Zero na segunda guerra mundial.

  Eles ficaram curisosos por saberem sobre como seu verdadeiro avô é e vão correr atrás dos fatos verdadeiros fazendo entrevistas com os sobreviventes com quem batalharam junto com seu verdadeiro avô.

  O filme é baseado num romance escrito por Naoki Hyakuta, o autor japonês que vendeu mais livros na última decada no Japão.

  O filme teve repercussão tanto positiva quanto negativa.Teve até críticas de que estão a favor de guerra, justificando que o autor deu a honra para o piloto que se sacrificou para seu país.

  Enfim, você pode conhecer tanto a história do Japão quanto um dos pontos de vistas de japonês em relação à segunda guerra mundial contra os Estados Unidos.

  ;)

  
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

edson disse...

O filme e otimo...mostra o outro lado dos japoneses, aqueles que nao queriam morrer pela patria e voltar pra familia, sem perder a honra e a dignidade!
Okada Junichi teve uma bela atuacao no filme!
Yuki...parece que um outro best seller de Hyakuta Naoki, kaizoku to yobareta otoko (海賊と呼ばれた男) esta em fase de producao, e sera lancado no final desse ano!
Esse tambem sera imperdivel! Conta a historia nao reconhecida do fundador dos postos de combustivel Idemitsu, como ele concorreu com as grandes petroliferas ocidentais (Shell, Texaco, Chevron) no pre e pos segunda guerra mundial!

edson disse...

O filme e otimo...mostra o outro lado dos japoneses, aqueles que nao queriam morrer pela patria e voltar pra familia, sem perder a honra e a dignidade!
Okada Junichi teve uma bela atuacao no filme!
Yuki...parece que um outro best seller de Hyakuta Naoki, kaizoku to yobareta otoko (海賊と呼ばれた男) esta em fase de producao, e sera lancado no final desse ano!
Esse tambem sera imperdivel! Conta a historia nao reconhecida do fundador dos postos de combustivel Idemitsu, como ele concorreu com as grandes petroliferas ocidentais (Shell, Texaco, Chevron) no pre e pos segunda guerra mundial!

waggamama disse...

Definitivamente Kanbe não foi um herói, os únicos que falaram bem dele foi o yakuza que se aproveitou de sua esposa depois da guerra e outro que viu Kanbe defender a honra de um amigo morto no treinamento. Só falaram bem porque tinham divida moral ou sentimento de culpa.
Em combate ele me fez lembrar dos hantyos de fábrica que estão sempre dando voltinha para fugir do trabalho, empurrando assim mais trabalho para os seus subordinados.
Os depoimentos deixaram claro que ele sobreviveu a várias batalhas porque usava sua habilidade para fugir do combate. Ele se julgava especial por querer voltar vivo para a família, no fundo todos queriam, mesmo que dissessem o contrário.
As pessoas dizem procurar a verdade, mas preferem ouvir mentiras quando se trata de um ente querido.

Unknown disse...

Waggamama san, deu para entender que voce nao entendeu o filme. Talvez assistiu o filme em japones sem dominar completamente a lingua ou a versao em portugues esta mal traduzida.

Para comecar o nome esta errado, nao eh Kanbe Kyuzo, o correto eh Miyabe Kyuzo.

Em segundo, o veterano de guerra que tem em casa uma espada que ja chupou sangue e o Yakuza que tentou se aproveitar da esposa de Miyabe nao sao a mesma pessoa. No Japao, ter em casa uma espada que ja chupou sangue e alguns guarda costas significa que o cara eh rico e poderoso, tipo de gente que acho que voce nunca conheceu aqui no Japao.

Em terceiro voce nao percebeu ou se esqueceu do terceiro veterano de guerra internado em faze final de cancer, que disse que de inicio teve uma mal impressao de Miyabe, mas que Miyabe eh quem tinha a verdadeira coragem, ao ser contra a moda de se arriscar desnecessariamente para parecer corajoso.

Waggmama san, comparar um piloto Kamikaze com um hantyozinho de merda eh um sacrilegio.

Davi Takeru Harada Ferreira disse...

Waggamama san, deu para entender que voce nao entendeu o filme. Talvez assistiu o filme em japones sem dominar completamente a lingua ou a versao em portugues esta mal traduzida.

Para comecar o nome esta errado, nao eh Kanbe Kyuzo, o correto eh Miyabe Kyuzo.

Em segundo, o veterano de guerra que tem em casa uma espada que ja chupou sangue e o Yakuza que tentou se aproveitar da esposa de Miyabe nao sao a mesma pessoa. No Japao, ter em casa uma espada que ja chupou sangue e alguns guarda costas significa que o cara eh rico e poderoso, tipo de gente que acho que voce nunca conheceu aqui no Japao.

Em terceiro voce nao percebeu ou se esqueceu do terceiro veterano de guerra internado em faze final de cancer, que disse que de inicio teve uma mal impressao de Miyabe, mas que Miyabe eh quem tinha a verdadeira coragem, ao ser contra a moda de se arriscar desnecessariamente para parecer corajoso.

Waggmama san, comparar um piloto Kamikaze com um hantyozinho de merda eh um sacrilegio.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics