terça-feira, 26 de abril de 2016

Você é a favor da introdução de estudo de programação na escola!?

  Ao caro leitor

  Segundo a seguintenotícia, o governo japonês está pensando em obrigar todos os alunos do ensino fundamental no Japão estudarem a programação a partir de 2020.

  Será que isso vai dar certo?


  Eu sei que o governo japonês está visando desenvolver seu país investindo nos recursos humanos de qualquer jeito, já que não tem nada de recursos naturais no Japão.

  No entanto, eu sou contra o estudo de coisa tão prática como programação no ensino fundamental.

  Por que nem todos os alunos têm talentos para programação e quem não consegue se acompanhar matéria deve se sentir fracassado na escola.

  Eu digo isso porque eu era “bom” exemplo disso.

  Eu entrei numa empresa de software apesar de ter me formado em Letras. E eu estudei linguagem C e Unix na empresa durante primeiros dois meses de treinamento, junto com 20 colegas.

  Entretanto, como eu não consegui compreender a programação mesmo estudando bastante em casa, eu me demiti em 6 meses, prevendo que eu não terei nenhum futuro bom seguindo essa carreira.E acho que eu fiz escolha certa.

  A meu ver, eu não vejo a necessidade de tantos programadores no Japão. E eu questiono em relação à iniciativa tomada por parte do governo.

  Claro que eu admito que a programação é uma habilidade indispensável para você se destacar no mercado. E quem tem talento na área de programação deve e vai melhorar o mundo tanto como inovador quanto como empreendedor no século 21.

  Então, a aposta tomada pelo governo japonês não está errada. A parte que eu não posso concordar com esse plano ambicioso do governo é o início de estudo de programação no ensino fundamental.

  Eu imagino que os alunos do ensino fundamental devem estudar apenas conceitos básicos de programação. Mesmo assim, eu acho que o início de estudo da programação a partir do ensino médio não será tarde demais. Por que quem é realmente talentoso começa a estudar programação mais cedo por conta própria.

  O governo japonês tem que investir mais nos estudos de matérias básicas, o que será fundamento para quaisquer áreas de estudos no futuro.

  Fazem 5 anos que o estudo de inglês passou a ser matéria obrigatória a partir de quinto ano do ensino fundamental no Japão, baseado na justificativa de que todos os japoneses precisam saber inglês para que eles consigam se destacar no mercado global.

  No entanto, eu nunca li nenhuns comentários de que os japoneses sabem falar inglês melhor do que antes, infelizmente.

  A propósito, o governo brasileiro está tomando algumas medidas para melhorar a educação no Brasil, penando no desenvolvimento do país ao longo prazo?

  Não está discutindo só sobre cotas raciais nas universidades federais e ENEM por acaso,ne?

  ;(

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Anônimo disse...

governo pensando no desenvolvimento nacional a longo prazo? hahahahaha não existe isso no brasil

Gabriela Pinheiro disse...

Aqui no Brasil, ter o básico de INGLÊS E ESPANHOL no ensino médio já é obrigatório à algum tempo. mas por experiência própria, o que ensinam não serve para nada!.
O inglês não passa do Verbo TO BE e o espanhol não sai do " hola que tal? como te llamas?" é apenas faixada. e ainda no ENEM colocam textos grandes em inglês e espanhol como se fosse possível entender, apenas com esse nível ridículo que passam nas escolas ... eu particularmente consigo entender os textos do ENEM por que já fiz curso de inglês e vejo séries legendadas... mas posso garantir que utilizando apenas o inglês de ensino médio das escolas públicas é impossível entender o inglês do EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO ...ironia né?!

Já em relação a programação, creio que é como aprender uma nova língua: Quanto mais cedo aprender, menos complicado parece. eu por exemplo sofri horrores com programação na engenharia (reprovei 2x e resolvi deixa-la para o final) pois pra mim parece muito mais complicada do que calculo, fisica, algebra.... é uma lógica que não consigo enxergar ou melhor, entendo muito bem até chegar em estruturas de repetição que dá um nó na cabeça.

Enfim para uma mente já "formada" é difícil entender outra lógica de pensamento ..alem de que, É muito pouco tempo para aprender uma nova linguagem (apenas um semestre).. já com as crianças tem-se a infância inteira para trabalhar com a lógica de programação...aos poucos se tornariam ótimos programadores, naturalmente se tornariam melhores nas tomadas de decisão e na capacidade de resolver problemas.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics