terça-feira, 5 de julho de 2016

O que você acha sobre a idade inicial do eleitor!?

  Ao caro leitor

  Haverá a eleição de Câmara Alta no Japão, no dia 10 de julho de 2016, próximo domingo.

  Você sabia disso?


  O pior é que não há nenhum debate interessante nesta eleição, o que resulta em desinteresse por parte do povo sobre esta eleição.

  A única novidade é a participação dos eleitores mais jovens pela primeira vez.

  Ou seja, a idade mínima do eleitor será mudado de 20 para 18 anos a partir desta eleição conforme a mudança de lei.

  Para minha grande vergonha, eu não sabia disso até agora.

  Dizem que o objetivo desta mudança é ouvir mais as opiniões das gerações novas.

  Como você sabe, o Japão é um dos países mais envelhecidos do mundo.

  Em 2015, as pessoas acima de 65 anos ocupa 26.7 % da população total no Japão.

  O pior é que essas pessoas são a geração que mais vão à urna para fazer votações.

  Em consequência disso, os políticos eleitos graças às votações por parte desses idosos acabam fazendo políticas que favorecem essas gerações mais velhas.

  Então, os pedidos por parte das gerações mais novas tendem a não ser atendidos por causa da “DEMOCRACIA”,  que decide tudo baseado nas opiniões da maioria...

  Será que esta medida nova de diminuir a idade mínima do eleitor para 18 anos pode trazer resultados positivos????

  Eu acho que isso não vai mudar em nada infelizmente.

  Porque os jovens não têm interesse pela política nem um pouco e nem enxergam futuro promissor no Japão.

  Então, eles não acreditam que um voto dele pode mudar o futuro do seu país e a realidade que eles precisam enfrentar nos próximos 60, 70 anos....

  Aliás, eu tenho quase certeza de que bem poucos novos eleitores vão fazer votações nesta eleição, o que surpreenderia e decepcionaria a mídia e o povo japonês.

  Será que tem que obrigar a votação para povo inteiro que nem no Brasil???

  Contudo, eu acho que isso também não vai resolver o problema.

  O mais importante não é o número dos eleitores que fazem votações, mas a qualidade de votações por parte dos eleitores sábios que estão cientes da realidade que o país está enfrentando.

  Nós não devemos votar devido ao sentimento temporal. Sempre precisamos decidir algo com cabeça fria.

  Senão,  pode acontecer algo parecido que houve no Reino Unido...

  ;)

Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Anônimo disse...

No Brasil, o voto é obrigatório mas muita gente não liga e sai pra passear de carro, ou seja, é uma pessoa com posse, portanto grande parte deles não vota no PT.
Se ficasse pra votar, Dilma não teria vencido, pois a diferença foi muito pequena e temos algo chamado Bolsa-família, cujos benefícios e reajustes são feitos em anos eleitorais e atualmente 1/4 da população é beneficiada ou seja, 50 milhões de brasileiros.
Normalmente o Bolsa-família é usado como arma do governo pra ganhar as eleições, pois o candidato do governo espalha que o adversário irá acabar com o benefício.
No Japão, o Partido Liberal Democrata do Shinzo Abe, parece ser do tipo populista também.

Anônimo disse...

Qual sua opinião sobre Yohei Miyake?

Mirele Rodrigues disse...

EU concordo plenamente com sua opinião. Mesmo aqui sendo obrigatório votar, a qualidade dos nossos políticos é bem pior se comparado ao Japão, lá eles fazem política para a maioria, aqui os políticos se elegem por interesses próprios ou de empresas que financiam sua campanha. Sempre foi assim aqui mas intensificou-se nos últimos anos, por isso estamos vendo toda semana um escândalo envolvendo gente do governo. E num país com o nível de analfabetismo funcional tão alto como o Brasil, é fácil se eleger ou reeleger mesmo sendo corrupto, pois a maioria da população é facilmente influenciável.

Anônimo disse...

Eu acho que pode sim ocorrer mudanças positivas com a inclusão de eleitores mais novos. Apesar do pouco conhecimento em questões políticas e mesmo dizendo não se importar, a maioria dos jovens tem uma opinião e a mesma tem todo direito de ser ouvida. Como essa é a primeira eleição que esses jovens estão votando é normal a dúvida se vai ou não ser benéfico. Mas o medo e a dúvida não podem impedir a voz e a opinião a respeito do país que essas pessoas vivem, independente da idade. ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics