sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Por que as crianças brasileiras não brincam com plastimodelismo!?

  Ao caro leitor

  Quando você era criança, com o que você brincava?

  Jogos eletrônicos, Lego ou Boneca de barbie.

  Tudo bem.Essas coisas não são ruins.

  No entanto, eu gostaria de lhe apresentar um consumo de sonho quando eu era criança.

  Eis Plastimodelismo ( プラモデル ).

  Quando eu era criança, ガンプラ ( Ganpura : Plastimodelismo do Gundam ) estava na moda entre os meninos.


  No bairro onde eu morava havia só uma loja de brinquedo que vendia Ganpura.Como o dono dessa loja vendia os lançamentos dos Ganpura nos sábados à tarde, as crianças dos meus bairros voltavam para as casas correndo com o objetivo de conseguir comprar os Ganpura recem-lançado, logo depois que terminou as aulas nos sábados de manhã.

  Bah!! Parecia uma corrida de competição.Correr 2.5 km até chegar a loja para comprar plastimodelismo não era tarefa fácil.Hoje eu jamais correria....Como eu não era bom corredor, quando eu cheguei na loja, a loja já estava cheio de crianças e foi difícil comprar aquele que queria comprar, pois o ambiente era meio caótico.

  Na época, a minha mesada era de 800 ienes por aí (17 reais).Se eu não me engano, um Ganpura custava a partir de 1200 ienes em média. Ou seja, era um investimento grande para uma criança como eu, pois eu não podia comprar mais nada depois que comprá-lo.


  Infelizmente eu não tinha dom para essas coisas. Eu percebi isso quando eu montei primeiro platimodelismo.

  No entanto, eu comprava Ganpura e tentava montá-lo com a máxima atenção, ora recortando peças de robo, ora lixando partes não cortados, ora colando os peças com a cola especial.


  Como você viu a foto acima, as peças eram de uma cor só. Portanto, precisava pintar antes de montá-las.Foi uma missão extremamente difícil para quem tinha 10, 11 anos.

  No entanto, sempre tinha um menino talentoso na classe.Ele mostrava o Ganpura montado para os amigos com muito orgulho. Normalmente ele recebia admiração dos meninos devida a sua obra de alta qulalidade e se tornava herói da classe mesmo que ele não tire notas boas nas provas.

  Na mesma época, Diorama de Gundam também estava na moda entre os meninos.

  Segundo Wikipédia, Diorama é um modo de apresentação artistica, de maneira muito realista, de cenas da vida real para exposição com finalidades de instrução ou orientação.

  Na Diorama de Gundam, mostrava-se uma cena de anime Gundam que passou na TV.Quem tinha dom artístico fazia Diorama com robos de Gundam montados, como a foto a seguir.


  Como eu nem conseguia montar plastimodelismo, criar Diorama era fora da realidade para mim.Por que eu nasci sem essa vocação!?

  Seja bom, seja ruim, os japoneses são Otaku mesmo. Eles se viciam em alguma coisa e se dedicam nas áreas específicas. Portanto, eles conseguem alcançar o nível muito alto.Quem se viciou em plastimodelismo desde criança, poderá ganhar dinheiro como profissional fazendo diorama de alta qualidade para os museus e outras orgãoes.

  Infelizmente eu não vejo plastimodelismo na loja de brinquedo aqui no Brasil. O que eu vejo é as coisas já montadas ou Lego...Com certeza, Lego é um brinquedo bom para crianças. Porque as crianças podem utilizar suas criatividades na hora de montar as peças, além de ser brinquedo seguro.

  No entanto, há séries de Lego só para montar a coisa determinada de uma personalidade popular.Assim,qualquer pessoa é capaz de montá-la seguindo manual, o que não incentivaria criatividade da criança na minha opinião.


  Acho que montar um plastimodelismo seria uma boa experiência para qualquer criança, independente da sua futura profissão, pois vai aprender como é difícil montar as coisas além de saber a importância de paciência durante o processo da montagem.

  Aliás, eu tenho impressão de que hoje em dia os meninos no Japão também estão montando plastimodelismo cada vez menos, devido a internet e jogos elétricos.

  É uma pena. Porque é essa habilidade extraordinária que vai fazer japonês ou essa pessoa diferente dos outros e eu acredito que é assim que essas pessoas vão poder sobreviver no mercado de trabalho daqui para frente.

  Que tal você comprar um plastimodelismo ao viajar à Japão?

  Não precisa comprar um do Gundam.Pode ser qualquer coisa,pois lá tem tudo que você pode imaginar.Isso talvez mude sua vida.

  Uma das empresas mais reconhecidas no plastimodelismo é Tamiya.Você pode conferir os produtos da Tamiya no site oficial

  ;)

Comentários
13 Comentários

13 comentários:

Ricardo S. Nagasawa disse...

Por que as crianças brasileiras não brincam com plastimodelismo!?
A resposta é bem simples,falta de dinheiro para comprar os modelos,ja vi alguns desses numa loja em São Paulo com um preço absurdo,muita gente vive de salario minimo no Brasil e penso tbm que as pessoas da classe alta não teriam interesse em comprar pois a cultura aqui é bem diferente do nihon.
Morei por 13 anos no Japão e comprei um desses Gundan para montar,infelizmente percebi tambem que não tinha o dom pra aquilo^^kkkk

Keniti disse...

Eu acho absurdamente caro para ser umas pecinhas de plástico que vem num gabarito na mesma cor. Pois afinal você que monta, cola e pinta. As peças vem numa caixa grande e colorido só para agregar valor e parecer caro. Já tive vários da marca Tamiya.

Descordo da parte que você falou que lego não incentiva a criatividade. Eu tive os dois e bastante ainda. O lego você pode desmontar e montar de inúmeras formas diferente e podendo mesclar com outros legos. Agora o plastimodelismo montou uma vez, colou, já era. Fica de enfeite na estante, não dá nem para brincar depois, se mexer muito ele descola.

Anônimo disse...

Eu gostava dos carrinhos de montar da Tamiya ou Kyosho com motorzinho que ia nas pistas. Isso era a maior febre no Japão. Eu tenho vários carrinhos até hoje e coleciono as réplicas dessas que vende pronto.

Eu pegava esses motorzinhos para colocar nos legos, inventava carrinhos. Um tempo atrás fui comprar um presente para meu sobrinho e tinha uns Legos de 500 reais!! Uma Lamborghini amarela, tinha também do Star Wars, coisa de loco.

Lembrei de um sonho de consumo que eu sempre quis e nunca tive. Eu não lembro direito pois eu era bem pequeno. Mas era tipo uns dinossauros de brinquedo, estilo robô, com armas, era enorme, andava, acendia luzes e tudo mais. Era um briquedo caro que só as crianças afortunadas tinham.

Era no estilo Zoids:

http://www.toysnjoys.com/zoids/greatsabre.jpg

Mas era com tiranossauro rex, centrossauro e etc..

Cromagnon disse...

Como disseram o plastimodelismo no brasil sempre foi um hobby extremamente caro, pois além das peças existiam também as tintas certas oque não era nada facil de se achar!
Na verdade o publico sempre foi de maioria adultos, idosos, militares e ex-militares raramente crianças, por isso geralmente oque se via antigamente nas lojas eram replicas de coisas de guerra e tal.

O lego apesar de ser bem caro existiam peças avulsas, você comprava o kit do assunto que você queria e depois pra ter mais era só comprar caixas ou "baldes" com peças de diferentes tamanhos por um preço barato. Outra coisa que acontecia era a troca ou venda de kits usados também.

Particularmente eu sempre achei incrível pessoas que tivessem paciência e pericia pra montar uma peça de plastimodelismo completa!Quando eu era criança ganhei um avião de guerra americano e por mais que eu lesse o manual nunca consegui terminar aquilo hahahahaha...estou pensando em comprar alguns kits e ver se agora adulto eu consigo.

Anônimo disse...

Quando eu era pequeno eu ganhava sempre no natal do meu tio que mora no Japão, acho que ele dava esses plastimodelismo porque ele gostava. Já meus irmão não gostavam e nem tinha paciência para montar. Então eu praticamente ganhava 3 presentes todo ano.

Para o pessoal que não consegue montar, o lance é praticar, os primeiros vão ficar horríveis mesmo. Depois vai pegando o jeito com a cola, a quantidade e etc.. Lembrar de não colar o que não é para colar, tipo dobradiças ou rodinha que tem que girar e não colar ela. kkkk Com o tempo fica craque e dá para arriscar com pinturas personalizadas e até usar o aerógrafo.

Agora Lego era demais, cada um tinha um caixotão com vários legos misturados, uma vez resolvemos juntar todos e contruir algo usando todas as peças. Lembro desse dia até hoje, no final eu e meus irmão crescemos e damos todos os brinquedos para nosso primos menores. Acho que eles fizeram bom uso e se divertiram bastante, mas quer saber? Queria ter guardado muita coisa viu.

Anônimo disse...

so me preocupo com br sou brasileiro

Vish so de pensar nos br que são chingados até a morte pelos seus costumes no exterior kkkkk

Katrash disse...

Eu parei com o modelismo por causa do preço.
Qualquer kit é mais de cem reais.
Mais adesivos, tintas, isolantes,
mais, mais......
E no Brasil..zil..zil.., modelos
de plástico, papel, etc são considerados brinquedos e são cobertos por impostos absurdos.

Anônimo disse...

Gostei do topico!
Sou plastimodelista a mais de 10 anos!
E olha com respeito ao que as pessoas comentaram que e caro isto e tal não concordo!
Pois hoje vc consegue achar kits bons e baratos,por um preço ate que aceitavel.
Falar que plastimodelismo e so coisa militar e envolvendo guerra,nota que a pessoa que comentou isto não conhece o hobby,pois nele voce vai encontrar um pouco de cada coisa!
Em casa mesmo tenho militares e civis.
E falar tambem que e coisa de velho,e de ex militares,muito enganado,pois basta ir numa exposição,que vai encontrar ate mesmo jovens montando e ate crianças!
O Problema maior é a falta de divulgaçao,pois alguns acham que sera dificil montar e se assustam al ver o tanto de peça!
Mas parabens pelo topico.
se vc se interessa por plastimodelismo procure os seguintes foruns:
www.plastibrasil.org
www.webkits.com.br
Pessoal vai ajudar no que for possivel

Anônimo disse...

A idéia do Lego é depois de montar conforme o manual, você desmontar ele e montar do jeito que quiser. O limite é a imaginação, e a quantidade de peças..hahaha. Pode montar um carro com 5 rodas, moto de 3 lugares e etc.. Já o plastimodelismo não.

Eu acho que você nunca teve um Lego, ou vai dizer que você só montava exatamente do jeito que o manual ensinava, então você nunca brincou de Lego.

Polly disse...

Uma forma mais barata de montar brinquedos é o pepakura, mas também não é popular no Brasil :(

Adoro seu blog, parabéns!

Anônimo disse...

Monto plastimodelos desde os 10 anos, hoje tenho 47! Graças ao plastimodelismo me tornei piloto militar e me dediquei ao desenho e pintura. Na década de 70/80 foi febre no Brasil pela marca Revell, mas conforme o videogame apareceu ele foi perdendo força, hoje somente quem tem um parente ou amigo que monte é que ainda se dedica. Lembro que no auge de minha coleção cheguei a ter 70 modelos montados, na maioria aviões ou outros veículos militares, atualmente também gosto de ficção científica, mas nunca montei os "robôs" japoneses.

Anônimo disse...

como Polly ja disse o pepekura ou papercraft ou papelmodelismo ,é uma alternativa mais barata,mas na minha opnião requer um pouco mais de habilidade ,não estou falando em montar figuras pequenas estilizada do bonitinho cubrecraft ,mas no caso de veiculos,aviõe e barcos afinal voce primeiro ,alem de cortar, deve montar peças em 2d e transforma-las em peças 3d ,isso dependendo da escala do modelos o tamanho de algumas peças podem ir do tamanho de uma moeda de 1 real ate o tamanho de uma unha do dedinho do pé.
Mas é otimo pra relaxar e esquecer do tempo,e na rede existe uma grande variedade de modelos e escalas,sejam a venda ou "gratis"

Anônimo disse...

Plastimodelismo é muito divertido, porém aqui no Brasil é muito caro e talvez seja por isso que aqui não é popular, além de que todos (ou quase) são importados. Só fui conhecer esse hobbie ao 17 anos, ou seja, há 6 meses atrás.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics