domingo, 30 de julho de 2017

CROSS GAME

  Ao caro leitor

  Hoje eu gostaria de lhe apresentar um bom anime.

  Eis CROSS GAME.


  Eu gostei tanto desse anime que acabei assistindo uns 50 episódios em semanas nesses dias.

  O anime trata de crescimento de “três personagens” principais desde criança até o fim do colégio.

  Kou é um menino qualquer, cujo pai é o dono de loja em que trata de produtos relacionados aos esportes.

  Wakaba é a namorada do Kou que mora por perto. Ela acha que Kou tem talento para beisebol e pretende se casar com Kou no futuro. Contudo, ela morre num acidente aos 11 anos.

  Aoba é a irmã da Wakaba e ela adora jogar beisebol mesmo sendo menina. Ela sempre não se da bem com Kou, mas.....

  Um pouco antes de entrar no colégio, Kou começa a jogar beisebol e mostrou seu talento surpreendente.

  Então, ao longo de 3 anos no colégio, ele se dedica ao beisebol para poder ir ao Koushien, onde se realiza os jogos entre as equipes representativas das províncias, o que era sonho da Wakaba.

  Para falar a verdade, ganhar no campeonato regional para poder ir ao Koshien é um sonho e tanto para qualquer menino japonês.

  Porque, antes de mais nada, todos os jogos vão ser transmitidos aos vivos no Japão inteiro. Ou seja, você poderá se aparecer na TV.

  E caso você se destacar no Koshien,  você pode se contratado como jogador profissional por algum equipe profissional após sua formação!!

  Pelo menos até aos 11 anos, eu jogava só beisebol com os meus amigos após aulas na escola. Quem jogava beisebol bem era considerado como herói na época.

  Só que, quando super campeões ficou popular entre os amigos, a situação mudou completamente.

  A grande maioria dos meus amigos começou a jogar futebol em vez de beisebol.

  Mesmo assim, eu assistia jogos de beisebol realizados em Koshien na Televisão até aos 18 anos por aí.

  E posso lhe afirmar que beisebol é tão popular quanto futebol no Japão até agora.

  O autor deste anime CROSS GAME é Mitsuru Adachi, que é famosíssimo por outro anime de beisebol chamado de TOUCH.

  Eu prefiro TOUCH ao CROSSO GAME.

  Eu sei que a grande maioria dos brasileiros nem sabe como jogar beisebol e nem tem paixão por este esporte exótico.

  No entanto, acredito que você pode curtir a história mesmo sem saber regras do jogo e entenderá quanto importante Koshien é para os japoneses.

  Atividades esportivas ou culturais nos colégios representam juventudes de japonês. E há alguns que dedicam só aos estudo no colégio.

  A meu ver, os brasileiros não fazem atividades esportivas nem culturais e nem estudam tanto para passar no vestibular. Parece que eles não têm juventudes produtivas...

  Que pena.

  Não temos como recuperar o tempo de volta depois. Devemos aproveitar a cada momento da nossa vida de melhor maneira possível.

  ;)

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Anônimo disse...

Juventude no brasil é completamente vazia...funk, sexo e drogas.

Anônimo disse...

Acho que a maioria dos brasileiros não iria considerar passar o dia todo na escola como algo a ser chamado de ''aproveita a vida'', por fala nisso as poucas escolas onde o aluno passa o dia na escola é comum nesses lugares os estudantes desistirem de estudar pr sempre.
Eu na época de escola até que gostava de fica 5 ou 6 horas lá, mais que isso acho um exagero, pois no brasil não se pratica muito esporte como no japão, isso significa que o aluno passa a maior parte do tempo sentado numa cadeira, isso é uma tortura.
por esse motivo acho melhor fica fora da escola depois de 5 horas lá, assim na época que eu era estudante eu tinha tempo de ir na casa dos meus amigos solta papagaio, andar de bicicleta, e jogar bola ou video game.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics