terça-feira, 16 de outubro de 2012

Qual é a palavra-chave ao decifrar a cultura japonesa!?


  Ao caro leitor

  Você sabe qual é a palavra-chave ao decifrar a cultura japonesa!?

  Quem conhece cultura tradicional deve responder a palavra como Wabi - Sabi.

  Parabéns!! Não está errada.

  No entanto, ao tratar de só a cultura atual, a palavra-chave deve ser 可愛い( KAWAII ), que significa bonitinha em português.

  Não dá para acreditar nisso!? Pois é.


  No entanto, para conseguir vender algum produto em grande quantidade no Japão, antes de mais nada, as empresas japonesas precisam agradar JK ( Jyoshi Kousei : meninas dos colégios ), já que são elas que criam modas no Japão.

  Como elas costumam comprar produtos sob o critério de que é Kawaii ou não, as empresas japonesas precisariam adequar o produto para gostos delas, através da análise de marketing antes do lançamento do produto.

  O bom exemplo disso seria Hello Kity, que você também deve conhecer.

  Hello Kity surgiu como uma personagem inventada pela empresa japonesa chamada Sanrio em 1974 no Japão.


  Graças ao desenho bonitinho de um gatinho, os materiais escolares tais como caderno e estojo que usavam desenho do Hello Kity entraram na moda entre as meninas japonesas. Entretanto, um desenho fixo que não parecia ter sentimento não chegou a conquistar coração da JK.

  Nessa altura de campeonato, a empresa decidiu modificar o desenho original e permitiu movimentos do Hello Kity no desenho e começou a usar a cor de rosa ao invés de cor de vermelha que estava sendo usada até então. Foi aí que Hello Kity ganhou as popularidades entre JK e até conquistou as corações das consumidoras adultas.


  Entrando no seculo 21, a empresa começou a vender o direito do uso da personagem Hello Kity para as empresas nos exteriores, visando crescer ainda mais. Quem o comprou pode modificar o desenho do Hello Kity dentro do limite estabelecido pela empresa e utilizá-lo nos seus produtos.

  Já viste a banda KISS em versão Hello Kity!? 


  Eu dei risada ao olhá-lo pela primeira vez.

  Bom. Ultimamente eu achei uma cantora japonesa que pertenceria nessa categoria KAWAII.

  Eis きゃりーぱみゅぱみゅ( KyaryPamyuPamyu ).Que nome esquisito,ne?

  Eu vou deixar o videoclipe de música recém-lançado embaixo.


  Como você notou no videoclipe, a roupa dela é bem estilo KAWAII que JK adora.

  Infelizmente letra da música não tem grande conteúdo. A música lembra as músicas da banda Perfume, só que é menos electropop. E videoclipe lembra um dos videoclipe feito pela banda Ikimono-gakari.


  De qualquer maneira, o videoclipe é bem elaborado. 

  Será que a música japonesa de estilo KAWAII poderá agradar as pessoas do mundo?

  Nos últimos 5 anos, os cantores coreanos estão tentando ganhar espaço no mundo de música, com danças modernas e músicas de estilo bem americano, como eu já tratei num post neste blog.


  Copiar as coisas que estão dando certo e vendê-las aprimorando é um marketing sábio que dá mais chance de fazer sucesso no ramo.

  No entanto, se todos os países fizerem isso, tudo fica mais ou menos igual.Assim, não vai surgir uma coisa distinta que diferencia dos demais.A diversidade que faz diferença no mundo. Por que precisaria copiar só as coisas americanas?

  Apesar de eu não ser muito fã do estilo Kawaii, eu sou favor de que as empresas japonesas ou os indivíduos japoneses tentam se destacar pelas suas peculiaridades no mundo.

  Porque eu acredito que isso é única maneira para o Japão conseguir sobreviver no mundo,onde capitalismo domina.

  Espero que um dia surge um cantor japonês ou uma cantora japonesa reconhecida mundialmente.
  
  ;)

Comentários
6 Comentários

6 comentários:

André Brandão disse...

Olá!

Costumo escutar muitas músicas japonesas e na minha opinião, existem diversos cantores e bandas de seu país que não deixam nada a desejar para os demais norte-americanos famosos.
Creio que a dificuldade de se ter um reconhecimento mundial, deva-se ao fato da sonoridade em relação ao idioma. O que para mim já não causa estranheza, pois mesmo não sendo descendente, estou acostumado com o "universo japonês", através de filmes, animes, mangás e músicas :).
E pegando a sua deixa no final do post, creio que a cantora que mais se aproximou de ter um reconhecimento internacional (aqui no Brasil), foi a Utada Hikaru, que por várias vezes apareceu na MTV brasuca com seus clipes.
Abraço.

Anônimo disse...

IRASHAIMASE
SEJA BEM VINDO

Cromagnon disse...

Ta ai algo que odeio na cultura japonesa, esse tal estilo "kawai".

Não conheço muito sobre musica mas gosto bastante das trilhas sonoras dos filmes antigos de samurai/yakuza dos anos 60/70, como tokyo nagaremono do diretor seijun suzuki, chegou no ocidente como Tokyo drifter (1966), sempre gosto de escutar aquela musica

Unknown disse...

Acho que a dificuldade da música do japão se espalhar pelo resto mundo é pela diferença da língua e pelo esforço de mostrar o "fofo". Os japônes simplesmente adoram estudantes kawaiis, o que no brasil e no mundo o que predomina é "Sexy" e "adulto". Os estrangeiros veem o kawaii como algo infantil e pedófilo, e na minha sincera opnião, tem muito sentido, rsrsrs.

Moonway disse...

Aproveitando esse tema marketing, kawaii e tudo mais, gostaria de saber sua opinião sobre o grupo AKB48, porque eu estou dividida entre opiniões, e já que eu não penso como japonês, talvez você tenha um ponto de vista diferente. Agradeço =^.^=

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário.
O sistema de AKB48 é fruto da cultura japonesa : sempre competir com os outros.
Nos países ocidentais, jamais daria certo.
;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics