sexta-feira, 29 de junho de 2012

Os japoneses são obrigados a aprender Hip-Hop na escola!?

   Ao caro leitor

  Que tipo de esporte você faz ou fazia na educação física da escola?

  Será que praticava só futebol por acaso?

  Eu já ouvi falar que os alunos brasileiros praticam só futebol na maioria das redes públicas e praticam andebol e voleibol no máximo.

  Eu não sei se é verdade. Contudo, quando eu fiquei sabendo disso pela primeira vez, eu achei o seguinte.

  Se um aluno não gostar do futebol, a aula de educação física na escola será um sofrimento e tanto ao longo da vida escolar dele....

  Hoje eu gostaria de tratar a educação física nas escolas do Japão.


  Diferente das escolas brasileiras, há muitas variedades de esportes nas escolas do Japão.

  Além dos esportes populares mundialmente tais como futebol, voleibol, andebol e basquetebol, os alunos praticam basebol,atletismo,pingue-pongue,queimada e natação na educação física.

  Que eu saiba, as escolas na região norte onde neva bastante realiza até aula de esqui e patinagem no gelo, o que é impossível de realizá-la no Brasil devido à condição climática.


  Quem gosta de cultura japonesa sabe que o Japão é um país de artes marciais,ne?

  Sim, na minha época, nós tinhamos pelo menos aula de judô entre tantas outras artes marciais japoneses tais como Kendo, Caratê, Aikido e Kyudo.


  Gostou da variedade dos esportes na educação física do Japão?

  Eu acho melhor ter mais variedade na educação física, pois assim aumentará as possibilidades de alunos descobrirem seus talentos em alguns esportes.

  Bom. Nesta semana, eu fiquei chocado com uma notícia seguinte em relação à educação física.

  “A partir do ano letivo 2012, os alunos da escola secundária são obrigados a fazer aula de dança e de artes marciais na educação física.”


  Como eu já citei acima, já tinha aula de judô e tinha até aula de Kendo no colégio na minha época. Portanto, a obrigação de fazer aula de artes marciais não é uma surpresa e é bastante compreensível.O que me surpreendeu foi a obrigação de aula de dança.


  A aula de dança é composto de três categorias : dança original, dança folclórica e dança moderna e cada escola pode escolher uma de tres pele seu critério ( 60 % das escolas escolherem dança moderna). O objetivo da aula de dança é aprofundar amizades com seus colegas através da dança com a qual eles podem se expressar seus sentimentos e suas ideias.

  Dizem que relacionamentos entre alunos das escolas secundárias, que corresponderia de 7º ano até 9º ano do ensino fundamental do Brasil, estão cada vez pior no Japão.


  Por isso mesmo, MEXT deve querer melhorar essa situação comprometida através da introdução da aula de dança, ou melhor, dança moderna ( Hip-Hop ), o que MEXT acha extremamente atrativa para alunos jovens de hoje em dia.

  Eu entendo a intenção do MEXT.No entanto, eu não consigo imaginar que a aula de Hip-Hop agradaria todos os alunos e nem sei se consegue obter o resultado que MEXT visa.

  Eu já tratei sobre duas medidas tomadas pelo MEXT neste blog. A primeira era sobre a diminuição de conteúdo das matérias e a segunda era sobre a implantação da aula de inglês a partir de 5º ano no ensino fundamental.

  O primeiro já deu errado e eu acredito que o segundo também não vai dar certo.

  A meu ver, MEXT está completamente perdido e não sabe o que fazer para melhorar o ensino no Japão para que o Japão seja um país competitivo mundialmente.

  Apostar no Hip-Hop??  Será que tinha um fanático de K-POP no governo?

  Diferente do governo brasileiro que não consegue introduzir aula de música na rede pública mesmo estabelecendo pela lei, seja bem seja ruim, o governo japonês é muito eficaz na implantação da nova medida através da ordem pela autoridade, o que é uma característica japonesa tradicionalmente.

  Sim. O governo japonês criou uma qualificação oficial para professor de Hip-Hop......

  No vídeo a seguir, você poderá conferir os professores que estão aprendendo dança moderna para conseguir orientar seus alunos nas escolas posteriormente.


  Eu não sou nada contra a implantação de aula de dança na escola. Só que eu não acho necessidade de implantá-la em todas as redes públicas.

  O que você acha!?

;)


Comentários
18 Comentários

18 comentários:

Pedro de Morais disse...

Hilariante.
Os alunos fazem numa boa, porque essas aulas tem a mesma estrutura de um Taiso, muito comum no Japão, acredito que você já tenha comentado de ter feito em alguma empresa que trabalhava.
Mas eu me negaria a ter essas aulas, já era obrigado a ouvir Funk no ônibus, iria pra escola pra dançar Hip-Hop, só faltava o dever de casa ser Rap!
As minhas aulas de educação física foram as únicas que conseguiram ser mais traumáticas que as de educação artística. A gente não jogava futebol, a professora simplesmente dava uma bola para os alunos e ia tomar café na secretaria.
Como o inverno é rigoroso no Japão, a maioria das escolas deve ter um ginásio coberto, acredito que sejam comuns também aulas de ginástica artística. Assim como também devem ser estimuladas as práticas de esportes de mesa, como xadrez, go, gamão, etc.

Gaby disse...

Na minha escola foi sempre dividido por bimestre, eram os 4: atletismo, handball, basquete e vôlei. Não davam futebol pq todo mundo sabia jogar. E não era só dar a bola p/ os alunos se virarem não, tinha treinos, arremesos, passes, saques e etc..

Só qdo era bem pequeno, não sei até q série q era, q davam pega-pega, queimada, montavam percursos e fazim atividades com música tipo radio taisô. Eu lembro daquela da borboletinha.. tá na casinha, fazendo chocolate p/ a madrinha.. E a criançada ia batendo os braços e andando igual uma borboleta. hahaha.

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentários.
Na verdade, aula de dança ajuda para aumentar mais variedades na educação física.
Só que dança é um esporte que dá muita vergonha para quem não tem vocação para isso como eu.
Isso pode causar bulling entre alunos japoneses em vez de promover amizade.
O professor responsável precisará tomar muito cuidado na hora de orientar alunos.
;)

Cromagnon disse...

Nossa a situação tá tão tensa por lá?
No meu tempo de colegio a uns 8 anos atras era a maior bagunça quase que "cada um por si" tanto no sistema publico quando no particular.
Oque acontecia era assim; Alunos escolhiam oque queriam fazer, uns iam jogar bola outros jogar ping pong e outros jogar basquete, etc mas não tinha ninguem pra te ensinar era apenas jogar mesmo e pronto.

Eduardo disse...

Yuki, achei interessante a medida do hip-hop, NO JAPÃO, pois como você já tinha citado em diversos posts anteriores, os japoneses são muito tímidos e para eles seria uma forma interessante de quebrar a timidez do povo.
Você teria coragem de fazer alguns coaching em que a pessoa tem que fazer uma encenação histérica, ou mesmo fazer a "dança da chuva" em volta de uma fogueira? Após fazer isso minha timidez foi praticamente embora, só faltou o medo dos 1ºs 5 minutos.

Anônimo disse...

Na minha escola é o ano inteiro volei,o professor fica 'boiando' na aula,nem sabemos quem ganhou a partida jogamos para passar tempo

Tom disse...

Com Hip Hop a situação vai pro fundo do poço de vez!Que desgraça!
Que ideia horrorosa!
Essa dancinha chulé, não vai adicionar nada!
Que pobreza!Credo!

Tom

Jenki disse...

Ah,historia da minha vida.....Eu nunca fui muito fan de futebol,entao,eu faltava nos dias dessas aulas.Mas,cara,aula de artes marcias!? Mano,se tivesse isso na minha escola eu NUNCA faltaria!!KKKKK

Anônimo disse...

Blogueiro escreve como se fosse o fim do mundo, fim do mundo era se obrigassem a dançar funk nas escolas.

Anônimo disse...

As escolas das favelas do Rio de Janeiro oferecem cursos de balé, violino, violoncelo, flauta, canto, badminton...
Algumas escolas públicas aqui do Rio têm aulas de capoeira. Os Centros Integrados de Educação Pública (CIEP)têm aula de natação.
Como você pôde ver, hip hop não tem boa imagem aqui xD Quem estuda inglês sabe que muitas músicas têm letras tão vulgares quanto funk carioca, então ninguém quer estudar isso LOL

gabs disse...

Concordo com o que o anônimo disse, Hip Hop tem letras vulgares! E o Brasil já está oferecendo vários cursos gratuitos de vários tipos de atividades esportistas e dança. :D Só são fora das escolas. E a maioria das escolas públicas não tem espaço o suficiente para as essas atividades, e também não tem materiais... fica difícil assim. :\

Pedro de Morais disse...

O Yuki destacou um ponto importe, de que se os mestres não tiver o devido cuidado, podem ocorrer situações de embaraço. Ainda mais no atual estado de sensibilidade do ensino, onde até estudantes na faculdade e professores sofrem bullying. Alunos que dançam mal podem sofrer ridicularização, e o mesmo também pode acontecer a alunos que dançam bem.

Anônimo disse...

festival do jp em sp www.festivaldojapao.com

MillinhaXD disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
dandan disse...

o meu pai é professor de ed. física e eu fui aluna dele, nas aulas a gente escolhia qualquer esporte que nos vinha a cabeça (como a escola era pequena nós fazíamos a ed. fisica num clube), por exemplo, jogávamos taco (não sei se conhecem), dava pra fazer rapel na árvore que tinha lá, basebol, os meninos ja jogaram ate rugbi ). Nos dias de chuva nos podíamos jogar fla-flu ou ping pong dentro da escola, eu me lembro que no recreio sempre tinha briga pela mesa de fla-flu huahauhauhau.
E quem não quisesse fazer ed. fisica, poderia fazer yoga, ginastica localizada, natação, academia, ..., com outros professores ou por meio de clubes.

Até q era bem divertida as aulas...

Bruno L. Rocha disse...

O problema desses cursos serem feitos no Japão, assim como em qualquer outro país do mundo, é o fato de ser obrigatório. Aqui no Brasil, o esporte predominante é o futebol. Mas só jogava quem queria. As garotas não praticavam nenhum esporte ou no máximo jogavam futebol, mas de forma bem descontraída. Eu gostava de jogar volei porque tenho asma e não sou bom para ficar correndo muito tempo, além de não gostar de jogar futebol soar igual cavalo.
Os esporte em que as pessoas que não gostam são obrigadas e participar, ao lado de quem gosta, criará mais "bulling" entre os alunos. E sabemos muito bem que jovens nessa faixa de idade são bem malvados. Eu era chamado de "mulherzinha", "florzinha", "viado", por não gostar de jogar bola. É. risos. Sou brasileiro e não gosto de futebol. Sofri muito com isso.
As medidas do governo sempre atrapalham tudo. Queria saber porque os japoneses abaixam a cabeça para tudo que o governo faz, como se esse fosse o imperador.

Tayzun Yamato disse...

Deve ser por isso que a pouco diversidade dos esportes nas escolas brasileiras, não nos faz tão bom nos jogos olímpicos.

Anônimo disse...

Na minha escola cada criança escolhia o que queria fazer durante 3 meses.Fazia assim cada pessoa colocava o que mas queria fazer na 1ª opção,na 2ª o que não queria fazer tanto e assim por diante ate forma a 4ª opção.
as escolhas eram:
- quadra,o que em geral faziam uma rotação a cada 3 meses entre futebol, basquete handebol e voleibol
- ritmos o que era dança, nós aprendíamos desde funk e hip hop a dança clássica
- tênis de mesa(ping-pong)
- Xadrez
- Natação
- Judô
- Capoeira
- Karatê
Depois de acordo com o numero de pessoas eles abriam as turmas ou não,e se a turma ficasse lotada porque todo mundo colocou por exemplo quadra em 1ª opção iria ocorrer um sorteio até todas as vagas serem preenchidas e quem ficasse de fora ia ser jogado para a 2ª opção e assim por diante.
e é claro as atividades não tinham distinção de sexo todo mundo fazia a aula junto, no máximo dividiam a quadra quando as garotas reclamavam dos meninos,mas na verdade era porque elas não queriam fazer a aula de educação física.
Ass:. Leah

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics