terça-feira, 9 de abril de 2013

Muitos coreanos sabem falar japonês!?

  Ao caro leitor

  Você sabe distinguir coreanos dos japoneses?

  Não! ?

  Eu acho que nem os japoneses conseguem distinguir coreanos dos japoneses só pelas aparências hoje em dia, já que eles se vestem igual aos japoneses, além de terem características físicas semelhantes.

  Eu já fui à Coréia do Sul ( 韓国 ) duas vezes na minha vida : 1988 e 2008.

  Na primeira vez, eu visitei Seul ( ソウル ) ,capital do Coréia do Sul,algumas semanas antes do início do Jogos Olímpicos.

  O que me surpreendeu mais lá foi o grande número dos soldados armados no aeroporto e seu redor. Eu imaginava que tudo aquilo era para garantir a segurança pública, com a qual poderá realizar Jogos Olímpicos em paz, defendendo ataque eventual por Coréia do Norte ( 北朝鮮 ).

  Na verdade, eu passei pelo Seul por acaso, pois eu estava voltando dos Estados Unidos depois que eu participei da programa de intercâmbio pousando nas casas de duas famílias americanas durante um mês, o que nós costumamos chamar de ホームステイ( Home Stay ).

  Como não tinha voô direto para Narita, a agência de turismo alterou a rota via Seul na volta para Japão. Portanto, eu fiquei só uma noite em Seul e não tinha tempo para conhecer a cidade infelizmente.Mesmo assim,observando a cidade pela janela do ônibus, eu via uma cidade bem desenvolvida, diferente do que eu imaginava até então.

  Na segunda vez, eu visitei Seul junto com meus pais.Nós pousamos no Hotel Lotte durante 2 dias.Como este hotel localiza-se no Myeong-dong, o bairro mais movimentado da cidade, foi fácil ir a qualquer lugar a pé.


  Eu fiquei impressionado com muitos prédios altos e avenidas largas.Além disso, eu vi muitos carros grandes e chiques da Hyundai e da Kia nas ruas,principalmente perto do hotel.Seul parecia mais Osaka do que Tóquio para mim.

  O que facilitou nosso passeio em Seul era presenças dos coreanos que sabiam falar japonês. Aonde quer que vamos, sempre tinha pelo menos um coreano que sabia nos atender em japonês.

  Você sabe por que tem tantos coreanos que sabem falar japonês?

  Uma das razões é a obrigação de estudo de japonês na escola, na época em que Coréia era região integrante do Império do Japão ( 大日本帝国 ). Eu já tratei este assunto num post deste blog.


  Sim, o governo japonês na época tomava contas dos vários países asiáticos tais como China, Taiwan e Coréia e obrigava as pessoas desses países assistirem aulas em japonês na escola.

  Como o Japão tomava a conta da Coréia entre 1910 e 1945, quem frequentava escola na época assisita aulas em japonês como língua oficial do Império do Japão.Por isso mesmo,principalmente muitos coreanos de idades mais avançadas ainda sabem falar japonês fluentemente, apesar de não saber se isso é ponto positivo ou negativo.

  Outra razão é o aumento da popularidade do idioma japonês entre os jovens mais por influência das culturas recentes do Japão tais como Manga, Anime e Jogos.

  Por incrível que pareça, japonês é a segunda língua estrangeira mais popular na Coréia do Sul, depois de inglês que é o primeiro lugar absoluta.

  Aliás, até anos 90, como o Japão era um dos paises mais desenvolvidos da planeta, os coreanos sonhavam em entrar nas empresas japonesas tais como Sony e Panasonic tanto para ganhar salário mais alto quanto para construir a carreira promissor.

  Entretanto, devido ao crescimento surpreendente das empresas coreanas tais como Hyundai e Samsung nós últimos dez anos, eu imagino que deve ter mudado essas visões dos coreanos hoje em dia, pois não têm por que entrar nas empresas japonesas que estão decaindos.


  Assistindo o programa de TV japonês, eu fiquei sabendo que Samsung e LG contrataram muitos engenheiros com alta qualificação do mundo inteiro, inclusive engenheiros japoneses demitidos por causa da crise financeira na época.

  Pessoalmente eu não consigo acreditar que os japoneses ajudaram as empresas coreanas crescerem, pois eles são rivais para os japoneses. No entanto, esse tipo de recrutamento dos funcionários talentosos já é uma prática muito comum no mercado de trabalho, seja bom seja ruim.

  Quem é talentoso e consegue obter bons resultados pode arrumar emprego facilmente em qualquer lugar do mundo.Por outro lado, quem não tem qualificação profissional só vai conseguir um trabalho que lhe paga o salário miserável, o que faz com que aumenta diferenças sociais cada vez mais.

  Meu amigo coreano da época da universidade se tornou um professor universitário na Coréia do Sul, depois que ele terminou doutorado na linguística aplicada na UniversidadeTsukuba,onde eu me formei e o conheci.

  Na verdade, foi ele que me deu informação de que idioma japonês era a segunda língua estrangeira mais popular na Coréia do Sul no encontro no Japão em 2008. Além disso, ele me disse que tinha bastante vagas para professores de japonês.Ele até me convidou para eu imigrar para Coréia do Sul para lecionar.

  Eu agradeci pelo convite. Porém, eu prefiro Brasil.

  Os japoneses precisam ter bons relacionamentos com os coreanos e vice-versa.No entanto, nossos relacionamentos podem piorar a qualquer momento por causa dos maus comportamentos ou comentários ofensivos dos políticos japoneses e coreanos, por exemplo.


  Trabalhar na Coréia do Sul como professor de japonês é um risco e tanto infelizmente.

  Eu suponho que japonês ainda está no segundo lugar lá. Mesmo assim, eu imagino que chinês vai ultrapassar japonês no futuro bem próximo.

  A relação entre japonês e coreano é bem diferente da relação entre brasileiro e argentino...

  ;)

Comentários
20 Comentários

20 comentários:

Suya disse...

Sou gaúcha, amante da lingua e cultura japonesa devido aos mangas/animes e estou adorando ler seus posts.
Nao moro mais no rio grande do sul, mas gostaria de saber onde voce leciona.
Descobri o blog esta semana, estou gostando muito e vou acompanha-lo fielmente.
Parabéns!

Anônimo disse...

Eu sei se algo é coreano pela letra, é tipo um kanji com círculos, se tem as bolas é coreano rs. E comida apimentada, o negócio pega fogo, e dá lhe kimchi. E eles introduziram o churrasco no Japão, o famoso churrasco coreano.

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário,Suya.
Onde eu leciono está no meu site.
http://www.japoneswebcam.com/index.html
;)

Magu disse...

Olá,

Achei bastante curiosa essa informação, pois eu pensava que o estudo do chinês já tinha ultrapassado a língua japonesa na Coréia.

No mais, fiquei surpresa com a contrução desse texto. Em alguns posts que eu já li desse blog havia alguns "errinhos" na sintaxe, além de erros na ortografia. Percebi, porém, que nesse há uma melhora significativa... As contruções frasais estão corretas, não houve falhas na concordância e nem erros gramaticais graves (Faço esse comentário, porque fico contente em ler algo escrito por um estrangeiro na língua portuguesa com esmero. Da mesma forma que a recíproca deve proceder, não é?)!

Espero que continue escrevendo e trazendo mais curiosidades sobre Japão e outros assuntos interessantes.

Bom trabalho, ou melhor, boa diversão!

Anônimo disse...

Uma coisa que nesse texto está melhorando e que me incomodava muito na leitura dos textos anteriores é o uso das pontuações.

Acaba a frase, sem espaço, ponto, espaço e letra maiúscula. E outra é sem espaço, vírgula, espaço e continua.

Você não dava espaço ou dava espaço, pontuação e espaço novamente.

Repara no seu texto e olha quantas vezes você errou nisso. Nunca mencionei isso pois é um erro banal. Mas por ser professor acho bacana aprender a escrever corretamente.

E falando em Coréia, a Coréia do Norte quer transformar o Japão em campo de batalha. Acho que os mísseis deles não chegam até os EUA.

http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2013/04/10/coreia-do-norte-ameaca-atacar-principais-cidades-japonesas-em-caso-de-conflito.htm

Iruka disse...

O que eu percebo é que os japoneses não estão se renovando e nem se atualizando, seja na tecnologia, seja no meio artístico.Muitas bandas coreanas estão fazendo sucesso no Japão,até as novelas!E na Coréia, grupos musicais japoneses fazendo sucesso?A pronúncia da língua inglesa precisa melhorar nas escolas para se tornar um país competitivo.Ou é orgulho demais ou ingenuidade....

Juca disse...

Ao "anônimo", os mísseis só chegam até o Alaska, a idéia é atacar o Japão para tacar terror no mundo e servir como moeda de troca.

http://tecnologiaagora.net/afinal-qual-e-o-real-poder-de-alcance-dos-misseis-norte-coreanos/

Anônimo disse...

Olá, quero dizer a você que não se incomode com as críticas colocadas de forma agressiva pelo povo que vem por aqui. Tudo o que é agressivo esconde uma inveja e um despeito nas entrelinhas. Você escreve muitíssimo bem em português e adoro ler seus posts!

Boa semana!

Aline disse...

Olá,

Aqui no Brasil já é comum, jovens profissionais irem para empresas multinacionais, mesmo as que são concorrentes de empresas brasileiras, nunca vi este sentimento que você deixou transparecer na hora que citou o caso de alguns japoneses desempregados que foram trabalhar na LG e Samsung. Emprego fala mais alto, não há exceção.

A rivalidade Argentina e Brasil, fica restrita aos comerciais de cerveja e futebol, na rotina pelo menos eu nunca vi absolutamente nada, bem diferente dos argentinos que em qualquer tipo de propaganda e outdoors há insinuações e piadas bem maldosas, anos luz das comparações feitas nos comerciais daqui.

A coisa entre as Coréias está ficando tensa, um jovem ditador, e uma mulher retrocedendo nos direitos. Política é algo complicado em qualquer lugar, incrível, mesmo aqui temos as contradições nos ministério do meio ambiente e direitos humanos.

Coreano deve realmente ter memória boa, eu fiquei um ano sem estudar inglês e esqueci 90% do vocabulário. Também acho que o mandarim irá atingir o posto de língua mais falada, a maioria dos cursinhos de língua estrangeira já acrescentaram em suas escolas a opção mandarim, e como o conhecimento e a proficiência em outra língua é extremamente valorizado nas contratações, já que inglês e espanhol, como meu professor diz, é obrigatório, e não um "quê" a mais.

Falou!


Bom post.

Aline

Aline disse...

Yuki,

aproveite bem as suas críticas, sério, porque tem cada um que aparece, sinta-se a vontade para rir, o que faz bem.

"Anônimos" são difíceis de compreender.

Quanto aos posts devo dizer que há sim erros, nada que você já não saiba sozinho, mas nos comentários ninguém si preocupa em escrever corretamente, então não esquente a cabeça.

Precisava te contar, só para desencargo de consciência e para você não ficar desmotivado.

Choques culturais são revigorantes!!!

Falou

Aline

yukipoa disse...

Obrigado pelos comentáruios,Aline.
Na verdade,eu agradeço as pessoas que criticam sobre o post ou meu português.
Porque são eles que façam eu crescer como um blogueiro.
Eu não aceito só as pessoas que fazem propaganda ou as pessoas que deixam comentários para eu morrer ou eu voltar para o Japão sem justificativas.
;)

Anônimo disse...

coreia china e japao infelizmente nunca poderão viver em paz

Aquela região da asia foi durante muito tempo, desde sua existencia palcos de guerra

Piada oque os politicos das respectivas nações conseguem fazer com as guerras, promovendo intolerancia entre os habitantes da região

Anônimo disse...

pessoal fica falando pra mim abre olho japa

Hermeson disse...

Seus posts são ótimos, muito bom conhecer como é a relação do Japão com os países vizinhos.

Igor Mantovani disse...

Iruka,lembre-se que o Japão junto com os Eua têm o maior mercado musical do mundo,ou seja,eles não precisam expandir sua música,ao contrário,da Coréia que tem um mercado musical pequeno.

Luiz Carlos Guimarães disse...

Olá,
Gostaria de saber qual o nome do curso que seu amigo fez. Minha professora fez faculdade no Japão, mas ela aprendeu a dar aula para estrangeiros apenas. Eu tentei explicar o que era linguística, mas ela não entendeu muito bem. Como se diz linguística em japonês? Você chegou a estudar?

Haruka disse...

Olá!

Lendo esse texto, eu notei que você comete um erro de português bastante frequente. Na frase "assistindo o programa de TV japonês[...]" você não deveria usar o artigo "o", pois não especificou qual programa estava assistindo. Como se trata de algum programa japonês, o ideal seria escrever "um programa de TV japonês". Isso vale para qualquer outra coisa em português. Quando não especificar, deve usar um artigo indefinido.

Peço desculpas pela correção, mas acredito que possa ser útil para melhorar seus textos (:

Aliás, é como a Aline disse: a qualidade dos textos só tem aumentado. Parabéns!

Marcelinho disse...

yuki, é preciso saber em media quantos kanjis pra conseguir ler um jornal sem precisar ficar toda hora pesquisando no dicionario?

yukipoa disse...

Obrigado pelo comentário.
O mínimo que precisa é de 2 mil Kanji.
;)

Marcelinho disse...

Nossa! achei que fosse só uns 1500 hahahahahha

você conhece todos os 2 mil?

haja memoria =D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics