quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Quais "Drogas" são recomendáveis no Japão!?

  Ao caro leitor 

  Que tipo de "Drogas" você costuma usar no dia a dia?

  Maconha,crack ou paracetamol por acaso?

  Hoje eu gostaria de lhe tratar sobre "Drogas" no Japão.

  No Japão, quem tem carteira nacional de saúde ( 国民健康保険証 ) paga mensalidade todos os meses e paga 30 % do custo real na hora de consulta, inclusive a conta dos remédios.

  Como eu já tratei sobre isso num post neste blog, eu não vou lhe explicar detalhe aqui.

  No entanto, eu só vou lhe informar que este sistema nacional de saúde funcionava perfeitamente até há pouco tempo no Japão.

  Diferente do hospital no Brasil, há setor farmacêutico dentro do hospital no Japão.Ou seja, médicos e farmacêuticos trabalham juntos.

  Geralmente o procedimento de consulta no hospital acontece de seguinte maneira.

  1. O paciente apresenta sua carteira nacional de saúde na recepção.
  2. Ao ser chamado, o paciente vai ser direcionado ao consultório do médico.
  3. O médico consulta o paciente acompanhado de enfermeira.
  4. O médico escreve receita médica e vai levá-la para setor farmceutico do hospital.
  5. Após a consulta,o paciente vai voltar para sala de espera.
  6. Esperando alguns minutos, o paciente vai ser chamado pelo recepcionista para pagar a consuta e remédios.

   
  Deu para entender?

  Você vai sair do hospital com remédios nas suas mãos!!

  Aliás, este remédio é manipulado na hora pelo farmacêutico do hospital.Ou seja, não está vendendo mesmo remédio na farmácia comum.

  Esse remédio sempre funcionou comigo!!

  Quando eu fui ao hospital no Brasil pela primeira vez, eu fiquei perplexo.Porque eu precisava ir até a farmácia para comprar o remédio que o médico receitou.

  Que incoveniência!!

  Eu, doente, foi difícil chegar até o hospital.Ainda precisa procurar farmácia por perto e mostrar receita para farmacêutico.Meu Deus do céu!!

  Eu não entendo por que farmacêutico não trabalha junto com médico no hospital?

  Bom.Quando eu acabei de chegar ao Brasil, como diziam que remédios no Brasil são mais fortes do que remédios no Japão, eu procurava não tomar remédios daqui.

  No entanto, com o passar do tempo, eu não tinha como não tomar remédios daqui, pois acabava remédios que eu trouxe do Japão.

  Hoje em dia a moda no Japão é compram remédios comerciais num tipo de estabelecimento chamado ドラッグストア ( Drag Store ) que vende produtos cotidianos e alimentações além de remédios comerciais.


  Como o mundo muda em pouco tempo!!

  Eu gostaria de lhe recomendar alguns remédios vendidos nas farmácias comuns que os consumidores brasileiros também vão gostar.

正露丸 ( Seirogan )
Nome da empresa
Taiko
Para quem sofre com diarréia como eu, este remédio é recomendável!! O efeito é imediato.
A aparência não é agradável, pois parece cocozinho de coelho. Para piorar, este remédio tem cheiro bem forte.
Porém,funciona rápido!! Vale a pena experimentá-lo!!

キンカン ( Kinkan )
Nome da empresa
Kinkando
Para quem sofre com picadas de mosquito,este remédio é recomendável!! Passando este remédio nas picadas, as partes picadas ficam ardendo e você terá sensação de que está passando coceiras...
Eu não sei porquê. No entanto, os mosquitos adoram meu sangue tanto no Japão e quanto no Brasil.Será que meu sangue é tão doce que acaba conquistando coração de qualquer mulher do mundo, inclusive a do mosquito!!
Enfim, este remédio é indispensável para mim.

バファリン ( Bufferin )
Nome da empresa
Lion
Quando eu ficava com febre, eu sempre tomava este remédio.Pelo menos, quando eu morava no Japão, este remédio consegiu baixar a temeratura alta.
No entanto, como eu já me acostumei com remédios "fortes" no Brasil, talvez não fucione mais comigo....

サロンパス ( Salonpas )
Nome da empresa
Hisamitsu
Na verdade,este produto não é remédio.Você vai colar este produto numa parte do corpo onde você sente こり ( rigidez ). Aí você vai se sentir alívio nos partes coladas.
Com certeza, a massagem ou Shiatsu é muito melhor do que este produto e podem te aliviar. Trata-se de um quebra galho.
Você pode comprar este produto nas farmácias daqui do Brasil!!

太田胃酸 ( Ootaisan )
Nome da empresa
Ootaisan
Este remédio é recomendável para quem bebe bastante.Porque se você tomar este remédio antes de beber, você não vai sofrer com ressaca ou enjôo posteriormente.
Como eu não bebo nenhuma gota de bebida alcoólica, eu não tenho certeza se ele vai funcionar.Entretanto,este remédio é bastante conhecido.

イチジク浣腸 ( Ichijiku Kancho )
Nome da empresa
Ichijiku
Este remédio é bem recomendável para quem sofre com a prisão de ventre.
Bah,Tche!Uma vez aquele lugar meu ficou totalmente entupido e não consegiu fazer "minha obra" de jeito nenhum.Eu sofri muuuuuuuuuuuuuuito.
Aí minha mãe comprou este produto.Apesar de ter muito vergonha de usar este produto, eu inseri este produto líquido naquele lugar meu.Por incrível que pareça, ficou desentupido imediatamente e ficou tudo resolvido!!
Foi aquele momento em que eu senti a maior felicidade na minha vida.
Vale a pena experimentá-lo no último caso.

  E você?

  Tem algum remédio que pode recomendar?

  Eu costumo tomar paracetamol e vicky.

 ;)

Comentários
35 Comentários

35 comentários:

Anônimo disse...

Todo hospital do Brasil tem o farmacêutico hospitalar, que trabalha na farmácia do hospital e que cuida de todos os medicamentos que são dados aos pacientes que estão internados ou na emergência.

E não tem nada haver o nome drogaria com drogas tipo maconha e crack, você não vai achar isso na drogaria.

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário.
Sim.Eu não duvido que há farmacêuticos no hospital.
No entanto, pelo jeito, eles dão medicamento só para internados.
Por que eles não dão remédios para pacientes que vão para casa após a consulta?

Vini disse...

Esse último aí, aqui o pessoal usa um laxante mesmo, tipo lacto purga. Nada de introduzir no orifício anal, aqui isso é mais usado por homossexuais para fazer uma higienização antes de uma relação sexual passiva, apelidado de "xuca". Seria desagradável ver resquícios de fezes em uma reção íntima.

Anônimo disse...

PCC e CV é trafico internacional de drogas

Roberta C disse...

sofro de vários males hehehehe inclusive enxaquecas fortíssimas, principalmente durante meu período menstrual...como estou indo passar um tempo no japão espero realmente que lá eu encontre medicamentos fortes o suficiente para que eu não desmaie de enxaqueca ;)

Anônimo disse...

Olá yukipoa
Já que você tocou no assunto, no começo do post, gostaria de saber como é o tratado o problema das drogas ilegais no Japão?

MillinhaXD disse...

Para dor de barriga eu tomo elixir paregórico...
para dor de cabeça e febre paracetamol ,dipirona, ibuprofeno...
antes e depois de beber para não ter ressaca é só tomar engov...
para prisão de ventre é lacto purga ou activia hahaha
Esse remedinho de enfiar lá também tem aqui, eu me lembro que minha mãe usou em mim qual eu era pequena... Só não lembro o nome

Cromagnon disse...

Eu mal uso remédio, se fico doente só tomo aguá mesmo hahahaha, no máximo lisador conta gotas pra tirar a febre.

Ricardo T. K. disse...

Achei muito útil esse post, pois se alguém passar mal no japão já sabe o que comprar, mas não entendi o que você quis dizer sobre a maconha e o crack, não tem nada a ver com o post, uma sugestão é que vc escreva outro post sobre quais drogas ilícitas são mais consumidas no Japão.
Quando vc disse que "sistema nacional de saúde funcionava perfeitamente até há pouco tempo no Japão", hoje não funciona mais?
deve ser DRUGSTORE,não DRAGSTORE

Anônimo disse...

Aí Ricardo, aqui no Japão tem maconha, cocaína, ópio, êxtase e lsd. Crack eu não sei.. Eu sei q é a maconha mais cara do mundo, uns 60 dólares a g. Tem gente q planta indoor em estufas.

O curioso é q japonês gosta de experimentar pq vê mto filme americano q tem maconha, mas eles não sabem fumar, acaba não prensando. Tipo traga e solta achando q é q nem cigarro e disperdiça o bagulho.

Mariana disse...

Mas vc tem q ver q aqui tem o lance dos remédios genéricos, q em 99 no comando do FHC, quebrou as patentes. Assim qqr laboratório pode fazer os remédios "copiados" sem os gastos de pesquisas e estudos dos efeitos colaterais, tornando os remédios em média 35% mais barato. E agora além do genérico tem o similar.

E depois veio o lance da farmácia popular, q é a redução do preço de remédios considerados essenciais, cerca de 85% mais barato. Eu já comprei, é só cadastrar o Cpf pelo sistema lá da farmácia. E ainda remédio para hipertensão e diabetes são de graça.

Na minha cidade hospitais é mais para caso de emergências, o resto é cuidado pelos postos de saúde que tem espalhado pela cidade, e lá além da consulta vc recebe o remédio de graça. Acho q precisa ter uma carteirinha do SUS, não sei direito pois eu tenho Unimed por causa do trabalho. Mas meu tio pega td lá de remédio, ele tem diabetes e pega insulina e seringas, sei q até distribuem camisinhas e anticoncepcionais de graça.

Minha familia nao tem mto dinheiro, então quando meu pai trabalhava no japão e adoeceu seriamente, ele voltou p/ cá pq no Japão seria muito caro o tratamento e os medicamentos. Aqui fez de graça pelo SUS.

Amanda disse...

Então pelo q eu entendi vc é obrigado a comprar o remédio no hospital? Tipo vc não pode escolher onde comprar é isso?

Se for assim é péssimo não é? Pois não tem concorrência e eles podem por o preço que quiser e você é obrigado a comprar lá, aqui seria proibido, é venda casada. E aqui vc pode escolher em comprar na drogaria q estiver mais barato, gerando concorrência e um preço melhor.

E sempre tem uma drogaria na esquina, principalmente próximo de hospitais e centros médicos.

Anônimo disse...

remedio de podre e um chaziho

Anônimo disse...

O que vocês acham desse negócio de remédio genérico? É mancada o Brasil quebrar a patente e copiar de uma empresa que gastou bastante para desenvolver o remédio? Ou não, já que muitas empresas de fora veio copiar os medicamentos passados por gerações pelos indigenas da Amazônia, sintetizando o princípio ativo e ganhando milhões com isso. É a biopirataria da Amazônia.


Jonas disse...

Além do genérico e do similar, aqui tem a opção de comprar em farmácia de manipulação.

Eu comprei um remédio chamado Legalon (silimarina) para o fígado que custa em torno de 50 reais e mandando manipular saiu por menos de 20.

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentários.
Que eu saiba, os preços dos remédios oferecidos nos hospitais são determinados pelo governo japonês.
Portanto,o paciente não precisa se preocupar com o preço.
Pelo jeito, está começando introduzir remédios genericos no Japão.
Se der certo,o povo pode se beneficiar com isso.
;)

Renato Kunz disse...

Eu sei que no Brasil, há um sistima ilegal em que o médico recebe uma propina de uma industria famaceutica para ficar recomendado certos remédios para seus pacientes. O Brasileiro esta entres os países em que as pessoas mais se automedicam, tem pessoas por aqui que tomam remedio por qualquer dorzinha de cabeça, dor de barriga e refriado, isso não é recomendavel pois existe muita falsificação desses remédios mais simples que são vendidos sem prescrição médica nas farmácias. Tal como Neosaldina,Paracetamol,Dorflex e outros. Por isso não é recomendavel ficar tomando remedios no Brasil para qualquer sintoma simples. Evite isso se possivel.

Anônimo disse...

toma cuidado com pedofilo,pcc e cv no facebook,nao de informaçoes pessoais e nao coloque fotos

Anônimo disse...

Renato, esse negócio de médico ganhar propina, não é bem assim. Eles ganham mimos, amostras grátis, calendário, cesta de final de ano e etc.. Eu acho q eles não ganham dinheiro pq eles não tem o controle. Tenho um amigo médico e ele ganha mta coisa, mas não dinheiro.

O q eu já ví foi de um médico receitar um remédio para farmácia de manipulação e dar junto com a receita um cartão dessa tal farmácia. E qdo o paciente comprar lá, cai no sistema pela receita e o médico ganha uma porcentagem da venda.

Agora se fosse q nem no Japão ia ser pior, o governo iria por o preço q quisesse sem concorrência e ainda iria receber propina para fechar acordo com certas empresas na hora de comprar. E o povo não ia ter opção.

Anônimo disse...

Não existe remédio mais ruim que esse seirogan, aqui chamado de pilulas de creosoto, parece que vai comer enxofre. Japonês é doido mesmo, horrivel o gosto.

Anônimo disse...

Hospitais grandes podem ser assim, mas nos pequenos você pega somente a receita no hospital e vai a farmácia (que sempre fica próxima ao hospital ou clinica).
Os remédios da farmácia são em geral os mesmos que são receitados no hospital/clinica mas em dosagem mais baixa(a substância ativa é igual).
Acho a automedicação muito perigosa, muitos não imaginam o que pode acontecer se misturar certos medicamentos. Se forem de algum tipo que reagem entre si, podem na melhor das hipóteses aniquilar o efeito uma da outra. Acho muito chato ter que ir ao médico toda vez, mas indo, tenho certeza que isso não vai acontecer.
Obs. O Seirogan tem uma versão coberta com uma camada isolante tipo de bala de chocolate, que te permite engolir se sentir o sabor terrível dele.

Anônimo disse...

Na minha opinião faltou o PABURON, tiro e queda contra resfriados e sintomas da gripe. Eu recomendo. Abraços.

Anônimo disse...

"Maconha, crack ou paracetamol.."

Eu prefiro maconha.

Jonas disse...

Existe crack no Japão?

Yukipoa, fale mais sobre as drogas no Japão, obrigado!

Anônimo disse...

"Para quem sofre com diarréia como eu"
"parece cocozinho de coelho"
"Vale a pena experimentá-lo!!"

VC DEVE SER UM PUBLICITÁRIO JAPONÊS QUE FAZ AQUELAS PROPAGANDAS BIZARRASSSSS...

Anônimo disse...

Eu ví uma matéria na tv sobre a yakuza, eles que mandam no tráfico de drogas e prostituição, na matéria falava sobre cocaína e ópio. Mas não aprofundou muito no assunto. Como que funciona? Onde que vende?

Anônimo disse...

Japonês acha que na farmácia vende maconha e crack.. kkkkk

Anônimo disse...

grande bosta aki no japao...vc vai no medico,eles falam q vc ta cm KAZE gripe e te passa remedio e ve se oq acontece e te manda ir depois d 1 ou 2 semanas d novo q ele te passa outro remedio....e se nw melhora manda vc ir em um hospital grande...aki no japao eh facil virar medico....kkkkk´por issu eh td uma bosta...nw vejo a hr d voltar pro brasil

Sandroluc disse...

Yukipoa
Maconha não é uma droga legalizada no Brasil, então ne se pode vender em estabelicimentos farmacêuticos, apesar que tem muito acéfalos querendo que isso aconteça (¬.¬
Eu ultimamente tenho tido muita dor de cabeça, e pra isso faço uso de analgésicos muito comuns, em relação a intestino não faço uso de medicamentos e sim de chá que é muito bom e resolve na hora. Não gosto de ficar me entupindo de produtos industrializados, e costumo colocar no chimarrão algumas ervas medicinais.

PS: Quem manda o Brasil só exportar mulher pelada pro mundo, da nisso.

Mamanechan disse...

はろー
ja vi seu blog a algum tempo, e acho que é a primeira vez que coloco um comentário aqui...
Atualmente moro no japão, e realmente vejo que a farmácia é diferente, hoje em dia, há muitos yakyyokus normais que aceitam a receita (shouhousen), mas realmente os remédios no brasil são mais fáceis de se comprar, um exemplo é o voltaren, muitos tomam para dor de cabeça, tive conhecidos que tem em mãos o de 75 miligramas, e quando meu marido estava com fortes dores devido a uma tendinite, o doutor receitou voltaren de 45 miligramas, e ao falar que não resolveu ele respondeu que não há remedio mais forte para a dor... outra coisa que acho absurdo no brasil é a facilidade de poder ter em mãos antibióticos (抗生物質), que não é recomendado de modo algum tomar sem prescrição médica, pois além de ser um produto forte, se mal usado pode fazer o vírus ter um tipo de imunidade contra ele, necessitando assim um antibiótico cada vez mais forte.
Mas gosto do sistema japones, pois não é mottainai, pois se o tratamento é de quatro dias, recebemos o equivalente a 4 dias, e se for comprar na farmácia brasileira, lembro de comprar uma quantidade estipulada na caixa ou faltava e tinha que comprar duas caixas mas de um modo ou outro é que sempre sobrava muito remédio.
E interessante os remédios que vc indicou, mas o analgésico (itamidome) prefiro o Eve, pois o principio dele é ibuprofeno, que diferente do bufferin, que usa Ácido acetilsalicílico, e pode dar uma leve dor no estômago e causa sono em algumas pessoas. e pro vini... Apesar do kancho parecer ser desagradável, faz menos mal que o lacto purga, pois o que ele faz é ajudar a sair o que está preso, enquanto o purgante passa no estomago e além de fazer sair o toroço, afeta o estomago e as vezes faz sair mais do que deve.

Mamanechan disse...

ah sim, e pro pessoal que fala que no brasil pode até ganhar remédios gratuítos e a consulta ser gratuíta, lembre se que a carga tributária (impostos) é de 5% do preço do produto, enquanto no brasil...
e no japão tem genérico sim, agora similar, eu não tomo, genérico são aqueles que ganharam "reconhecimento" que pode ser usado no lugar do mais caro.

Tassio Bruno F. S. disse...

um dos posts mais engraçados seus q eu ja li. essa do "q incoveniencia" essa do remedio no final, meu Deus, ri de mais.

parabens e continua com seu blog q ele é 10. merecia estar em algum top de blog pq nossa, é sensacional.

aq tem alguns remedios q parecem com esses japoneses. abraços e sorte

Anônimo disse...

Eu usava sempre o EVE para dor de cabeça!!

Anônimo disse...

Sobre os remédios equivalentes aqui no Brasil :
1-Floratil.
2-Caladryl.
3-Dipirona ou Paracetamol.
4-Como você mesmo disse existe Salonpas aqui,mas eu não gosto.
5-Não sei sobre remédio para quem bebe mas deve ter (eu não bebo).
6-Esse remédio que você mencionou aqui é supositório de glicerina,geralmente utilizado em bebes e crianças.
Recomendo 46 almeida prado,1 comprimido antes de dormir.
Repetindo UM! rsrsrsrsrsrsr.
Espero ter ajudado :)
Ass:.Leah

Fer nanda disse...

quando a gente sai do hospital o medico da a receita de remedios para comprar, e se for muito caro pode pegar no posto de saude. assim que e na minha cidade, interior de sp

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics