sábado, 12 de novembro de 2016

Depois que eu trabalhei no consulado do Japão durante 10 anos...!?

  Ao caro leitor

  Eu trabalhava no consulado do Japão até abril deste ano.

  Não tenho muito certeza, mas eu trabalhei lá durante 10 anos mais ou menos no total.

  Eu era encarregado do programa APC.


  Já ouviu falar o programa APC do governo japonês!??

  APC é abreviação de Assistência a Projetos Comunitários e de Segurança Humana.

  O programa APC proporciona assistência financeira não-reembolsável a organizações não-governamentais (ONGs), hospitais, estabelecimentos de ensino fundamental e outras organizações sem fins lucrativos, a fim de auxiliar na implementação de seus projetos de desenvolvimento.

  O valor máximo por projeto era de 100 mil dólares americanos (10 milhões de ienes ).

  Quem quiser mais detalhe, pode saber sobre APC pelo seguinte link.

  Durante 10 anos em que eu estive lá no consulado, eu encaminhei mais de 60 projetos para o governo japonês junto com os cônsules que eram meus chefes e todos foram aprovados.

  Graças ao este trabalho, eu consegui conhecer o Brasil melhor em diversos setores.

  • Como é que funciona SUS no Brasil??
  • Como é o sistema educacional no Brasil??
  • Que tipo de trabalho ONG no Brasil está realizando para complementar o que falta na sociedade brasileira???

  Como precisava conhecer as organizações antes de encaminhar quaisquer projetos para o governo japonês, eu já visitei dezenas hospitais, prefeituras, escolas públicas e tudo mais. E eu entrei até em várias favelas, já que a grande maioria dos ONGs estava no meio das vilas..

  Eu já conversei com governador, vários prefeitos, dezenas de secretarias de educação ou de saúde, dezenas de presidentes da ONGs, entre as outras autoridades.

  Tudo isso ajudou para eu conhecer o Brasil melhor.

  Quem é leitor do meu blog talvez tenha percebido que eu tivesse trabalhado na área social, já que eu tratava muito de assuntos sociais tais como SUS, sistema educacional do Brasil, comparando com os mesmos do Japão.

  Eu às vezes ficava indignado com algumas coisas e ficava admirada com outras coisas. Tudo isso me dava vontade de escrever os posts ao respeito na época.

  Este trabalho foi muito gratificante, e eu me sentia bem, já que eu sempre fui agradecido pelas pessoas que receberam benefícios. No final das contas, os projetos atendiam às demandas da comunidade carente de qualquer maneira.

  Contudo, eu confesso que me deu a vontade de questionar sobre o significado deste programa, principalmente no ano 2011, quando aconteceu grande terremoto do Leste do Japão.

  Além de ter muitas vítimas japonesas, havia muitos japoneses desabrigados, devido ao desastre. Eles precisavam de ajudas mesmas por parte do governo japonês mais do que ninguém.

  Entretanto, o governo japonês mantinha APC e ajudava as pessoas dos outros países??? Poderia ter cancelado APC pelo menos dois ou três anos até que consiga recuperar os lugares atingidos pelo incidente...

  Antes de mais nada, o governo japonês precisava salvar seu povo em vez de salvar os povos dos outros países!!

  O Brasil é um dos primeiros países que pode congelar os projetos de APC por tempo indeterminado. 

  Aliás, aproveitando a ocasião, pode até deixar de atender o país através dos projetos de APC.

  Sabe por que eu acho assim?

  Porque o Brasil é um dos pais mais rico do mundo.


  Quem disse o Brasil é de terceiro mundo???

  Quem acha isso é só brasileiro. As pessoas do mundo inteiro acham que o Brasil é rico, e o país do primeiro mundo, pelo menos conforme PIB nominal.

  O problema do Brasil é a distribuição da renda.

  Por qual motivo o Japão precisa ajudar o Brasil, que só tem cara de “pobre”????

  Se o Brasil tem problema de distribuição de renda na sociedade, quem tem que resolver isso é próprio brasileiro mesmo.

  Caso o Japão meter nisso, isso será interferência nos assuntos internos, na verdade.

  Só que quem veio para consulado em busca da ajuda sempre me dizia os seguintes.

  “O nosso governo local não atende à nossa solicitação.” Ou “Nós não temos orçamento para executar esse projeto.”

  Tudo bem.

  Só que você sabe que o Japão é um dos países mais endividado do mundo????

  Eu sei que o Japão ajuda os outros países em desenvolvimento tanto para ajudar esses países quanto para ter estrangeiros que se simpatizam com o Japão no exterior.

  Entretanto, o Japão precisa saber escolher os países para ajudar.

  O que você acha???

  ;)

Comentários
5 Comentários

5 comentários:

Tanuki disse...

Pensava a mesma coisa na época da tragédia de 2011 em Fukushima. Tanta gente, já idosa, que poderia aproveitar o restante da vida sossegada agora tem que viver em abrigos, longe de suas vilas. Pessoas que possuíam casas espaçosas agora vivem espremidas em containers, com o passado levado pelo tsunami.Quando vou ao Japão me beneficio do rail pass, do tax free,etc...mas sinceramente, acho injusto.Minhas amigas japonesas mal conhecem o Japão por causa do preço do shinkansen. Por que turista pode pagar menos que todos os outros cidadãos?Aliás, no Brasil, acontece o inverso.Estrangeiro paga mais caro em alguns ingressos de parques nacionais.Japão investe errado e muito mal. Bolsas de estudos por exemplo, poderia muito bem contemplar estudantes japoneses para que eles permaneçam no país e colaborem com o progresso.

Jesiel disse...

Não adianta apenas falar de PIB. Tem que falar de PIB per capta, ou seja, a distribuição de PIB pela população. De acordo com a lista (Lista de países por PIB nominal per capita) Brasil está na posição de 70º em PIB per capta com 8,670 dólares por pessoa enquanto o Japão está em 24º com 32,486 por pessoa. Há de lembrar que o Brasil tem uma população de 200 milhões de pessoas (a França tem 66 milhões), então não adianta só falar do PIB tem que ver também como fica o PIB se dividido pela população. Quando se trata assim se vê que o Brasil é um país pobre sim.

Anônimo disse...

Olá yuki, antes de falar do post estava aqui pensando que vc deveria investir mais no seu canal do YouTube, ja existe vários canais de estrangeiros que falam em português de seus países de origem e suas experiências no Brasil por exemplo: o canal amigo gringo que fala de nova york, o canal o alemão que fala da alemanha, o pulando muralha que fala da china, entre tantos outros, tem de quase todos países ate Rússia tem, mas não existe nenhum canal de japonês, todos os canais falando do Japão são basicamente de brasileiros que moram no Japão, mas isso e completamente diferente dos outros porq nos outros vc encontra verdadeiro cidadão daquele país mostrando seu ponto de vista, sinto que essa vaga que falta poderia ser sua, se vc investice mais nele, como por exemplo tira aquela voz de google tratudor e mostrar seu rosto entre outras coisas.

Em relação a seu post eu discordo bastante do fato de o Brasil ser rico porque o Brasil tem a população grande então é natural que seu pib seja alto, isso acontece com a india também, e mesmo assim a Índia tem muita pobreza apesar do pib alto, todavia vc tem razão num ponto, o governo japonês deveria gastar mais consigo mesmo, todavia é importante lembrar que o Brasil também presta ajuda a outros países através do exército que em alguns países constroem Até hospitais.

Vc vai trabalhar de que agora yuki? Desejo sorte!

Anônimo disse...

Parece que as pessoas não entenderam que o problema não é o PIB alto ou baixo e nem PIB Per capita. O PROBLEMA É A MÁ DISTRIBUIÇÃO DE RENDA e isso foi destacado no texto.
Mesmo que o PIB Per capita tenha sido de R$37.500,00 por ano pra cada brasileiro em 2013, não significa que cada brasileiro tenha recebido isso. Entretanto, para um país que tinha R$37.500,00 de PIB Per capita, dá a certeza que o Brasil não é um país pobre e sim, desigual. Sob este ponto de vista, o Japão teoricamente nem precisaria oferecer ajuda. Quem deveria oferecer ajuda era a minoria rica deste país mas esquece, eles estão preocupados com a Lava-jato...

Anônimo disse...

sinceramente eu acho que tudo envolve interesses,e sendo assim acho que
se o Japao "ajuda"o Brasil eh pq quer algo em troca. Ninguem faz nada pq eh bonzinho...ate as ongs ganham. Existem pessoas boas sim e sem interesse pessoal mas sao uma parcela minima. Muita inocencia achar que seria pura bondade da parte do governo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics