quinta-feira, 28 de abril de 2016

Qual é a diferença entre japonesa e brasileira!?

  Ao caro leitor

  Um dos alunos meus foi para Japão junto com sua esposa no ano retrasado.

  Eles fizeram amizades com alguns japoneses durante essa viagem. Mesmo após viagem, eles mantiveram contato com alguns através do Facebook.


  E as duas japonesas desses amigos vieram para Porto Alegre no início de abril para viajarem pelo Estado Rio Grande do Sul, Uruguai e Argentina junto com o meu aluno e a esposa.

  Na última segunda-feira, o último dia para voltar para Japão,  eu tive chance de ter jantar com essas duas japonesas junto com outro aluno meu no restaurante japonês, aqui em Porto Alegre.

  Nessa ocasião, eu notei um comportamento peculiar, ou melhor, uma gentileza que eu posso ver só nas japonesas, mas que jamais não consegui ver nos comportamentos das brasileiras.

  Você pode imaginar o que é?

  Eu vou lhe explicar.

  O restaurante japonês ofereceu chá verde para nos como brinde antes de solicitar nossos pedidos de pratos.

  Ao longo do nosso jantar, nós tomávamos chá verde pouco a pouco e as xícaras de alguns estavam vazias ou quase vazias.

  Ao notar isso, elas colocaram chá verde em algumas xícaras das pessoas através do bule de chá com sua própria vontade.

  Essas japonesas são enfermeiras e as ambas têm 27 anos.

  Como eu já ouvia falar que não há mais esse tipo de consideração ( 気遣い、きづかい  ) nos jovens de gerações novas, eu fiquei admirado com isso.

  Que bom que esse consideração ainda sobrevive na geração mais nova no Japão!?

  Claro que as brasileiras em geral são gentis, simpáticas e carinhosas e algumas recebem as pessoas com respeito.

  No entanto, eu nunca vi um tipo de consideração como essa nos comportamentos das brasileiras, infelizmente.

  Talvez muitos leitores brasileiros devam achar isso como machismo japonês ou algo pior do que isso.

  E talvez tenham razão do ponto de vista de ocidentais.

  Porém, por que as japonesas são tão procuradas e populares nos exteriores, enquanto os japoneses têm baiíssima popularidade nos exteriores!?

  No final das contas, os homens ocidentais também gostam deste tipo de consideração, não é?

  Uma dela vai para Inglaterra e outra também pretende ir para um país cuja língua oficial é inglês, logo depois que elas voltarem ao Japão.

  Espero que elas não esqueçam essa consideração tradicional, o que é muito valorizada até no exterior, mesmo morando no exterior há muitos anos.

  ;)

Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Nandoskenned disse...

Isso não é machismo, você tem razão em dizer que ocidentais também gostariam desse tipo de gentileza. No entanto, esse detalhe em específico não é muito relevante pros brasileiros pq pra início de conversa não costumamos tomar chá. geralmente quando se recebe visita na casa temos o costume de servir a visita enquanto ela estiver lá, mas se saímos para algum lugar dificilmente faríamos isso.

Letícia Bernardino disse...

Ué eu sempre pensava que fosse algo cultural dos japoneses servirem as outras pessoas da mesa antes de se servirem '-'
Não vejo como machismo, vejo como gentileza.

amanda disse...

Acho que e algo cultural, japoneses que conheci sao dotados de uma enorme delicadesa e suavidade.

porem por exemplo, eu nao serviria alguem com copo vazio pois acho que estaria me intrometendo. Afinal, se alguem quer se servir, pode pedir por ele mesmo e ficar perguntando e tentando servir os outros pode deixar as pessoas sem graca. Enfim.... apenas costumes diferentes.

Anônimo disse...

Espera, vamos esclarecer. Se as japonesAs servem e os japonesEs não, ou seja, as mulheres do japão serveme e os homens não, isso é um problema do japão porque neste caso significa um machismo de lá (mulheres devem ser gentis e vcs acham isso bonito e homens não) isso é uma coisa, e isto nada tem a ver com o que aconteceu no restaurante aqui no brasil.
No Brasil não se serve outros em local público a não ser que este outro tenha alguma dificuldade em se servir ou peça. Por exemplo, se é uma pessoa idosa e voc~e percebe que esta pessoa não se serve sozinha ou te pede ajuda é claro que você deve servi-la, agora, se é uma pessoal qu enão precisa de ajuda e você serve esta pessoa voc~e está sendo intrometido, está querendo que ela tome o chá porque você quer servi-la, é como se estivesse obrigando ela a encher novamente, entendeu?
Já nas casas dos bresileiros, aí sim, independente do sexo, é bom deixar isso bem claro, o anfitrião/anfitriã, ou seja, os donos da casa sempre podem ou não servir os visitantes e aí sim é uma gentileza. Mas normalmente nós perguntamos se a pessoa aceita mais, por exemplo: "aceita mais chá?" pra não correr o risco de encher o copo da pessoa e ela ser obrigada a tormar, porque se ela aceitar e não tomar daí é descortesia da pessoa com o dono da casa que a recebe.
entendeu? espero ter te ajudado com um pouco da nossa cultura.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics