quarta-feira, 19 de junho de 2013

Os pobres são privilegiados pelos panoramas lindos no Brasil!?

  Ao caro leitor

  Graças ao um dos meus trabalhos, eu tenho oportunidades de ir às favelas ou vilas bem carentes.Nesses dias, eu fui conhecer o morro mais famoso pelo tráficos de drogas aqui em Porto Alegre.

  O que eu às vezes vejo nessas vilas é o panorama muito lindo, pois as vilas ficam em cima do morro.No entanto, essa paisagem é um privilégio para os ricos nos outros paises normalmente.


  O Brasil é um país gigante.Portanto,há terrenos de sobra.Contudo, quando as pessoas determinam lugares para morarem, elas escolhem uma área plana perto do rio ou do mar, já que assim é mais fácil de conseguir água potável que é indispensável para sua sobrevivência, através da instalação dos esgotos.

  A cidade vai se desenvolvendo em torno desta região determinada pelos primeiros habitantes.Os pobres oriundos dos interiores acabam ocupando os terrenos ilegalmente na perferia das cidades, porque eles não têm dinheiro para comprar um terreno caro perto do centro.Aí eles resolvem morar nas áreas inclinados como morro,que ninguem quer morar.

  Quando eu fui visitar Cristo Redentor no Rio de Janeiro pela primeira vez há 15 anos, eu me surpreendi com casas bem precárias construidas ao longo da trilha,no qual a bonde levava turistas até o topo do morro.Como é que as pessoas conseguem viver num lugar tão inclinada?Eu pensei assim na ocasião.


  Caso a prefeitura do Rio de Janeiro não tomar nenhuma medida, muitas turistas estrangeiras inclusive os japoneses ficarão assustados com as extremas pobrezas expostas aos todas as truistas do mundo no ponto turístico tão famoso como Cristo Redentor tanto na Copa do mundo em 2014 quanto no Jogos Olímpicos em 2016, o que prejudicaria a imagem do Brasil.

  No morro que eu conheci desta vez, havia muitos jovens nas ruas.Era um bairro completamente diferente do bairro que eu costumo ver no dia a dia.Talvez seja aquela cena que os japoneses assistem na TV quando o programa trata de favelas no Brasil.

  O que passa sobre o Brasil na TV japonesa é sobre carnaval, Amazonas,futebol, praias lindas do Rio de Janeiro e favelas....Tudo isso faz com que os japoneses criam uma imagem preconceituosa sobre o Brasil, como eu já tratei num post.

  No entanto, mesmo depois que o Brasil se tornou sexto maior economia do mundo, o pior é que continua existindo dois mundos completamente distintos no Brasil, o que faz com que compromete a segurança pública.

  Parece igual ao mundo do anime Shingeki no Kyojin que eu já tratei num post.Os ricos estão vivendo bem sacrificando os pobres.As pessoas que devoram e as pessoas que vão ser devorados.Para nossa tristeza, isso ocorre entre os seres humanos, não entre seres humanos e titãs.


  Alguns brasileiros falavam o seguinte. ”As pessoas das vilas descem do morro no dia de passe livre na ocasião como eleição e vacinação.” É o governo brasileiro que precisa acabar com isso, através das medidas corretas.Não devemos viver sentido medos

  Por outro lado, ninguém consegue ocupar um terreno ilegalmente no Japão, já que o espaço é bem limitado e os governos japoneses sempre registravam todos os terrenos, seja em nome da pessoa física, seja em nome do governo ao longo da história japonesa.Se alguem tentar invadir um terreno, essa pessoa vai ser retirada do local pela força.

  Como eu já relatei várias vezes neste blog, as diferenças sociais estão cada vez mais no Japão.Portanto, alguns pobres pousam nos Cyber café e outras acabam ocupando lugares públicos tais como parque ou embaixo dos pontes, construindo casa feita de papelão em Tóquio.Não tem como construir uma favela num morro nem na preferia da cidade.Como tem muitos terremotos no Japão, essas casas vão ser destruidas com muita facilidade.


  No período Edo, havia um tipo de cidade construida em torno do castelo, o que se chamava de Jyoka Machi ( 城下町 ). Normalmente, o castelo onde o governador da província residia ficava no topo do morro. Assim, o governador podia enxergar a cidade inteira do topo do seu castelo e se sentia como Deus olhando cidadão que está na área inferior.

  Como eu já tratei num post, a moda no Japão é morar num apartamento muito alto chamado de TowerManshion.Quanto mais andar alto, mais caro apartamento fica.Porque quem mora nos andares altos têm previlégios de ver panorama muito mais lindo.


  Depois do terremoto e tsunami em 2011, a venda deste tipo de apartamento despencou radicalmente.Contudo, com o passar do tempo, a procura vem recuperando.Muitos japoneses estão correndo atrás para compras dos apartamentos novos, pois eles querem comprá-los antes que os juros para financiamento aumentem devido à expectativa de crescimento econômico do Japão.Aliás, dizem que muitos chineses e estrangeiros ricos de países asiáticos também estão comprando imóveis em Tóquio como investimento.

  Sendo assim, no Japão, os lugares altos vão ser ocupados pelos ricos, inclusive os estrangeiros ricos.Quem é pobre precisa viver no lugar baixo,humildemente.É uma sociedade que representa hierarquia pelas alturas que as pessoas moram.

  Que horror !!!

  “Qual andar você mora?” seria uma pergunta ofensiva no futuro próximo.

  Pensando assim, os brasileiros fazem contrário em algumas regiões das cidades.Aliás, tomar morros pelos pobres parece uma revolução contra sociedade capitalista. É uma das características peculiares do Brasil na minha opinião.

  ;)

Comentários
10 Comentários

10 comentários:

Lari disse...

Interessante seu ponto de vista! :)
Aqui no Brasil, em edifícios, o andar mais alto também é o mais caro, assim como no Japão.
As casas de gente mais rica são em lugares baixos, porque, como você disse, foi perto de lá que se originou a cidade e geralmente todo o centro comercial fica lá. E todo mundo quer morar perto do centro (fácil de ir pra qualquer lugar que se queira, como mercados, shopping, tudo). Isso é tão importante quanto morar perto do metrô no Japão!
Só algumas coisas:
- água 'potável', é o nome de água que é adequada para beber;
- 'papelão' é o nome que se dá em português ao 'papel duro', geralmente usado para embalar produtos.

Sobre a Copa, eu acho que infelizmente os estrangeiros vão se deparar com essa pobreza quando visitarem o Brasil. Porque é muito difícil acabar de repente com isso.

Yuki-san, você está acompanhando os protestos que estão acontecendo no Brasil agora? O que acha sobre isso? :)

yukipoa disse...

Obrigado pelas correções.
Eu já corrigi.
Em geral, eu sou favor dos protestos, pois às vezes precisa disso para direcionar o país.
;)

Anônimo disse...

ja tinha notado isso quando viajei para o exterior, não só no japão mas em vários países os morros geralmente era locais da classe mais privilegiada.
nos estados unidos os morros são ocupados por mansões dos ricos.

no brasil os pobres pegaram os morros primeiro e agora não é possível expulsá-los de lá porq são muitos.

Tayzun Yamato disse...

Infelizmente oque e bonito para os estrangeiros talvez não seja para os brasileiro. Tudo bem talvez a paisagem seja bonita, em sí o unico então que esta bom. Isto um pouco intrigante, pois se você ver por outro lado a paisagem e horrivel do interior dessas pequenas casinhas, os tetos as vezes são feitos com telhas velhas e furadas ou com papelões, não há o saneamento basíco, sem contar que o espaço muito apertado, e as vezes moram + de 5 pessoas em casinhas como essas ou cabanas. E inevitavel que as pessoas que vem para o Brasil a companhar a Copa das Confederações e posteriormente a Copa do Mundo não fiquem surpresos com a pobreza. O Brasil não tinha a minima condição de sediar essa Copa do Mundo, mesmo assim o fez. Existe muitas dessas comunidades em morros altos, muitos constroem suas casas em locais de riscos, pois alguns morros representam alto grau de ameaça a desmoronamento das moradias no caso de enchentes, ou chuva forte, a terra começa a separar-se ocasionando deslizamentos que podem levar as casas abaixo literalmente pois de fato caem morro abaixo como já houve varias tragedias com relação a isso. Entretanto em alguns casos como no Rio de Janeiro, foram construidas em morros que não representam riscos como estes, por não serem tão altos como outros. Conserteza talvez sejam belas as paisagens das comunidades carentes em sí, entretanto seria como apreciar aspectos da pobreza em um país de forma parcial eu receio a dizer ao mesmo tempo isso e comovente ae que esta, oque se diz a respeito da sensibilidade a arte isso inclui as paisagens belas em sí porem com valores sentimentais comoventes. Talvez em outros países como Japão não existam cenarios como esse não só pelo fato do governo restringir a posse de terrenos sem autorização, tambem o cenario com relação a qualidade de vida não propicia isso receio a dizer que mesmo nos paises altamente desenvolvidos talvez existam uma pequenina parcela de individuos abaixo da zona de pobreza extrema que vivem de esmola, em baixo de pontes, nas ruas, dormindo em bancos de praças em rolados com panos velhos ou papeis de jornais, papelões enfim. Mas talvez esse seja de fato o contraste elegante diferenciado com relação as diferenças e os aspectos das classes sociais. Os lugares altos tendem a ser na maioria das vezes destinadas a pessoas ricas da alta classe, enquanto num país como o Brasil uma pequena parte da população constroem suas moradias nos altos dos morros. O governo do Brasil já realizou a tomada de terras ilegais em alguns casos como quando há um terreno cujo pertence a uma companhia ou há uma empresa e precisam das terras para construção de novos estabelecimentos ou fins comerciais e instriais.

Tayzun Yamato disse...

Evitarei cometer posteriores erros ortograficos nas proximas vezes que comentar desculpa os inumeros erros eeeeeeeeeeeeeeeeee até a proxima postagem(mal exemplo para min mesmo haha)...

Iruka disse...

Isso tudo acontece por falta de planejamento,fiscalização e punição.
Aqui em Brasília,muitas mansões foram construídas em área proibida e privilegiada,mas como nunca foram fiscalizadas ou pertencem a pessoas "poderosas" fica por isso mesmo.Há muitas invasões de famílias humildes também,muitos bairros se formaram assim,sem esgoto e sem infraestrutura.O antigo governador doou muitos terrenos para famílias de outros estados justamente para ganhar votos.

Maicon disse...

Mesmo aqui no Brasil tem lugares que as regiões altas são mais ocupadas pelas classes mais abastadas. Ao lado da minha cidade, tem uma cidade de colonização predominantemente alemã, e se você quer ver casas lindas é só subir os morros da cidade. É uma coisa provavelmente cultural na organização das cidades...

ImpMontezuma disse...

Interessante seu ponto de vista... Mas eu acho que o motivo disso aqui no Brasil é bem simples... A principio, seria proibido construir alguma coisa nos morros, seja por motivos ambientais ou motivos de segurança... O povão q faz as favelas... Escolhe construir as casas lá porque é o local mais próximo da zona de interesse deles, o centro da cidade, que é o local onde existe mais dinheiro. E naturalmente que esse povo não ta muito preocupado se a zona é de risco ou se eles estão prejudicando o meio ambiente (isso é uma questão cultural, que eu imagino que seja diferente no Japão)... E o governo... seja por incompetência... ou peso na consciência... não toma as medidas adequadas para evitar que algo seja construido la... E no final.. acontece o que você viu. PS: Não sei se alguém já disse exatamente isso.. fiquei com preguiça de ler o comentário dos outros XD

Anônimo disse...

FAVELADO É UMA RACINHA MALDITA !!!



RICO PRA CACETE

Cris disse...

Bom, quando os colonizadores vieram ao país preferiram construir perto da praia e parece que o costume ficou.
Brasileiro prefere morar próximo a praia ou do centro da cidade que em morros.
Acho que a segurança acaba pesando bastante nesta decisão já que morros oferecem riscos de desabamentos.

As favelas se criaram nos morros, pois eram terrenos abandonados e desprezados pela minoria rica. Dificil elimina-las, pois surge 3 novas familias para cada familia que o governo consegue dar uma casa propria para morarem em outro lugar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics