sexta-feira, 12 de julho de 2013

Você quer trabalhar até 65 anos!?

  Ao caro leitor

  Você quer trabalhar até 65 anos?

  Eu imagino que a maioria dos brasileiros responderia “Não”. Aliás, os japoneses também responderiam “Não” , mesmo que eles gostam tanto de trabalhar.

  Contudo,pelo jeito,os japoneses são obrigados a trabalhar até 65 anos,caso queiram levar uma vida decente.


  No ano passado, a legislação trabalhista destinado para funcionários mais velhos foi modificada.Segundo a nova legislação, as empresas precisam continuar a empregar todos os funcionários acima de 60 anos que querem trabalhar até 65 anos.

  Esta regra ainda não é obrigação para as empresas japonesas,já que não gera multa por descumprimento deste lei.Mesmo assim, o governo está alertando que divulgará os nomes das empresas que não cumpriram este pedido pelo governo.

  Não é dever, mas tem que cumprir....Que papo é esse?

  Até há pouco tempo, logo que os funcionários se aposentavam aos 60 anos, eles recebiam aposentadorias integrais no Japão.

  Entretanto, o governo precisou atrasar a idade inicial para recebimento de aposentadoria gradativamente, de 60 anos para 65 anos, devido à mudança radical da proporção entre contribuintes e aposentados na população japonesa.

  Isso quer dizer que, mesmo que você se aposente aos 60 anos, você precisará sobreviver durante 5 anos sem aposentadoria, até que começa a receber aposentadoria integral aos 65 anos.É um erro fatal que o governo japonês cometeu em relação à previdência social.


  Para resolver esse período no qual “aposentados” aos 60 anos não recebem suas aposentadorias, o governo japonês “mandou ( solicitou )” as empresas privadas ajudarem a resolver o problema sob a ameaça de que o governo ia divulgar os nomes das empresas que não atenderam sua “solicitação”.

  O povo brasileiro acha que o governo brasileiro é “sem vergonha”. No entanto, não é só governo brasileiro que não tem responsabilidade para essas coisas. Infelizmente o governo japonês também é “Cara de pau” .

  Eu imagino que tem mil motivos para o governo japonês tomar essa medida e compreendo a situação complicada.Porém, é difícil imaginar que não tinha ninguém prevendo o que está acontecendo agora há 30 anos atrás.

  Acho que o governo de um país deve implantar diversos sistemas prevendo a sociedade de 50 anos depois,no mínimo.Não adiantaria implantar um sistema pensando só nos próximos 5 ou 10 anos.”Quebra galho” serve só para quebrar galho mesmo.Isso jamais será solução.


  A grande maioria dos japoneses começa a trabalhar aos 22 anos, logo depois que se formar na universidade, e se aposenta aos 65 anos.Ou seja, um japonês comum precisará trabalhar durante 43 anos.Como a expectativa média de vida para homem é de 79 anos, um aposentado vive recebendo aposentadoria durante 14 anos.No caso da mulher, ela viverá recebendo aposentadoria durante 21 anos.

  A meu ver, a idade inicial para recebimento de aposentadoria vai se mudar para 70 anos, daqui a 20 anos.Sendo assim, como a expectativa média de vida não vai aumentar daqui para frente, um homem comum precisará trabalhar durante 48 anos para receber aposentadoria durante 9 anos!!!

  É um “bom” negócio que todo mundo quer,ne?

  Hoje em dia, muitas pessoas acima de 65 anos aparecem muito mais novas comparando com as mesmas de 30 anos atrás e talvez eles tenham condições de trabalhar sem nenhum problema.


  Trabalhar por prazer na idade avançada faz bem para essas pessoas sem dúvida.Contudo, trabalhar para sobreviver é outra história.Se ele ficar doente por ter trabalhado tanto,ele poderá morrer sem receber o tratamento devido,na pior das hipóteses.

  Pessoalmente eu gostaria de trabalhar o mais tempo possível, até quando a sociedade quer meu serviço,pois eu fico feliz em saber se eu posso contribuir alguma coisa para sociedade.Contudo,caso eu fique doente,eu quero me aposentar mais cedo.

  O presente previdência social foi criado em 1961. A propósito,até então, como os japoneses conseguiam sobreviver depois que eles se aposentaram?

  Segue a figura na qual mostra a mudança de expectativa média de vida.


  Para grande surpresa, a expectativa média de vida para homem em 1898 era de 42.80 anos!!Bah!!Se eu vivesse naquela época, a minha vida já estaria bem no reta final.Eu estaria preste a morrer.

  Como o índice de fatalidade na idade infantil era muito alto na época, isso fazia com que caísse a expectativa média de vida.Por isso, eu imagino que quem conseguiu chegar a maioridade vivia até 60 anos por aí tranquilamente.

  Entretanto, eu imagino que não tinha nada de previdência social na época.Então, como os idosos daquela época conseguiam passar vidas de terceira idade sem aposentadoria?

  Eu acredito que eles contavam com as ajudas dos seus filhos.Era único jeito de um idoso sobreviver na época.Por isso mesmo, eles tentavam ter mais filhos possíveis, já que filhos garantiam suas sobrevivência na velhice.

 
  Se não me engano,meus avôs tinham 8,9 irmãos.Meus pais têm 3,4 irmãos.Estes fatos estão comprovando minha teoria em relação à “previdência social” no passado.

  Pensando assim, eu me dou conta de como é importante construir uma família no século 21.Contudo, o mundo está indo para direção errada.As pessoas estão sendo cada vez mais individualista e ninguém quer compromisso com ninguém.

  Contar com só o “sistema” criado pelo governo para nossa terceira idade é um risco muito grande, já que o sistema no Japão está preste a quebrar.Eu imagino que nenhum aposentado ficaria sem aposentadoria.Porém, alguma geração tem que pagar caro na hora de trocar sistema pelo outro novo.

  Por isso mesmo, além de contar com o sistema do governo, nós precisamos contar com a “previdência familiar” também.Para tanto,nós devemos fortalecer laços familiares trocando afetos e carinhos entre pais e filhos, como nossos antecessores sempre faziam.

  Nós achamos que a sociedade está desenvolvendo cada vez mais.Porém, infelizmente nós estamos regredindo em algumas áreas.Nós precisamos trazer aquela sociedade mais humana de volta.O que você acha?

  ;)


Comentários
9 Comentários

9 comentários:

androp disse...

Yuki muito instrutivo seu site, sempre trazendo informações interessantes.

Gostaria que você nos conte se há algum amparo social a população mais carente japonesa. Vocês assimilaram o capitalismo norte americano, mas quanto ao amparo social? Já que o Ministro Taro Aso afirmou que os idosos devem se apressar para morrer.

Um abraço

Anônimo disse...

eu ja imaginava q um problema assim estivesse acontecendo depois q vi q um politico no japão falou q os velhos deveria morrer logo

Anônimo disse...

Eu acho engraçado nos filmes medievais, aparece vários tiozão, uns velhinhos. Na verdade nessa época a sociedade era composto por jovens, devido a grande taxa de mortalidade, seja nas batalhas, em doenças e etc..

Filipe disse...

Boa noite.

Mais um excelente texto, muito informativo, bem construído e rico em conteúdo.

Como o senhor mencionou em outro post, sou de um grupo que lê mas não comenta, mas as vezes, me sinto quase que na obrigação de comentar para agradecer e parabenizar pelo trabalho nesse incrível blog.

Obrigado.

Alvaro Tavares disse...

Concordo contigo, Yuki. Eu adoraria trabalhar o máximo possível, principalmente em algo que me faça feliz. Mas também não dá pra ser escravo do sistema. A situação do Japão é complicada, não dá pra pra incentivar os japoneses a terem muitos filhos, porque a grande população seria outro problema, nem dá pra diminuir a expectativa de vida. A solução mais natural é aumentar o tempo de trabalho mesmo, que é o que o governo está fazendo. Outra coisa que poderia ser feita é a emigração, talvez.

Tayzun Yamato disse...

No Brasil as pessoas geralmente se aposentam ate os 60 anos. E muito mais serviço prestado a sociedade do que recebemos quando não podermos oferecer mais a ela. Interessantíssimo!

Luiz Carlos Guimarães disse...

Olá

Assim como você, gostaria de poder trabalhar o máximo possível, principalmente se conseguir virar professor.

Espero que não se importe com meu comentário, mas o certo seria Previdência Social, e não providência.

E na frase:

"Aliás, nem os japoneses responderiam “Não” também [...]"

Também há um equívoco. Nesse caso, em português, seguimos a regra matemática de multiplicação e divisão, por assim dizer. Sendo essa: dois negativos formam um positivo. Do jeito que você respondeu, a impressão que fica é que os japoneses responderiam sim à pergunta, ou seja, eles querem trabalhar até essa idade.

Para dar o sentido de que eles não gostariam de trabalhar até essa idade, um jeito seria escrevendo tirando o "nem": "Aliás, os japoneses responderiam 'não' também" ou mudando o "Não" para "sim": Aliás, nem os japoneses responderiam 'Sim'".

Espero ter ajudado.

yukipoa disse...

Oi,Luiz!
Muito obrigado pelas correções.
Você tem toda razão.
Eu já corrigi.
;)

Luiz Carlos Guimarães disse...

Imagina, não há de quê. Estudando japonês, eu gosto quando me corrigem porque assim posso melhorar meus textos, mas infelizmente não sei o suficiente para criar um blog ainda.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics