domingo, 14 de fevereiro de 2016

Por que a sobremesa no restaurante em São Paulo não é gratuita!?

  Ao caro leitor

  Em Porto Alegre onde eu moro, você pode comer sobremesa na restaurante sem pagar por isso.


  Claro que você tem que pagar o valor da comida por peso.Contudo, a sobremesa está incluido no valor como se fosse brinde.

  Para ser mais exato, a primeira porção da sobremesa é de graça.Aliás, há restaurantes que oferecem dois tipos de sobremesa : sobremesa paga e sobremesa gratuita.

  Sobremesa paga é aquela sobremesa chique tais como torta e bolo.

  Sobremesa gratuita é tipo sagu, doce de abórbora, doce de arroz ou creme.

  Eu costumo escolher creme, pois é menos doce.

  Só que alguns restaurantes determinam o valor mínimo para refeição, tipo 10 pilas, o que lhe dá direito de pegar primeira porção de sobremesa gratuitamente.

  Acostumado com isso, ao saber que restaurantes em São Paulo não oferecem sobremesa aos clientes gratuitamente, eu achei paulistano mão de vaca.

  Na região onde você mora, as restaurantes cobram para sobremesa?

  ;)
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

Anônimo disse...

Talvez em São Paulo devemos pagar a sobremesa por causa do custo. Aluguel, funcionários, localização.Não moro em São Paulo, mas morei toda minha juventude lá e atualmente moro em Brasília, que também não serve nada de graça.Aliás, acho que o custo de vida aqui é um dos mais caros do Brasil.Tudo que é de graça tem um custo, alguém está pagando essa conta, por bem ou por mal.Acredito que muitos locais onde a sobremesa é de graça, os cliente só pegam e ainda deixam sobrar, afinal,está incluso mesmo....e no final, gera um custo, o do desperdício.

Anônimo disse...

aqui no piaui também é graça, eles tão doce de leite.

waggamama disse...

Tudo bem, sou paulista, mas sem querer "puxar a sardinha" para o lado dos paulistas, é importante ver o outro lado da moeda:

Não existe nada gratuito na vida, tudo tem o seu preço e quem paga. No caso da sobremesa em Porto Alegre, o valor já está incluído no preço. Eles dizem que é grátis para atrair clientes, e para não ter que dar desconto caso o cliente não coma a sobremesa.

Sob o ponto de vista tributário, para um restaurante oferecer uma sobremesa de graça, ele não poderia contabilizar como crédito o ICMS da compra dos ingredientes dessa sobremesa. Uma auditoria em qualquer restaurante que ofereça qualquer coisa de graça mostraria que o ICMS da compra do produto ou matéria prima é creditado, caracterizando sonegação fiscal. E se fosse processado judicialmente, o advogado do restaurante alegaria que não é de graça, que esta incluído no preço, isto é, que os impostos da "venda" da sobremesa foram devidamente recolhidos.

Aí, se o PROCON entrasse na história, o restaurante seria autuado por promover "propaganda enganosa" e de quebra "venda casada".

Resumindo: "essa sobremesa de graça pode ficar bem salgada".

Thamiris Salvador disse...

Eu moro no interior de São Paulo e aqui os restaurantes costumam oferecer algum tipo de sobremesa inclusa no self service assim como aí em Porto Alegre. Eu acho legal sim e se a pessoa quer outro tipo de sobremesa daí ela compra.

Mateus Bernardo disse...

Sou de Santa Catarina e a sobremesa também é incluída no preço

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics