segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Jogar seus objetos fora para você viver feliz!?

  Ao caro leitor

  Seu quarto está bem arrumadinho?

  Se a resposta for “sim”, você não precisará ler mais este post.

  Caso contrário, talvez este post seja bastante útil para você!!

  Hoje eu gostaria de lhe apresentar um livro japonês que trata sobre como arrumar o quarto.



  Eis “人生がときめく片づけの魔法 ( Magia de arrumação para você ter a vida palpitante )”.

  Este livro foi publicado em dezembro de 2010, e foi 6o livro mais vendido do Japão em 2011, com 1.25 milhões de unidades.

  A autora deste livro chama-se Marie Kondo.

  Depois que ela apresentou o modo de arrumar as coisas no quarto em alguns programas de TV, começou a vender-se o seu livro em grande quantidade.


  No livro explicam-se algumas técnicas, através das quais você pode arrumar e organizar seus objetos com a maior eficiência possível.

  No entanto, antes de aplicar essas técnicas na hora de arrumar o seu quarto, o que autora destaca é a importância de selecionar seus objetos mais importantes.

  Infelizmente nós acabamos comprando as coisas desnecessárias. Mesmo que a gente as adquire com certa determinação, nem sempre as todas não são aproveitadas como deveriam e elas servem só para ocupar espaço.

  O critério que a autora usa na hora de separar os objetos para guardar dos objetos para jogar fora é se sentir ときめき ( palpitação, emoção positiva ) ou não ao pegar os objetos na sua mão. Se não sentir essa sensação, deve jogar fora mesmo que sejam grandes lembranças.


  O objetivo da autora é viver feliz cercado pelos objetos preciosos e úteis, livrando dos objetos desnecessários.

  Eu não sou de gosta de ter as coisas. Pelo contrário, eu procuro viver com menos coisas possíveis, pois os objetos em excesso me estressam.

  Portanto, eu raramente compro roupas e objetos no dia a dia. Mesmo assim, eu acabo acumulando as roupas e objetos no meu armário ao longo da vida.

  Eu não sei número exato de roupas que tenho no meu armário. Porém, eu sei que o número de roupas que eu uso não passa de 10. Ou seja, o resto não faz diferença para mim, pois elas estão lá só para ficarem lá.

  Só que simplesmente essa presença não me incentiva a comprar roupas novas nas lojas, pois não tem espaço para guardar roupas e já têm roupas suficientes para passar o inverno...

  Jogar as coisas ainda aproveitáveis fora nós faz sentirmos muito mal.

  Por isso mesmo, a autora aconselha a pessoa falar a palavra de agradecimento para cada objeto na hora de jogá-los, já que assim pode-se diminuir a sensação de culpa.

  Hoje em dia, há muitos japoneses que não conseguem arrumar seus quartos. O programa de TV japonesa às vezes apresenta quartos bagunçados tanto das celebridades quanto das pessoas comuns.


  Como você viu pelo foto acima, viver num quarto desarrumado não é só previlégio dos homens. Bah!!Como é que uma japonesa tão linda consegue viver num quarto tão desarrumado!? Parecia que ela está vivendo no meio dos lixos!? Eu jamais conseguiria conviver com a mulher assim, por mais que eu goste dela.

  Na verdade, eu também tenho um amigo japonês assim.

  No caso dele, não era só quarto que está muito desarrumado, mas carro também está extremamente bagunçado. Quando eu passiei com ele de carro dele, não tinha onde eu pisar dentro do carro exceto o banco para motorista, além de lixos estarem espalhados por toda parte do carro.

  Eu fiquei sem palavras....Bah! Eu nunca tinha visto nada igual.Pensei que fosse piada de mal gosto....

  Eu não sou pessoa que sabe organizar as coisas. Mesmo assim, gostaria de viver num ambiente organizado e limpo, cercado pelos objetos de que eu gosto.

  Por isso mesmo, inspirado no programa de TV que a autora do livro participou, eu joguei cerca de 20 roupas e meus objetos nesses dias. Assim eu me senti melhor, além de ter conseguido arrumar o meu apartamento melhor.

  Nossa felicidade não aumenta conforme o número dos objetos que nós possuímos.

  O que é mais importante é como utilizá-los no dia a dia.

  E você? Consegue jogar seus objetos para ficar feliz?

  ;)


Comentários
10 Comentários

10 comentários:

Thiago Caldeira disse...

Meu quarto não é bem arrumado, mas não é por excesso de coisas, e sim por que tenho o habito de tirar do lugar e não voltar ele no no lugar certo. Preciso melhorar isso rápido, ter que ficar tirando os livros de cima da cama quando se está com sono é muito ruim.

Anônimo disse...

Não joga fora não!

Eu sempre levo para doar as roupas que não uso mais, assim ajudo outras pessoas.

Não só as roupas, levo também móveis e eletrodomésticos usados que os voluntários vendem e usam esse dinheiro para um asilo perto de casa.

Anônimo disse...

politica brasileira é uma bagunça

Anônimo disse...

A educaçao e cultura brasileira vem dos portugueses,negros,indios e nordestinos.

patricia oliveira Alves disse...

postagem muito interessante, sempre percebi que os japoneses valorizam muito seus quartos e acredito que seja porque é o espaço de privacidade maior. obrigada e continue nos ajudando a conhecer melhor essa cultura tão rica que o Japão tem. :)

Anônimo disse...

JP é organizado por que tem pena de morte e prisao perpetua

Juli disse...

Adorei a matéria! Encontrei seu blog à toa, enquanto lia matérias sobre o Japão em outros sites, e estou realmente adorando-o!

A matéria é muito boa porquê nós paramos para pensar no quanto o consumismo está crescendo cada vez mais... Sei que o Japão é um grande consumidor de vários tipos de produto, como os de beleza e cosméticos por exemplo, mas mesmo assim vocês não parecem tão ligados à bens materiais como nós americanos...

Tenho muita coisa que podia jogar fora... Tenho um violão e uma guitarra, e eles ocupam um quarto do meu armário! E meu quarto já é bem pequeno...

Queria saber se no Japão as pessoas tem costume de doar seus objetos (como roupas, sapatos, eletrodomésticos) que não usam mais para pessoas mais necessitadas... Aqui a gente quase sempre faz isso...

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário.
Os japoneses não tinham costume de doar objetos velhos.
Mas,tinham costume de vender objetos usados.
Tem surgido esse costume de doar as coisas, devido a diferença social, ultimamente.

System of a Down disse...

Bom, no BR seria legal tu doar essas coisas. Afinal tem muitas pessoas sem 1 peça de roupa nova sequer.

Anônimo disse...

yuki, mas você está no brasil agora, por isso tem qeu apredner a doar suas coisas! O que é lixo para um é luxo para outros! você nunca viu mendigos passando frio nas ruas? Então! Aqui no brasil se vc não quer mais dê para alguém que vai ficar super feliz e usar muito (porque precisa de verdade e não tem como comprar!)
Em porto alegre há vários meiso de doar, você pode entregar em qualquer igreja da maioria das religiões, tem o paõ dos pobres, tem o mensageiro da caridade. Digite na busca "doar em porto alegre" ou "aceitamos doações em porto alegre". Na PUC tem a pastoral da caridade e o AVESOL (núcleo de voluntariado) eu era voluntária lá, doa suas coisas não jogue fora!
O muundo agradece quando você faz solidariedade porque gentileza gera amor e paz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics