domingo, 3 de março de 2013

Você sabe quanto Mangás de esporte são influentes no Japão!?


  Ao caro leitor

  Você gosta de ler Mangá?

  Por incrível que pareça,muitos Mangás de esportes contribuem tanto para a divulgação do esporte quanto para o aumento da popularidade do esporte no Japão!!

  Hoje eu gostaria de lhe apresentar grandes Mangás de esportes.


Tsurikichi Sanpei (1973-1983)
Takao Yaguchi

  O protagonista Sanpei é um menino comum de 11 anos que gosta de pescar. Só que ele é muito bom em pescar e ele consegue pescar peixes raros e especiais com seu talento mesmo com dificuldades.
  Há anime para este Mangá. Aliás, eu o assistia todas as semanas, pois era muito bom de assistí-lo. Além de conhecer as espécies novas de peixes, eu consegia aprender muitas coisas sobre a natureza e a atitude dele de não desistir de pescar peixe cobiçada.
  Eu acredito que muitos brasileiros não o conhecem, pois é meio antigo. Entretanto, eu lhe recomendo este Mangá de qualidade altíssima. Vale a pena conhecé-lo!!

Super Campeões (1981-1988)
Yoichi Takahashi

  Talvez não precise explicar sobre este Mangá, pois a grande maioria o sabe. Eu também já apresentei Super Campeões neste blog várias vezes.
  Este Mangá contribuiu para a divulgação e a popularidade do futebol no Japão. Eu acredito que este Mangá fez com que adiantasse o início da liga profissional de futebol no Japão.
  Aliás, muitos jogadores famosos, inclusive jogadores brasileiros, declaram que eram fãs deste Mangá e foram influenciados por ele.

Attack No 1 (1968-1970,1976-1977)
Chikako Urano

  Este Mangá trata voleibol e é destinado para meninas. Ou seja, é Shojyo Mangá.
  Diferente dos outros Mangás que eu estou lhe apresentando neste post, pode-se dizer que surgiu este Manga devido a popularidade do esporte e o bom reslutado (medalha de outro) da seleção feminina de voleibol no jogo de olimpíada de 1964, realizada em tóquio.
  Enfim, o Mangá descrevia esforços e desafios por personagens femininas da equipe de voleibol. Eu acredito que muitas meninas recuperaram a vontade de jogar lendo este Mangá.
  Como o anime deste Manga passava na TV, eu assisia este anime em casa na minha infância,apesar de ser homem.

Tetsuya Chiba

  É o Mangá de golfe. Eu acredito que muitos jovens japoneses devem ter começado a jogar golfe graças a este Mangá.
  O protagonista, Taiyo Mukai, é um adolescente que tem só 15 anos. Praticando golfe todos os dias no campo de treinamento, ele consegiu passar no exame para ser jogador profissional com a menor idade da história de golfe no Japão.
  Depois que ele se tornou jogador profissional de golfe, ele participa de vários campeonatos e enfrentam jogadores veteranos e espertos. Ao longo das participações desses campeonatos, ele se cresce tanto como uma pessoa quanto como jogador profissional.
  Diferente dos protagonistas dos outros Mangás, ele não tem talento extraordinário. Portanto, ele perde nos campeonatos várias vezes. Entretanto, ele tenta vencer os outros jogadores com as técnicas desenvolvidas, frutos dos muitos esforços.
  Foi muito bom ler este Mangá. Porque eu aprendi como resolver os problemas na hora de enfrentar um desafio difícil.

F (1986-1992)
Noboru Rokuda

  É o Mangá de automobilismo. O protagonista,Gunma Akagi,procura ser piloto de formula 1, começando pela categoria base F3.
  Gunma é impaciente,espontâneo,bravo e livre. Só que ele é capaz de dirigir carro mais rápido do que qualquer pessoa. O clichê que ele sempre diz é "Eu não deixo alguém correr em frente de mim!"
  Ele é o filho de um pai rico e influente, Souichiro Akagi. No entanto, a mãe dele era a amante do Soichiro. Portanto,Gunma sempre se revoltava contra o pai dele apesar de ter admiração para ele no fundo do coração.
  Como este Mangá estava sendo publicado bem na época em que Ayrton Senna se destacava bem na formula 1 e tinha popularidade entre os japoneses, este Mangá também fez grande sucesso. Aliás, um personagem bem parecido com Senna aparecia no Mangá.

Musashi no Ken (1981-1985)
Motoka Murakami

  É o Mangá de Kendo. O protagonista, Musashi, começa a praticar Kendo aos 3 anos, por influência dos pais que praticavam Kendo.
  O pai dele, Eiichirou, fez partida com Kunihiko Todou que era veterano na época da universidade, no campeonato nacional.Ele derrotou seu ex-veterano e se tornou campeão. Entretanto, logo depois da partida, ele faleceu por causa do golpe fatal que Kunihiko tinha dado para Eiichirou.Kunihiko tinha um filho chamado Syura, que também praticava Kendo que nem Musashi.
  Então,superando o falecimento do pai, Musashi decidiu ser campeão nacional de Kendo, tratando Syura de mesma idade como o maior rival dele. E realmente essa rivalidade entre duas personagens segue ao longo da vida deles no Mangá.
  Quando eu conheci este Mangá, eu já tinha começado a praticar Kendo. Porém, depois que eu o conheci, eu treinei Kendo mais motivado, principalmente quando eu enfrentava a situação difícil ou rival mais forte. Este Mangá me incentivou a treinar mais duro para eu ser samurai mais forte.

Slam Dunk (1990-1996)
Takehiko Inoue

  Talvez não precise explicar sobre este Mangá, pois todo mundo sabe. É o melhor  Mangá de basquetebol que existe.
  Que pena que o autor decidiu terminar o Mangá no meio da história. Muitos leitores queriam que continuasse este Manga pelo menos até que terminar o campeonato que o equipe do protagonista participava.
  Este Mangá era tão influente que despencou a venda de revista de manga Jump logo depois que terminou Slam Dunk, como eu já tratei sobre isso num post.
  Quem nunca leu este Mangá ou assistiu anime deve conhecer esta obra.

Ashita no Joe (1968-1973)
Tetsuya Chiba

  O protagonista Joe é um jovem mal comportado no início da história. No entanto, depois que ele encontrou com o treinador Danpei e começou a treinar boxe com ele, Joe vai crescer como pessoa à media que ele ia lutando como boxeador profissional. Aliás, principalmente depois que ele achou o rival Rikiishi, ele começou a treinar com afinco para derrotá-lo.
  Quando Joe derrotou Rikiishi na partida, Rikiishi morreu no momento em que eles iam pegar mãoes do outro. A cena era tão chocante e emocional que acabou fazendo com que os fãs realizassem o funeral dele na vida real lamentando a perda de grande personagem do Mangá.
  Um Mangá extremamente sensacional!!

Kyojin no Hoshi (1966-1971)
Ikki Kajiwara

  Talvez o futebol é esporte mais popular no Japão hoje em dia. No entanto, beisebol era o esporte mais popular no Japão durante muito tempo e ainda é.
  Por isso mesmo, há muitos Mangás que tratam de beisebol no Japão. Não é fácil escolher um Mangá de beisebol entre muitas Mangás de alta qualidade. Só que Kyojin no Hoshi é o pioneiro neste gênero e um Mangá que deu grande impacto para povo japonês.
  Como já é antigo,eu nunca li Mangá original. Eu assisti anime de Kyojin no Hoshi, pois passava na TV várias vezes quando criança. O protagonista, Hiyuma Hoshi, joga bola com efeito especial no Mangá. Eu e meus amigos imitavamos ele ao jogar beisebol, mas nunca conseguimos!!

YAWARA (1986-1993)
Naoki urasawa

  A protagonista Yawara Inokuma é uma moça de 16 anos e neta de mestre famoso de judô.Apesar de que Yawara não quer treinar judô, ela tem um dom extraordinário que puxou do seu avô.Portanto,ela é muito forte e o avô treina ela para ela ganhar medalha de ouro no jogo de olimpíada.
  O judô é uma das artes marciais mais praticados pelos japoneses.No entanto,não tinha manga que tratava judô até este Mangá YAWARA.Ainda mais, a protagonista é moça em vez de moço!!
  Na época, na vida real havia uma judoka chamada de Ryoko Tamura que sonhava em ganhar medalha de ouro na categoria mais leve que nem a protagonista deste Mangá.Por isso,Ryoko ganhou apelido de Yawara pegando o nome da protagonista deste Mangá.
  E Ryoko Tamura ganhou a medalha de ouro mesmo!!         

  Eu imagino que não há outro país em que Mangás influenciam as práticas dos esportes pelo povo, exceto o Japão.

  Que bom que os japonesese têm um meio, através do qual eles ficam motivados para praticar aquele esporte de que gostam, mesmo nas situações difícis de superarem graças aos Mangás!!

  Você tem algum Mangá ou Anime que te anima na hora de praticar esporte?

  ;)



Comentários
17 Comentários

17 comentários:

Vívien Patrícia disse...

Nossa, não sabia desta influência dos mangás!!!
Curti muito teu blog e vou acompanhá-lo!
Abraço!

Maryana disse...

Além de Slam Dunk um dos mangás esportivos que eu gosto é Eyeshield 21 também da Shounen jump. Para mim, mangás de esporte além de influenciarem as pessoas a gostarem do esporte ainda as motivam a continuarem dando duro para realizarem os seus sonhos.

Um mangá de baseball também famoso seria o "Touch", não seria?

Haruka disse...

Eu não sei se isso conta, mas eu aprendi a jogar Mahjong graças ao anime Saki. Aliás, tem mangá também, e eu recomendo muito, ambos.
Eu acho que mangá só não influência tanto nos esportes aqui no Brasil porque, bem, os mangás não chegam aqui.

É só ver pegando um exemplo de algo que saiu aqui: TODO mundo conhece super campeões e, como você disse, mesmo jogadores brasileiros assistiram e se inspiraram. Eu acho que se estes mangás chegassem até aqui, com certeza seríamos influenciados.

FernandoSC disse...

Atualmente estou acompanhando um anime de esporte chamado Chihayafuru.

Todo o enredo do jogo é baseado em Karuta, um esporte que eu nunca havia ouvido falar, e achei simplesmente sensacional.

O anime em apreço também possui pitadas de Shoujo, principalmente no que tange ao triângulo amoros entre os personagens principais. Os traços também possuem características Shoujo(como olhos grandes e brilhosos, etc.).

Eu não gosto de mangás Shoujo e triângulos amorosos me irritam, mas o de Chihayafuru é até aceitável.

É incrível como o Japão conseguiu, através de suas poesias históricas, criar um jogo tão difícil e interessante quanto Karuta.

Yuki-sensei, você jogava Karuta no Japão? É verdade que tal nome vem do português Carta? Como isso é possível?

Obrigado.

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário,Fernando.
Eu não conhecia Chiyafuru.
Eu nunca joguei a carta na minha vida.
Gostaria de aprender jogar,pois aprende mais cultura tradicional também.
Sim,Karta tem origem português.Aliás,há muitas palavras cujas origens são de português.

FernandoSC disse...

Yuki-sensei, você deveria assistir o referido anime. Eu mesmo que não gosto muito de Shoujos gostei desse. Ainda consegui aprender um pouco mais sobre a cultura tradicional japonesa (poesias, hakamas, imperadores, etc.). O melhor, é que a trilha sonora é emocionante (mesmo!), é muito boa!

Mas fica a dúvida, porque o Japão que, ao menos antigamente, era uma sociedade tão fechada, absorveria estrangeirismos, mormente quando falamos de um jogo que envolve toda uma tradição clássica nipônica?

Grato.

yukipoa disse...

Obrigado pela pergunta.
Mas,eu não entendi a pergunta.
O mercado japonês era fechado por querer.
O governo da época mandou fechar os portos para paises para conseguir controlar o povo com mais facilidade.
Os japoneses em si sempre gostavam de coisas dos exteriores.
;)

FernandoSC disse...

Sim, você não entendeu a minha pergunta. rs

Resumidamente: Por que o nome de um jogo que envolve cultura tradicional do Japão (karuta) teria um nome derivado da língua portuguesa?

Não fui pesquisar sobre o assunto, mas presumo que o jogo deva ser antigo, e, tendo em vista que no período Tokugawa era proibida a entrada de estrangeiros no país (estou certo?), como houve tal agregação no vocabulário nipônico?

Pensei que o estrangeirismo no Japão fosse algo que somente veio a existir na modernidade, mas talvez esteja enganado.

Grato.

Haruka disse...

Uma pergunta não muito relacionada com o post, mas eu me lembrei por causa do nome Super Campeões: o que você, como japonês, acha da dublagem brasileira de animes? Já teve oportunidade de assistir algum anime que você assistiu o original em japonês e depois em português?

yukipoa disse...

Obrigado pela pergunta,Haruka.
Sim,eu vi super campeões em duas línguas.
Eu estranhei a diferença.
Mas,fazer o que,ne?
A gente sente isso quando manga passa para anime também,pois a voz de alguma personagem é bem diferente do que a gente imaginava.
;)

Anônimo disse...

o q vcs acham dos flanelinhas de porto alegre

Cromagnon disse...

FernandoSC, se não me engano os portugueses foram os primeiros ocidentais a terem grande contato com os japoneses, foram eles também que introduziram o rifle e o cristianismo(curto período de tempo) no japão, consequentemente influenciou no vocabulário.

Já imaginou o japão como um pais católico e sob total influencia do papa? hahahaha seria estranho demais

FernandoSC disse...

Obrigado pela resposta, Cromagnon.

Caramba! Não da mesmo para imaginar o Japão como um país católico. Seria muito estranho, ainda mais considerando que o xintoísmo é a religião predominante la.

Victor disse...

Atualmente estou acompanhando o Kuroko no Basket, mas tenho que ler em inglês pois em português está muito atrasado.

Hikari disse...

Aina tem "Touch"(baseball), "Ace o Nerae!"(tenis), "Prince of Tennis", "Obi wo gyuttone!"(judo)..
Entre os mais novos tem o "Hikaru no Go", eles ensinam muito sobre go (囲碁) e também disseram no próprio manga que acabou influenciando muitos jovens que atualmente são prfissionais. Acho que vale muito a pena ler !

Danilo disse...

OS mangas de esporte não me influenciaram a mudar de esporte(futebol), mais pelo menos me fizeram gostar dos mesmos, ate saber as regras, sim verdade, aprendi as regras por causa dos mangas

Eyeshild 21 - mto engraçado..
Hajime no Ippo - acompanho ate hoje, só acho q o ippo tinha que dar uns pegas na kumi logo
Hikaru no Go - excelente, se bem q não aprendi mto as regras, só o basico do basico
Major - Foi o que mais me fez aprender as regras, (eu li tambem H2), mais eu assistia beseball na espn (sunday nigth), meus amigos e pais me achavam loucos rsrs

A unica coisa que não consigo entender, é a regra do sacrifício,ou algo do genero, que se um time esta ganhando por muito, o jogo acaba no meio, isso não entendi até hoje

Anônimo disse...

Yuri!!! On Ice
Haikyū!!
Yowamushi Pedal

São os animes de esporte que estão em alta neste momento.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics