domingo, 24 de janeiro de 2016

Os japoneses não querem namorado(a)!?

  Ao caro leitor

  Seguem os resultados do levantamento feito pela empresa Rakuten Onet, destinado para os japoneses que acabaram de fazer 20 anos, maioridade.

  “Você quer namorado(a)?”


  Em 2000,

  91.6% dos homens e 88.5 % das mulhres repsonderam sim.

  Em 2016,

  63.8 % dos homens e 64.2 % das mulheres responderam sim.

  Em 1996,

  50 % dos homens e das mulheres tinham namorado(a) na realidade.

  Em 2016,

  26.2% dos homens e das mulheres tinham namorado(a) na realidade.

  Em 2015, uma entidade pública fez levantamento para os japoneses solteiros das faixas etárias 20 e 30 sobre por que eles não querem companheiros.

  Seguem as respostas.

1.    Estou com preguiça de ter relacionamento                         46.2 %
2.    Quero investir meu tempo no meu hobby                            45.1%
3.    Quero me dedicar mais para meu trabalho ou meu estudo  32.9%

  Há outro levantamento feito em 2011 sobre a relação entre a presença de namorada e sua renda.

  O resultado é de homem cuja faixa etária é de 20. 
  •   Casado.                        Funcionário efetivo  25.5 %,  Fun. não efet  4.1 %
  •   Tem namorada             Funcionário efetivo  33.5 %,  Fun. não efet 16.7 %
  •   Não tem namorada       Funcionário efetivo  27.4 %,  Fun. não efet 38.5 %
  •   Nunca teve namorada   Funcionário efetivo  13.6 %,  Fun. não efet 41.0 %

   Esses resultados devem chocar os brasileiros.

  Contudo, eu acho que isso deve ser um resultado real que mostra a realidade do Japão.

  Hoje em dia, os japoneses ficam felizes só investindo seu tempo no seu trabalho, seu estudo e seu hobby e ficam satisfeitos com isso.

  Não acham necessidades de relacionamentos reais.

  O que você acham ao respeito?

 ;)

Comentários
7 Comentários

7 comentários:

Anônimo disse...

Eu também sou assim, não gosto de sexo, relacionamento nem nada disso, prefiro gastar meu tempo estudando, trabalhando e com meus hobbies... o problema é que aqui no brasil esse tipo de atitude é confundido com homossexualismo então a sociedade cobra muito mais que homens tenham namorada e "peguem mulheres" para serem considerados normais

Leia disse...

Oi, voce poderia fazer um post explicando como são os relacionamentos amorosos no japão. Ouvi algumas coisas e fiquei chocada, tipo: o sexo no casamento eh só para a reproducao, eh muito comum após o primeiro filho o casal parar de ter relacoes, e acabar ir procurando amantes, e isso seria "bem aceito " pelos traidos. que anda no banco da frente eh o filho a mulher vai no banco de tras do carro. O beijo no japão que aparece nos doramas eh muito frio, assim como o abraço, etc. Sei que existem muitos estereótipos, entao vc como um japones, que conhece a realidade brasileira, pode fazer uma comparacao interessante, com mitos e verdades.

Anônimo disse...

curioso.
é melhor namorar brasileira ou japonesa?

Anônimo disse...

tambem nao tenho interesse em relacionamento e nem sexo....

Nandoskenned disse...

ROMANCE é uma das melhores coisas que existe nesse mundo. Não existe nada igual a sensação de estar apaixonado, de ter alguém pra te acompanhar por toda a sua vida. Relacionamentos são problemáticos, mas também são extremamente recompensadores.

Além disso, a realidade é que nenhuma pessoas é completa por si só, e nada pode substituir um amor verdadeiro. Todas as pessoas precisam de amor, logo, todas as pessoas precisam de relacionamentos.

Os japoneses estão fugindo da realidade pq não conseguem lidar com os problemas. A cultura japonesa passou muito tempo ensinando as pessoas a serem bons trabalhadores, a serem educados e a serem bons cidadãos, mas a cultura japonesa não ensinou como relacionamentos são importantes.
Isso é um defeito horrível, e provavelmente é a causa da maioria dos problemas sociais do Japão.
Os japoneses deveriam se apaixonar mais, se tocar mais. Essas pessoas que abrem mão de relacionamentos reais fazem isso pq não sabem como é bom estar em um relacionamento e pq são covardes que não conseguem aceitar a realidade.
Viver na fantasia não é o problema, o problema é não saber viver na realidade.

Luciana Flor disse...

Nandoskenned concordo plenamente contigo.

Anônimo disse...

Adoraria um post sobre isso tambem.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics