sábado, 8 de fevereiro de 2014

Que tal praticar seu japonês no Meido Kissa ao visitar Japão!?

  Ao caro leitor

  Hoje eu gostaria de fazer uma reportagem sobre Meido Kissa メイド喫茶 cafeteria empregada doméstica .


  Quem curte cultura japonesa deve ter ouvido falar sobre Meido Kissa.Como o próprio nome ( Kissa ) diz, Meido Kissa é uma cafeteria, onde oferece lanches e bebidas.

  Contudo,há um aspecto bem diferente das cafeterias comuns.Lá garçonetes com vestido de empregada doméstica tratam clientes como se fossem seus donos.

  Por isso mesmo, quando eu entrei no Meido Kissa At-Home Café que eu acho um dos mais famosos, que fica em Akihabara, todas as garçonetes me receberam dizendo “Seja bem vindo de volta, o meu excelentíssimo senhor! ( Okaerinasai Goshujin sama )” em voz bem alta.


  Uma garçonete me atendeu na entrada e me levou até a mesa.Antes de entrar, eu estava bem nervoso por causa da vergonha.Contudo, na hora de eu me sentar no banco, eu já estava bem mais calmo.

  O nome da garçonete que me atendeu foi Sui.


  Ela me explicou sobre bebidas e comidas recomendáveis um por um, de jeito bem bonitinho ( esquisito ). E ela sempre inseria a palavra Goshujinsama ( meu excelentíssimo senhor ) entre as frases.Foi muito difícil conter a risada, pois era exatamente isso que eu tinha ouvido falar sobre Meido Kissa.

  A entrada era de 600 ienes ( 14 reais ). Pagando mais 1200 ienes ( 28 reais ), eu ganhei uma bebida e um direto de tirar uma foto com “garçonete” preferido.Em vez de foto, o cliente pode escolher um direito de fazer uma brincadeira com “garçonete” preferido durante 5 minutos.

  No início, eu não conseguia ver ela direito por vergonha.Só que eu fui me acostumando com o ambiente com tempo e nós estávamos falando sobre até animes preferidos e minha vida no Brasil.Segundo ela, ela tem 17 anos "eternamente" e se acha garota mágica do anime "Garota Mágica Madoka Magica"


  Após 15 minutos de conversa com Sui, outra garçonete veio para conversar comigo.Ela era mais bonita.Porém, a conversa com ela não era tão agradável como a conversa com Sui.Então,eu escolhi Sui como companheira para tirar foto junto,entre 4,5 garçonetes presentes no momento. 

  Após mais 15 minutos de conversa com essa segunda garçonete, a terceira garçonete veio para conversar comigo.Ou seja, eu conversei com três garçonetes durante 1 hora.

  Se eu levasse uma vida normal durante uma viagem para Japão, eu jamais conversaria com moças japonesas, cujas idades são entre 18 anos e 24,25 anos, já que eu já estou com a certa idade, apesar de eu estar acostumado a conversar com alunos brasileiros cujas idades são entre 13 anos e 24,25 anos.

  Então, essa experiência e a conversa foram muito valiosas para mim.

  Falando em conversar com moças lindas, vale lembra Kyabakura que eu já tratei num post neste blog.Para conversar com garotas durante 1 hora lá, o cliente precisa desembolsar 400 reais ou mais.


  Kyabakura é igual ao Meido Kissa no sentido de curtir a conversa com garotas.Só que Kyabakura funciona só à noite e os clientes batem papos mais picantes e adultos com garotas tomando bebidas alcoólicas.

  Como eu não bebo e não gosto de ouvir aqueles elogios falsos, eu preferia Meido Kissa a Kyabakura.Além disso,a conversa com garçonetes de Meido Kissa é bem mais saudável e muito mais barato.

  Aliás, qual brasileiro compreenderia a ideia de pagar para conversa com garota?Eu questiono isso porque os brasileiros em geral não têm vergonhas de conversar com garotas.Então, não tem porquê procurar com quem conversar neste tipo de estabelecimento.

  Na minha opinião, tanto Kyabakura quanto Meido Kissa só podem existir no Japão porque os japoneses em geral são tímidos.E o Japão é um país peculiar onde há uma tradição de se divertir com gueixa..

  Sui me disse que alguns garçonete sabem falar inglês.Que tal conhecer Meido Kissa quando você visitar o Japão?

  Quem estuda japonês pode praticar seu japonês para garçonete do Meido Kissa!!Pode sair mais barato do que fazer aula particular até.

  ;)

Comentários
10 Comentários

10 comentários:

ImpMontezuma disse...

Acho difícil algum brasileiro querer pagar pra conversar com uma garota... Mesmo se for pra ela ficar te elogiando o tempo todo... Não me entenda mal, eu não tenho nada contra isso. Mas eu acho um pouco esquisito sim XD.

Anônimo disse...

Só pode entrar homem?

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentários.
As mulheres também podem entrar.
Eu vi alguns clientes femininas lá.
;)

Anônimo disse...

Parece ser bem divertido ir a um local e ter um atendimento diferenciado. A impressão que dá é que essas garçonetes são treinadas para não deixar os clientes entediados e solitários. Para o estabelecimento é bom porque o cliente fica mais tempo e consome mais, e para o cliente é igualmente bom porque ele pode aproveitar uma conversa leve e descontrair a mente. No Brasil é mais fácil interagir com as pessoas estranhas sem parecer que estamos invadindo seu espaço pessoal. Logo, é mais comum bater papo com estranhos que estão frequentando o mesmo ambiente ou até mesmo com os garcons do estabelecimento que acabam lhe dando um atendimento diferenciado apenas pela simpatia.

Achei engraçado o autor do blog dizer que se sentiu tímido na situação. Parece que quando de volta ao seu País de origem, todo seu comportamento "mais japonês" volta também!!Uma pergunta: o senhor achou engraçado o modo delas falarem pelo linguajar ou pela situação em si (linguajar, trejeitos e roupas). rs

Acho que a situação também se aplica no inverso. Fui colega de um grupo de japoneses (05 estudantes) que fizeram intercâmbio na faculdade federal e eles tinham um comportamento absurdamente desrespeitoso com as meninas da turma. Não eram nada tímidos, pelo contrário| Faziam piadas bem baixas sobre mulheres brasileiras - mesmo com todo o sotaque - e criaram muita confusão durante o semestre. Bebiam até cair nas festas logo nos primeiros minutos, ou seja: em menos de 1 hora víamos pelo menos 2 deles nos cantos dormindo de bêbados.

No mais,gostei de poder ler seu blog. De certa forma ele está apagando, pelo menos um pouco, da má impressão que fiquei de seus compatriotas aqui no Brasil.

Hugo Farkas

Anônimo disse...

a Sui é a garota na foto?
bem bonita

pessoalmente eu iria num lugar desse mas apenas por curiosidade, ver algo diferente.

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentários.
Sui é a garota que está na foto.
Eu ri mais por causa dos papeis que as garçonetes estão tentando fazer.
Elá está fazendo isso muito sério.
Os japoneses, principalmente jovens, têm tendência de fazer bobagens em qualquer lugar.
;)

Anônimo disse...

Mas, conte mais sobre sua estadia lá no Japão.

Eduardo Tetsu disse...

Eu pensava que meido kissa sempre remetia ao mundo otaku, mas já vi meido kissas temáticos(acho que era meido kissa). Por exemplo, meido kissa que só tem coelhos e você pode levar o seu coelho (!!) ou então de gatos, até de cobras. De cobras só vi pela TV.

Anônimo disse...

tem muitos japas em Porto Alegre?

Anônimo disse...

Olha, existe muitos brasileiros tímidos também.
Mas o Brasil é bem normal homem e mulher conversar sem vergonha alguma assuntos até picantes como se fosse coisa cotidiana.

Porém eu vi uma vez em uma matéria(não me recordo onde) que Japoneses(as) normalmente tendem a ser "soltinhos" com estrangeiros, essa questão de "timidez" é mais pelo fato das leis e costumes do Japão que é bem rígido com essas coisas, já fora dele ou quando se fala com alguém de fora é mais fácil você dizer o que pensa e se soltar sem se sentir intimidado.

Quando eu for ao Japão vou me lembrar de ir nesse local, para aprimorar meu nihongo e para conversar com as Maids, não é caro e sei que vai valer a pena.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics