terça-feira, 29 de março de 2011

Minha experiência sobre grande terremoto do leste do Japãodo Japão



Às 14:46 do dia 11 de março de 2011,ocorreu o maior terremoto nos últimos 100 anos na região nordeste do Japão.

Naquele dia, eu não conseguia dormir bem sem nenhuma razão especial e por acaso me levantei para acessar o site japonês por volta das 4:50 horas da manhã, menos de 2 horas após o terremoto.

Aí eu fiquei sabendo que tinha acontecido o terremoto extremamente grande na região nordeste do Japão, bem próximo do lugar onde meus pais moram. O site já relatava que o grau do terrmoto registrado era de número 6 fraco na parte sul do província Ibaraki onde meus pais moram.

Se não me engano, o grau de terremoto mais forte que eu tive durante 25 anos no Japão era de número 5 fraco. Ou seja, meus pais sofreram um grau mais forte do que eles tiveram na vida deles também.

Como eu fiquei tão preocupado que cheguei a ligar para casa deles pelo Skype.Na primeira tentativa, a ligação estava ocupada e não conseguia conectar. Na segunda tentativa, a caixa eletrónica me informou que a ligação estava congestinado e me aconselhava a ligar mais tarde.

Com isso, eu fiquei ainda mais preocupado e tentei a ligar de novo. Nesta terceira tentativa, consegui falar com meu pai. Ao ouvir a voz do meu pai, fiquei aliviado por saber que meus pais estão vivos.

No telefone, ele contava que nunca tinha sofrido um terremoto tão forte como este na vida dele e relatava que todos os livros cairam para fora do estante e ficaram espalhadas no chão. Mesmo assim, graças a Deus,não chegou a danificar a casa deles.


Depois disso, eu fui trabalhar às 9 horas.Como trabalho numa orgão que representa o Japão em Rio Grande do Sul, divérsos imprensas entraram em contato conosco com o objetivo de fazer entrevistas com o chefe a respeito de terremoto.

Até eu fiz 3 entrevistas para RBS,SBT e Recorde como um japonês cuja família mora na região atingida pelo terremoto. Eu respondi quase mesma coisa para 3 repoteres das 3 emissoras de televisão.
Naquela hora, ainha nem sabiamos que o numero de morte superaria 20 mil e teria problema de vazamento de radiação na usina nuclear.  Por isso, precisava responder às perguntas baseado nas informações imcompletas.

Mas, como eu previ conforme a situação ocorrido no terremoto de Koube em 1995, o número de morte foi aumentando cada vez mais. Como teve tsunami e problema de radiação, tanto o número de morte quanto o danos materiais era imcomparável aos mesmos do terrmoto em Koube.

Assistindo o vídeo filmado sobre tsunami, a gente sente que é uma existência tão vulnerável diante de desastre mesmo com proteções de ponta. As cenas em que as casa e os carros foram derrubados pelas ondas do Tsunami são muito chocantes.

Eu lamento por tudo que aconteceu lá no meu país natal. Sinto muito por pessoas falecidas por causa deste desastre e por pesssoa cujas parentes morreram ou sofreram gravemente.

  As cenas que eu vejo na TV parecem umas cenas após a guerra.Acredito que o Japão está enfrentando o maior crise após a segunda guerra mundial. 

  Entretanto, como os japoneses conseguiram reconsruir prédios e tudo mais há 65 anos atrás, os japoneses vão conseguir recuperar tudo de melhor maneira possível, com proteção bem mais eficiente que é resistível ao terremoto e tsunami como desta vez.

  ;)

 

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Anônimo disse...

Acrdito que o Japão estará reconstruido antes de porto alegre ter um metrô... o que me deixa muito triste.
E me revolta que não estejam comentando tanto sobre o terremoto no Japão quanto comentaram sobre o terremoto no Haiti. A diferença é que o Japão estava preparado, porque se observarmos o desastre japonês tinha um potêncial muito mais destrutivo do que aquele que acontecera no Haiti.

yukipoa disse...

Obrigado pela mensagem.
Se o Brasil tivesse terremoto,destruiria quase todos os prédios.
Mas,em compensação há assaltos,roubos,etc,o que é muito raro lá.
Ou seja, não tem paraiso neste mundo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics