quinta-feira, 27 de junho de 2013

Você já incendiou seu blog!?

  Ao caro leitor

  Você já incendiou seu blog ou seu twitter?

  Não!? Ou, não entendeu a pergunta por acaso?

  Hoje eu gostaria de lhe explicar sobre incêndio do blog no Japão.

  No Japão, muitas celebridades têm seus blogs ou seus twitters.Quando eles dão opiniões meio “ofensivas” num programa de TV, que não agradam os telespectadores, o povo japonês manda inúmeras mensagens para seus blogs ou seus twitters para criticá-los.

  Aí a mídia japonesa costuma relatar que o blog do celebridade tal foi “incendiado” ( 炎上 ) por causa da opinião dita por ele num programa de TV.

  Dá para imaginar o que esse celebridade faz diante do incidente?

  Escrever um post pedindo mil desculpas às pessoas relacionadas e público geral é o procedimento mais comum.Caso ainda não consiga apagar o incêndio desta maneira, fechar o blog ou encerrar a conta do Twitter para não gerar mais problemas é o próximo procedimento.

  Ontem eu li uma notícia sobre o suicídio de um deputado estadual no Japão, cujo blog tinha fechado por causa do grande “incêndio” causado pela sua crítica a um hospital.


  Segundo a notícia, o deputado estadual ficou indignado ao ser chamado pelo número na hora de consulta num hospital e foi embora sem pagar a conta criticando que o hospital era um presídio. Para piorar,ele escreveu todos os acontecimentos no seu blog.Aí ele recebeu inúmeras críticas do povo japonês no seu blog.Ou seja, seu blog ficou incendiado.

  Mesmo pedindo desculpas e fechando o blog, ele não parava de receber críticas.O pior é que cidadão indignado criou um blog com o objetivo de lhe solicitar a renúncia do cargo público.Então, ele pediu desculpa mais uma vez sobre seu ato na entrevista coletiva e anunciou que ia continuar trabalhar como político.Só que uma semana depois ele foi encontrado morto perto da represa local..

  Nenhum político brasileiro jamais faria o mesmo que o político japonês fez.


  Em primeiro lugar, os políticos brasileiros,inclusive os celebridades brasileiros,não costumam ter seus blogs, já que dão muitos trabalhos e não vão trazer nenhumas granas para eles.

  Em segundo lugar, tanto políticos quanto celebridades não admitem seus erros em público, pois isso vai estragar suas carreiras e não vão ganhar dinheiro por causa disso.E consequentemente, eles não vão pedir desculpas porque eles se acham “certos” teoricamente.

  Em terceiro lugar, tanto políticos quanto celebridades jamais se suicidariam por causa dos seus atos imorais ou algo parecido, pois o suicídio não está na lista das atitudes que eles devem tomar na hora de receber as críticas.

  Os japoneses têm pensamentos totalmente diferente dos brasileiros.

  Os japoneses acham que o suicídio é a melhor forma para demonstrar "suas sinceridades" sobre as responsabilidades que eles assumem.É um pensamento tradicional desde época de samurai, já que Harakiri era uma forma digna de demonstrar sua sinceridade pelo samurai na hora de falhar numa missão importante.O pior é que essa mentalidade ainda está no nosso DNA.



  No entanto, eu acredito que nenhum japonês desejava a morte deste político.O que lhe solicitava era apenas renúncia do cargo.Nada mais nada menos do que isso.Por que ele não conseguia aceitar renúncia numa boa?

  Para pessoas chegarem a desejar a morte de uma pessoa determinada,essas pessoas têm que ter muitos ódios contra ele em relação aos atos praticado por ele.....

  Com certeza, o povo brasileiro também não deseja morte para políticos corruptos ou celebridades maus educados.Simplesmente deseja apenas aplicação de uma pena que merece pelo ato que eles fizeram.

  Eu sei que muitos celebridades coreanos também se suicidam por causa das muitas críticas pelo povo coreano em relação aos seus atos.Isso comprova que os coreanos também têm mesma mentalidade que os japoneses.

  Ao receber muitas críticas de uma vez só, talvez a gente se sinta como uma pessoa inútil e errada que não podia se existir no mundo.Aí talvez seja melhor não olhar ou ouvir as críticas durante bom tempo até que você consegue se recuperar auto confiança.

  Graças a Deus, eu tenho recebidos várias mensagens neste blog, inclusive críticas meio ofensivas que não me dão vontade de lê-los duas vezes.Ao receber as críticas, eu procuro me lembrar de um trecho do livro ( ou mangá ) intitulado  “Ensinamentos de milionário judeu” de que gostei tanto que eu já li mais de 200 vezes e eu já tratei sobre isso num post.


  No livro ( ou mangá ), o milionário judeu, o mentor, explica para o autor do livro que tem 3 tipos de pessoas.

  •   Primeiro grupo : As pessoas que elogiam seus trabalhos com palavras. Ou seja, as pessoas que deixam as mensagens positivas no blog.
  •   Segundo grupo  : As pessoas que criticam seus trabalhos com palavras. Ou seja, as pessoas que deixam as mensagens negativas no blog.
  •   Terceiro grupo  : As pessoas que apoiam seus trabalhos sem palavras. Ou seja, as pessoas que não deixam as mensagens no blog.

  Explicando tudo isso, o mentor aconselha ao autor para agradecer até as pessoas do segundo grupo que criticam seus trabalhos ou suas opiniões, além de agradecer as pessoas do primeiro grupo.Segundo ele, essas pessoas do segundo grupo deixam críticas, já que eles se interessaram pelo assunto abordado e queriam que o autor tenha outra visão sobre o assunto.

  Depois que eu fiquei sabendo disso, eu aprendi a lidar com as críticas e comecei a pensar que eles estão fazendo com que eu cresce tanto como uma pessoa quanto como um blogueiro.

  Aliás,os leitores não têm nenhuma necessidade de concordar com a opinião do autor.Pelo contrário, eu gostaria de que os leitores apresentassem seus pontos de vistas extraordinárias sobre assuntos em questão no post, porque é assim que eu consigo aprender mai e já aprendi muitas coisas através dos comentários dos leitores na verdade.


  Por isso mesmo, eu deixo a grande maioria dos mensagens enviados pelos leitores no blog, para que todos os leitores conhecessem outros pontos de vistas e uma história relacionada ao assunto do post.

  Contudo, há dois tipos de mensagens que eu apago. A propaganda e comentário simplesmente ofensivo,tipo “Se você não gosta do Brasil, volta para o Japão.” Voltando para Japão, se resolver o problema que eu tratei num post, eu voltaria com prazer.Mas, isso não seria uma solução infelizmente.

  O milionário judeu do livro ainda enfatiza a importância do terceiro grupo.Nós não podemos saber a existência do terceiro grupo, pois as pessoas do terceiro grupo não demonstram nada e nos apoiam só nas corações deles.
  Então, aproveitando a ocasião,eu gostaria de agradecer todos os leitores que acompanham este blog.

  Se o político japonês mencionado acima soubesse este ensinamento do milionário judeu, ele não precisava se suicidar só por causa da crítica a um hospital......

  Espero que eu não provoque incêndio neste blog.

  ;)

Comentários
30 Comentários

30 comentários:

Isadora Inácio disse...

Gosto muito desse blog e da forma como os assuntos são abordados, são sempre assuntos interessantes. Ultimamente me encantei com o Japão e sua cultura, foi muito bom encontrar um bom blog em português feito por um japonês.

Julia disse...

Fiquei muito espantada com o suicídio deste deputado quando vi as manchetes japonesas! Mas eu acho que ele não conseguiu lidar com as críticas (uma pena)….Agora sobre os políticos brasileiros…haaa sinceramente eu gostaria que eles tivessem a decência dos japoneses e estes sim deveriam se matar….pq fazem muito muito pior que um político japonês! Haaaa eu adoro seu blog…..tirando a cor que me da dor de cabeça rs….no mais acho interessantíssimo suas postagens e a forma como vc vê Brasil e Japão! Eu amo o Japão! Amo o Brasil…só que não amo o "jeitinho" brasileiro rs!

Juli disse...

Os brasileiros e japoneses são mesmo muito diferentes, e pensam de modos muito diferentes...

No Brasil, tudo vira motivo para piada. Yuki, não se ofenda com comentários como "volte para o Japão", os brasileiros têm mania de falar o que querem, sem se importar com as consequências disso.

Na internet isso fica bem evidente. Sempre que alguém posta algo triste ou sério em alguma rede social, por exemplo, as pessoas atacam com comentários ofensivos, do tipo "se você tem tantos problemas, se mata!" ou "para de reclamar da vida, vai relaxar vendo os jogos da Copa!".

Os japoneses parecem se importar muito mais com as consequências do que dizem, e os brasileiros não ligam muito para o sentimento dos outros.

Fiquei triste com a notícia sobre o deputado. Tudo bem que ele fez algo bem errado ao criticar o hospital e não pagar a conta, mas mesmo assim o povo japonês deveria dar uma nova chance a ele, já que se desculpou tanto... Como você mesmo disse, isso nunca aconteceria no Brasil, já que aqui as pessoas não se desculpam tanto, e não se sentem tão mal a ponto de cometer suicídio...

Cromagnon disse...

Nossa, se ele foi tão criticado e cobrado só pela critica ao hospital imagina oque fariam se ele tivesse desviado milhões?!

Seria ótimo se os políticos corruptos aqui no brasil cometessem um suicídio coletivo, eu até ajudaria fazendo as covas!

______________________


Existem famosos que passaram por esse "incêndio" na internet mas depois foram aceitos normalmente pelo publico?

ImpMontezuma disse...

Cara eu gosto muito do seu blog e realmente espero q vc não siga seu lado oriental e faça alguma besteira, como apagar o blog (ou coisa pior) caso alguém te ofenda nos comentários... Principalmente porque isso é muito comum aqui no Brasil... como vc ja deve ter notado.. As pessoas se irritam, xingam umas as outras quando tem opiniões diferentes sobre um assunto... Isso é normal... Brasileiro fala as coisas sem pensar direito... Então a melhor solução é você ignorar alguém que esteja te incomodando... E é bem como vc notou mesmo.. pra cada 1 pessoa que vem te ofender aqui.. você provavelmente agradou outras 10 que simplesmente não falaram nada já que concordaram com você e não tinham nada mais a adicionar na conversa.

Lux disse...

Só de discordo de um ponto.

Muitas pessoas desejam a morte de políticos brasileiros, inclusive eu.

Como eu adoraria que Lula, Dilma, José Dirceu, José Genoíno e toda aquela corja do PT morressem, de preferência, de uma forma bem dolorosa.

Anônimo disse...

o cantor chamado ''latino'' teve seu canal no youtube e no twitter incendiado kkkkkkkkkk
foi na semana q ele fez a musica do psy coreano em português, aí o povo chamou ele de copião ou ladrão de musica, se bem q no caso do cantor latino ele não fez nada de errado e sim o povo ignorante que não sabe q é possível compra musica e fazer sua própria versão.

Fernando nori disse...

Bom, venho acompanhando este blog há algum tempo, gosto muito, pois me surpreende cada vez mais, e aqui vai um conselho, escreva mais sobre cultura, costumes, etc. Como vivemos no Brasil, gostaríamos de saber outras visões culturais além da nossa.
Obrigado por disponibilizar informações sobre o Japão e um grande abraço.

Thiago Miranda disse...

Sou do terceiro grupo, o que acompanha e gosta mas não comenta. Ótimo blog o seu, sucesso.

Anônimo disse...

Acho 10 esse blog. Quando não gosto falo mesmo, afinal você pode escolher o que quer falar e o que não quer falar, mas saiba que tudo o que disser podera ser criticado e você permitiu que seu blog tenha comentários não só para ekogios.

Anônimo disse...

Eu também critico seu blog assim como elogio, nunca sou um robô que foi programado para concordar com todas as opiniões de uma determinada pessoa, assim como você ama a flexibilidade e o entusiasmo brasileiros e odeia a litigiosidade judicial nossa.

abraxas disse...

Nossa, eu sempre leio o seu o blog mas não gosto de ficar comentando. agora fiquei até mal por saber que um simples comentário pode ser tão importante para o blogger e resolvi fazer esse pequeno comentário: parabéns pelo blog e por nos mostrar diferenças culturais entre aqui e lá.

só não esqueça um fator determinante, no Japão não tem a miscigenação que tem por aqui. no Brasil há uma salada cultural enorme e não tem algo que se possa chamar de identidade nacional.

quanto a dizer que ninguém quer a morte de políticos, não esteja tão certo disso, rs.

ah, moro no Acre (conhece?)

Cromagnon disse...

Quando o sujeito comete um crime, vai preso e cumpre sua pena...Como ele é visto pela sociedade japonesa? quais os tipos de emprego ele consegue depois disso? Quais os crimes mais imperdoáveis para os japoneses?

Você poderia fazer um especial sobre segurança e sistema penitenciário no japão seria maneiro demais!

Alvaro Tavares disse...

Olá, Yuki
Eu já acompanho seu blog a alguns meses mas sem comentar muito, mas já vinha me esforçando para ser mais do 1º grupo, e quando necessário do 2º (mas sempre com respeito ;-)
Eu gostaria muito que os políticos e celebridades brasileiras fossem mais como no Japão, pelo menos na parte de pedir desculpas. Suicídio é muito exagerado. Inclusive acho que seria uma grande perda para o Japão se todo mundo que sofresse com alguma crítica mais dura resolvesse se matar. Sabe se essa mentalidade está mudando nos japoneses? Ou ainda haverá muito mais mortes como essa?

Moonway disse...

Muito bom, muito bom!!! Verdade, eu também tenho me interessado pela cultura japonesa ultimamente, e ter um blog em português escrito por um japonês caiu como uma luva. É muito bem escrito! Só alguns erros de gênero, mas fora isso, seu português é ótimo. Aliás, como e porque você aprendeu? Já sou sua fã, até breve.

Cris disse...

Ninguem gosta de receber criticas, mas acho que a sociedade ocidental tem mais tolerancia a receber criticas negativas. Pelo menos, não vemos o suicido como forma de se desculparmos pelas criticas recebidas.
Quanto ao suicido, bom, as religiões dos cristãos, mulçumanos e judeus são contra o suicidio. Somente Deus tem o direito de tirar uma vida, então o aspecto religioso acaba pesando bastante na consciência do possivel suicida. Os catolicos, por exemplo, crêem que o suicida vai para o inferno.
Provavelmente se os japoneses também tivessem as mesmas crenças o suicidio seria menor no japão, pois os japoneses prefeririam não se desculpar com sociedade e seus pais através do suicidio ao inves de "ofender" a Deus tirando sua vida.

Quanto a politico, olha, acho que o brasileiro gostaria de ver politico corrupto.

Quanto a "incendiar" o blog, aqui no brasil acontece bastante. É mais facil criticar os outros pela internet, mas a diferença aqui é que o famoso retruca as ofensas ou nem dá bola. Claro que tem aqueles que se desculpam, mas nada tão exagerado como o japones.
Alias, acho que deve ser bem problematico quando os famosos japoneses recebem criticas negativas de ocidentais. Um bom exemplo disto é o mangaka Kubo Tite que já foi massacrado varias vezes em seu twitter por fãs, pois muito fã ocidental de mangá é grosso e se revolta facil.

Cris disse...

Quanto ao comportamento do politico, nossa, não achei errado o fato dele criticar o fato de ser tratado por um número no hospital. Tanto se fala sobre humanização no atendimento hospitalar (e com toda a razão)e o sujeito é ainda tratado como um número. Por outro lado, não achei certo ele não ter pago as despesas do hospital.

Acho que uma outra situação de como os japoneses podem levar serio de mais um pedido de desculpas é o caso daquela integrante do grupo AKB48 que raspou a cabeça.

Já que falaram do Latino, o pior que as regravações do Latino foi ele ter dito que poderia ser um Chico Buarque, realmente dá vontade de dizer " se mate" pra ele. Mas é obvio que isto seria apenas uma critica e não que eu realmente queira que ele morra.

No mais, meu caro blogueiro, paciência e coragem para ler as criticas feitas pelos leitores aqui. Lembre-se que os brasileiros são barulhentos, exagerados, informais, não pensam muito antes de falar e não esperam que as pessoas levem a serio as bobagem que dizem.

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentários.
Os crimes mais greves no Japão seriam homicídios.
Matar as pessoas pelo dinheiro, matar seus próprios pais por causa do ódio,matar suas colegas da escola por causa do bullying são exemplos, entre os outros.
Nesses casos,quem cometeu crimes pode receber pena de morte no Japão.
;)

Leia disse...

Acho que os japoneses deveriam aprender a lidar melhor com as críticas, ninguém jamais vai conseguir agradar a todo mundo. Uma renúncia deste político já seria suficiente. Se alguém se sente mal por ter feito alguma coisa errada, o melhor é reconhecer e tentar fazer melhor na próxima vez, até porque ninguém acerta todas as coisas na vida. Todos cometem erros, mas bola pra frente e cabeça erguida. Espero que o povo japonês consiga se livrar desta maneira de lidar com o fracasso, o suicídio, e aprenda que os dias ruins também passam, como tudo na vida. Abraços, curto muito seu blog, mesmo sem nunca ter comentado!!

Iruka disse...

Acho que a gente consegue ser melhor a cada dia através das críticas.Sabendo separar as construtivas com as destrutivas logicamente.
Quanto ao suicídio do político japonês ou dos 30 mil que ocorrem todos os anos no Japão acredito que falta mais apoio da família,amigos e da escola.Tendo uma base forte desde cedo há menos chances de sucumbir por qualquer erro.

patricia oliveira Alves disse...

olá! faço parte do terceiro grupo :( mas sempre acompanho seu blog. Peço desculpas pela falta de educação de alguns brasileiros e gostaria que você não pensasse que todos são assim. Obrigada por mostrar seu ponto de vista sobre nossa sociedade e por nos mostrar um pouco sobre a cultura do seu País.

yukipoa disse...

Muito obrigado pelos comentários.
Eu agradeço tanto leitores que costumam deixar comentário quanto leitores que deixaram comentários pela primeira vez neste post.
Com certeza,eu agradeço todos os leitores que acompanham este blog.
;)

Cleverton disse...

Então, sou um leitor do terceiro grupo, e, sinceramente, te apoio de todo o coração.

DeMorais disse...

Yuki, descobri o seu blog há pouco tempo. Quando procurava por blogs de estrangeiros que falam sobre o Brasil. Acho que você está de parabéns pela qualidade de sua expressão em Português e pela maneira sincera e polida que escreve.
Já escrevi um post sobre a "internet ser o melhor lugar para fazer inimigos anônimos". Essa agressividade manifestada em alguns comentários é reflexo da sensação de impunidade que a internet dá aos seus autores.
Quanto ao "incêndio" de blogs e a cobrança de atitudes dos políticos e celebridades, acho válidos, desde que não sejam ofensivos e nem anônimos. Os políticos por serem representantes do povo e as celebridades pelo peso que suas opiniões têm sobre o público em geral.

sasori disse...

falar sobre um assunto e conseguir a aprovação de todos é impossível,a contrariedade é muito valida para o crescimento do ser humano se houvesse concordância em tudo o mundo seria muito chato e não chegaria a se desenvolver

Cromagnon disse...

No caso do bullying porque seria tão errado matar os opressores? Homicídio neste caso acho super justo!
As vezes no brasil tem casos de vitimas que acabam matando os praticantes de bullying e eu se tivesse sofrido isso faria o mesmo hehehehehe

Gleyson Pimenta disse...

Eu faço parte um pouco do grupo 1 e 2. Muitas vezes do 2. Mas fiz questão de vir aqui e agradecer pelo excelente trabalho que tem feito, em mostrar a cultura japonesas para os brasileiros interessados. No nosso trabalho sempre haverá pessoas que criticam/ discordam. Mas não se deixe levar por isso. Continue seguindo e agradando aqueles que realmente são interessados. A sua iniciativa em criar o blog foi muito boa. E estou muito feliz por saber tanta coisa interessante. Meus parabéns. Vamos seguir!!

Lu disse...

Leio sempre o seu blog e os assuntos abordados são interessantes. Comento muito pouco...tentarei ser mais participativa, ok.
Não sei muito sobre o comportamento da sociedade japonesa, mas já li que se uma pessoa envolve em algum tipo de incidente ( não precisa ser grave) que a sociedade passa a rejeitar essa pessoa e sua família. Em consequência, essa pessoa e os seus familiares poderão ter dificuldades em conseguir um trabalho ou até mesmo para alugar um imóvel.
Creio que o que mais amedronta as pessoas é essa rejeição, pois não basta apenas ser punido de acordo com a Lei, mas a punição subjacente que o meio social a impõe.
Hoje, com a mídia eletrônica essa rejeição pode alcançar proporções muito maiores como ocorreu com o político japonês.
Talvez o motivo tenha sido um tanto banal, mas as consequências foram muito além do que ele imaginou no contexto da sociedade japonesa.
Yuki, continue com o blog, nem pense em parar!

Leandro Schuquel Alves disse...

Seu blog É MUITO BOM ainda mais se tratando do japão ;) espero que nunca acabe! Abraços

Anônimo disse...

Eu nunca incendiei meu blog, (Pois eu nunca tive um blog mesmo :risos:) mais eu me lembro que tinha uma Usuária do youtube fechou sua própria conta no Youtube, Mais por quê ela fez isso?, Simples, por causa que ela fez uma ''Brincadeirinha'' Que chegou a ser séria, pois ela fez video agradencendo a Deus pelo terremoto no Japão e então ela recebeu muitos comentários de ódio e até mesmo recebia ameaças de morte então ela fechou a conta dela e ela respondeu dizendo que ela só estava fazendo uma brincadeira e admitiu ser atéia.

As vezes devemos que tomar cuidado ao fazer Brincadeiras.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics